Clint Eastwood nasceu em São Francisco (Califórnia), filho de Margaret Ruth e Clinton Eastwood. Ele tem ascendências escocesa, inglesa, alemã e irlandesa. Sua família era de classe média e protestante. Trabalhou em várias profissões, assim como seu pai, por toda a costa oeste norte-americana. Em 1949, realizou seu sonho de se formar na Universidade de Oakland. Em seguida, trabalhou como atendente em um posto de gasolina, foi bombeiro e tocou piano em um bar de Oakland. Em 1950, foi convocado para o exército, mas seu avião caiu em São Francisco. Ele escapou gravemente ferido, o que fez com que não fosse para a Guerra da Coréia.

Ator, cineasta, produtor e compositor, Eastwood ficou famoso por seus papéis em filmes de ação como um cara durão. Como diretor, seus filmes têm sido muito elogiados pela crítica.

Em 1955, Eastwood começou sua carreira no cinema como ator, fazendo pequeníssimas aparições em filmes como “A Revanche do Monstro”, “Francis na Marinha” e “O Suplício de Lady Godiva”. Em 1959, depois de trabalhar com James Garner num episódio do seriado “Maverick”, passou a trabalhar apenas para a televisão.

Na Itália, ao participar da trilogia dos dólares, de Sergio Leone, Eastwood tornou-se famoso mundialmente. Mas o principal passo para tornar-se uma estrela de Hollywood veio em 1971 quando ele montou sua companhia de filmes e decidiu dirigir seu primeiro longa-metragem: “Perversa Paixão”, um suspense sobre um radialista que vivia perseguido por uma fã.

No início dos anos 90, Eastwood dirigiu e estrelou seu último faroeste, “Inesquecível” (Unforgiven), onde protagonizou o papel de um pistoleiro aposentado. O filme foi indicado a nove Oscars, tendo sido agraciado com quatro, incluindo os de melhor filme e de melhor 
diretor. Eastwood foi ainda indicado ao de melhor ator.
Em 2003, dirigiu o filme “Sobre Meninos e Lobos” pelo qual foi indicado ao Oscar de melhor diretor. Em 2004, estrelou, produziu e dirigiu “Menina de Ouro”, filme que ganhou quatro Oscars, incluindo os de melhor diretor e de melhor filme. Com 74 anos, foi a pessoa mais idosa a receber o prêmio de melhor direção.

Em 2006, dirigiu dois filmes sobre a batalha de Iwo Jima, na Segunda Guerra Mundial. O primeiro foi “A Conquista da Honra”, focado no homem que ergueu a bandeira dos Estados Unidos no topo do monte Suribachi. O segundo, “Cartas de Iwo Jima’, tratava das táticas japonesas e das cartas que escreviam às suas famílias. Os dois filmes foram muito bem recebidos pelos críticos e indicados ao Oscar, incluindo como melhor diretor e melhor filme por “Cartas de Iwo Jima”.

Eastwood produziu a maioria de seus filmes, e destacou-se por quase todos serem de orçamento baixo. Ao longo dos anos, desenvolveu relações com outros diretores e produtores. Clint prefere trabalhar sempre com a mesma equipe de produtores, editores e técnicos. Tem uma longa relação com a Warner Bros., estúdio que financia a maioria de seus filmes. 

Eastwood foi casado duas vezes e tem cinco filhas e dois filhos, de cinco mulheres diferentes. Kimber (nascida em 1964), com Roxanne Tunis; Kyle (nascida em 1968) e Alison (nascida em 1972), no casamento com sua ex-esposa Maggie Johnson; Scott (nascido em 1986) e Kathryn (nascida em 1988), com a aeromoça Jacelyn Reeves; Francesca Ruth (nascida em 1993), com Frances Fisher, e Morgan (nascido em 1996), com sua atual esposa Dina Ruiz. Viveu com a atriz Sondra Locke de 1976 a 1988, sem terem filhos.

Eastwood possui um campo de golfe, localizado em Carmel. O clube possui apenas 300 membros, e a entrada custa US$500.000. É vice-presidente do mundialmente famoso Pebble Beach Golf Club. Eastwood também possui um rancho, um hotel e um restaurante na cidade de Carmel.

Conhecido pelo seu amor ao jazz, tem uma grande coleção de LPs. Seu interesse pela música motivou seu filho Kyle a ser músico de jazz, tendo este já participado como compositor, responsável por trilhas sonoras e até mesmo como ator de alguns filmes. 

Com 72,5% dos votos, Eastwood foi eleito em 1986 prefeito de Carmel-by-the-Sea, pequena cidade totalmente destinada à comunidade artística. Membro do Partido Republicano, ao qual é filiado desde 1951, ajudou na campanha de Richard Nixon à presidência de 1968, e votou em Arnold Schwarzenegger para governador da Califórnia em 2003 e 2006.

Exibições: 69

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço