Caro Nassif no endereço:
http://www.conjur.com.br/2010-out-04/liminar-retira-ar-site-satiriz...

consta o artigo abaixo. O que eu queria sugerir é que os blogs progressistas passassem a colocar a seguinte frase em sua pagina de abertura: A Falha de S. Paulo encontra-se censurada há n (=5, hoje) dias pela Folha de S. Paulo:


Liminar retira do ar site que satirizava a Folha

Na última sexta-feira (1º/10), o designer Mario Bocchini recebeu uma visita inesperada. Um Oficial de Justiça trazia uma liminar pedindo a
retirada do ar do blog Falha de S.Paulo, paródia do jornal Folha de S.Paulo. O não cumprimento da determinação judicial acarretaria em multa diária de R$ 1 mil.

O Falha de S.Paulo nasceu há 20 dias. Os irmãos Lino e Mario Bocchini faziam de três a cinco postagens diárias, usando a diagramação e as fontes gráficas da
publicação impressa, com títulos como "Só a Folha pode definir o que é
democracia".

"A gente fazia uma crítica bem-humorada ao jornal, por considerá-lo partidarizado. Tinha fotomontagem, piadinhas, balões de fala nas fotos", conta o jornalista Lino. "O que surpreendeu a gente é
que a liminar fala em folhas 80 e 81 do processo. Ou seja, a Folha abriu um processo de mais de 80 páginas contra um blog independente".

Na manhã desta segunda-feira (4/10), os irmãos receberam um e-mail do departamento de assessoria jurídica do Registro.Br, empresa responsável
pela administração dos registros de domínio de internet no
Brasil. Segundo o comunicado, o domínio falhadespaulo.com.br permanecerá
congelado para atender à decisão do juiz de Direito da 29ª Vara Cível
do Foro Central da Comarca de São Paulo, Nuncio Teophilo Neto.

A decisão diz que a liminar não visa impedir a sátira em si, mas sim zelar pela marca do jornal. Segundo a advogada da publicação, Taís Gasparian, “a Folha, como qualquer outra empresa, deve preservar a sua marca”. Sobre a multa definida pelo juiz, ela diz ser baixa. “Geralmente, nesses casos, o
juiz aplica uma multa de R$ 100 mil”.

Lino não concorda com a advogada. Para ele, o valor é excessivo, ainda mais se tratando de um blog independente, que não possui publicidade ou banners. “Pra mim, o que a Folha fez foi uma manobra jurídica pra encobrir a censura. Ao mudar a esfera da ação da liberdade de expressão para o uso indevido da marca, o jornal
deu uma desculpa esfarrapada.”

Antes da liminar, o Falha de S.Paulo possuía cerca de 1 mil acessos diários. No sábado, quando os blogueiros publicaram a liminar e tiraram todo o conteúdo do ar, o número de
visitas subiu para 40 mil. A dupla mantém ainda um perfil no Twitter.

No post de despedida, Lino e Mario escreveram ser “impressionante a hipocrisia da Folha”. No dia 26 de setembro, o jornal publicou um editorial na primeira página defendendo a irrestrita liberdade de expressão — como conta Lino,
“mesmo quando incomodarem pessoas poderosas”. Além disso, o periódico
criticou a tentativa de impedir o uso de humor nas campanhas eleitorais
deste ano.

Processo: 583.00.2010.184534-2

Leia o texto postado pelos jornalistas depois da decisão.

Há duas semanas resolvemos fazer um site de humor destinado à crítica da cobertura jornalística, o Falha de S.Paulo (www.falhadespaulo.com.br),
uma sátira ao jornal “Folha de S.Paulo”. É um site com críticas? Sim,
claro. Tão duras quanto as feitas pelo CQC, Casseta & Planeta ou
José Simão, por exemplo. Hoje recebemos uma decisão liminar (antecipação
de tutela, concedida pela 29ª Vara Cível de SP) que nos obriga a tirar o
site do ar, sob pena de multa diária de R$ 1.000. A desculpa utilizada
pelo jornal para mover a ação foi o "uso indevido da marca" (tucanaram a
censura).

É chocante a hipocrisia da Folha. Se isso não é censura e um atentado inaceitável à liberdade de expressão, juro que não sabemos o que é. Chega a ser cômico: o mesmo jornal que faz dezenas de
editoriais acusando o governo de censura e bradando indignado por
“liberdade de expressão” comete esse ato violento de censura. Ato este,
aliás, bastante covarde: o maior jornal do país movimentou um enorme
escritório de advocacia e o Poder Judiciário contra um pequeno site
independente. É muita falta de humor, de esportividade, de respeito à
democracia.

Senhores proprietários e advogados da Folha, podem ficar tranquilos. Todos ainda poderão ser satirizados, menos vocês. Todos merecem liberdade de imprensa, menos quem não é da sua turma. E,
como ao contrário de vocês, respeitamos as instituições e a democracia,
vamos cumprir a ordem judicial.

Parabéns, Folha! A censura imposta por vocês será cumprida.

Lino Ito Bocchini e Mario Ito Bocchini


Exibições: 43

Comentário de Ivan Bulhões em 5 outubro 2010 às 18:12
Ué, e a 'liberdade de expressão' tão defendida pela FSP? Cadê?

Quer dizer, a FSP e os outros membros do PIG podem caluniar, mentir, difamar, distorcer aseu bel prazer, mas não podem ser satirizados?

Que beleza de "democratas", não?

São uns hipócritas!
Ivan
Comentário de adelson da silva monteiro em 5 outubro 2010 às 21:11
NÃO É FOLHA NÃO É FALHA DE SÃO PAULO SIM,FALHOU COM COMENTÁRIOS MENTIROSOS E AINDA QUE PUNIA AS PESSOAS QUE DIVERGEM DELA QUEM TINHA QUE SAIR DO AR OU DAS GRAFICAS NÃO É VOCE E SIM OS PARTIDÁRIOS SERRANDO AS NOTICIAS PELAS METADE

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço