A experiência conhecida como teoria das janelas quebradas, nos demonstra que devemos resolver um problema enquanto ainda está no início, para evitar o vandalismo e a desordem.

Hospitais com equipamentos sucateados, falta de medicamentos e pacientes internados no chão frio e imundo de corredores sem a menor dignidade é um exemplo clássico de "janela quebrada".

Essa ausência do poder público gera uma reação em cadeia, que se estende desde o maqueiro dos hospitais superlotados, a cobrar de pacientes para conseguir vaga em uma maca, até as grandes fraudes em processos licitatórios e o desvio do dinheiro público que deveria ser aplicado na saúde.

A conclusão lógica é que existe um descaso por parte do governo ao deixar perpetuar uma situação de extrema gravidade, sem que tome as devidas providencias para saná-la.

Some-se a isso tudo, um monstro chamado "impunidade" e temos a receita perfeita para eternizar o caos.

A consequência natural é que os profissionais da saúde se recusem a trabalhar nessas condições por ferir todos os princípios éticos que regem um atendimento médico.

E ainda vêm nos dizer que o problema da Saúde Pública no Brasil é a falta de médicos.

Daqui em diante, TOLERÂNCIA ZERO com o descaso na Saúde Pública.

Ainda bem que o povo acordou!

Adolfo Paraiso, médico, CRM-MA 1267.

 

Exibições: 170

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço