Trio Madeira Brasil relança seu Primeiro CD

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 Trio Madeira Brasil é um conjunto de música instrumental formado, no Rio de Janeiro, por Marcello Gonçalves (violão sete cordas), Zé Paulo Becker (violão 6 cordas) e Ronaldo do Bandolim (bandolim), surgido no final da década de 1990.

 

 

 

Primeira foto de divulgação do Trio Madeira Brasil - 1996

 

 

Em 1998, o grupo lançou seu primeiro disco, "Trio Madeira Brasil" (foto da capa a esquerda). Neste CD, gravou vários clássicos do choro, como "Um a zero", de Pixinguinha e Benedito Lacerda, "Labirinto", "Batuque", "Guerreiro" e "Celestial", todas de Ernesto Nazareth, e ainda "Santa Morena", de Jacob do Bandolim. O disco trouxe também compositores contemporâneos aos integrantes do grupo, como Edu Lobo em "Corrupião", Egberto Gismonti em "Loro" e Chico Buarque em "As vitrines".

 

Com este primeiro trabalho, gravado originalmente em produção independente, o grupo teve duas indicações para o "Prêmio Sharp" de 1998, "Melhor Grupo" e "Melhor Disco", abrindo espaços importantes à consolidação do Trio Madeira Brasil a exemplo de gravação especial realizada para a TV francesa com o violonista Baden Powell (foto abaixo).

 

 


No ano em que completa 15 anos de carreira, o Trio Madeira Brasil relança seu primeiro CD lançado pela extinta gravadora Kuarup. Remasterizado e com nova capa, o caprichado lançamento do selo MP,B / Universal faz jus à importância desse álbum, considerado um marco na história da Música Instrumental Brasileira.

Confiram algumas faixas.

 

 

“Santa Morena” (Jacob do Bandolim)

 

 

 

 

 

“Loro” (Egberto Gismonti)

 

 

 

 

 

“Guerreiro” (Ernesto Nazareth)

 

 

 

 

 

Sobre os integrantes do Trio Madeira Brasil

 

 

 

 



Ronaldo do Bandolim é um dos maiores bandolinistas brasileiros considerado por muitos como o melhor intérprete de Ernesto Nazareth e ex-integrante do Conjunto Época de Ouro. Participou de gravações antológicas com grandes nomes da música brasileira, como Marisa Monte, Paulinho da Viola, Rafhael Rabello e Chico Buarque. Gravou dois CDs solo, um em homenagem a Juventino Maciel e Jonas do Cavaquinho e outro dedicado a Ernesto Nazareth.

 

 


 

 


Marcello Gonçalves,um dos mais celebrados violonistas de 7 cordas do Brasil, sempre requisitado em vários gravações de diversos artistas da MPB. É também integrante do grupo Rabo de Lagartixa e tem duo com Henrique Cazes, com quem gravou o CD Pixinguinha de Bolso, dedicado à obra do mestre do Choro e Vamos Acabar com o Baile, sobre a obra de Garoto. Tenho ambos os CDs, e são maravilhosos.

 

Diretor Musical de trabalhos marcantes da música brasileira, como o documentário sobre Choro Brasileirinho, o CD/DVD Uma Noite Noel Rosa e tantos outros. Desenvolve também carreira de solista, gravando e participando de festivais nacionais / internacionais de violão. Participou do II FENAVIPI (Festival Nacional de Violão do Piauí /2006), ocasião em que tirei a foto abaixo com ele.

 

 

 

 

Zé Paulo Becker, violonista, compositor e mestre em música pela UFRJ, une o popular ao erudito e paralelo à carreira do grupo, desenvolve carreira solo. Lançou: “Lendas Brasileiras”, “Sob o Redentor”, “Um violão na roda de Choro” e “Pra tudo ficar bem”. Um craque em seu ofício de compor e tocar.

 

 


Trio Madeira Brasil em ação, interpretando “Aguenta Seu Fulgêncio” (Lourenço Lamartine / Jacob do Bandolim).

 

 

 

 

Fique feliz por divulgar o excelente trabalho do Trio Madeira Brasil e, mais ainda, diante da perspectiva de assistir, ao vivo e a cores, o show que eles farão na próxima sexta-feira, dia 08 de julho de 2011, no Theatro 4 de Setembro, dentro da programação oficial do I Festival de Música Instrumental de Teresina.



Trio Madeira Brasil: Teresina lhe aguarda de braços abertos!

 


************
Fonte:
- Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira.
- Site do Trio Madeira Brasil.

************

Exibições: 470

Comentário de Gregório Macedo em 9 julho 2011 às 4:50

Habilidade, técnica, bom gosto, tudo isso foi o que tivemos a satisfação de presenciar com a performance do Trio Madeira Brasil no 1º FMIT. E olhe que no dia anterior havíamos sido premiados com a esplendorosa Ithamara Koorax! Sem contar os demais feras - e o fato de que amanhã nos refestelaremos com o 'príncipe' Hamilton de Holanda. É demais!

No futuro - que espero próximo - veremos o Theatro 4 de Setembro abarrotado até dizer chega para aclamar, como devido, esses talentos fantásticos que fazem a MPB. Toda jornada começa com os primeiros passos.

Parabéns, Teresina, parabéns Fundação Municipal Monsenhor Chaves!

Beijos. 

Comentário de Laura Macedo em 11 julho 2011 às 1:15

 

PARABÉNS TRIO MADEIRA BRASIL! ARRASARAM :))

 

 

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço