Conhecer Tereza Berganza! Nunca imaginei que teria essa chance. Na era do CD, ouvia sua Carmen de Bizet ao lado de Plácido Domingo. A voz encorpada de mezzo-soprano me fazia sonhar: viajar pelo Mediterrâneo, ir à Espanha, conhecer Sevilha e adjacências. Lembro que não tinha ainda nenhuma Carmen em vídeo e não tinha assistido a nenhuma récita ao vivo, a voz da Tereza era a única referência dessa ópera. Voz quente, espanhola como a Carmen, técnica soberba, emoção no fraseado.Que cantora! Da escola antiga, que exige voz e técnica.
Tudo começa quando recebo uma mensagem eletrônica de Paulo Esper: "Vou trazer a Tereza Berganza", ele dizia. Quando o Paulo diz uma coisa dessas é batata. Acontece.
Divulguei com prazer, nesse blog, o tributo em sua homenagem. Na récita do Barbeiro de Sevilha ele ainda insiste para que eu vá no dia 30 ver o Tributo. Nem precisava insisitir Paulinho, eu não perderia por nada desse mundo!
Quando aquela senhora entra na platéia, de imediato é reconhecida e aplaudida de pé por todos. Começa o Tributo: uma seqüência de jovens cantores, cantando árias difíceis e conhecidas do repertório operístico. Algumas promessas se apresentam, como Tati Helene, que interpreta uma ária perigosa, "Non mi Dir", da ópera Don Giovanni . Soprano de beleza ímpar, voz clara, agudos fáceis, timbre fresco como a manhã dos Alpes Suiços. Está de ida para a Itália, vai aprimorar sua voz, duvido que volte.
No final, a simpática Tereza sobe ao palco, canta em português, ganha discursos elogiosos e placa de homenagens. Simpática, recebe todos com atenção e a todos atende com presteza. Meu amigo Edson Lima lembra das suas récitas ao vivo, e as lágrimas quase descem, emocionado ao relembrar tempos que ele considera áureos da ópera. Onde desfilavam cantores como Gigli, Callas, Tebaldi, Cossoto, Bergonzi, Del Monaco e tantos outros. Realmente era uma geração única

Exibições: 36

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço