ADONIRAN BARBOSA




Em 1980, Adoniran Barbosa completava 70 anos de vida. Nessa época, ele já era reconhecido como o cronista de uma São Paulo que desaparecera sob a força do progresso, marca constante e única da metrópole. A São Paulo de Adoniran sucumbira a seu próprio destino, e a vida dos bairros e a camaradagem das vizinhanças deram lugar ao anonimato da profusão de esquinas, de ruas e de datas.




E foi para celebrar uma dessas que um grupo de grandes artistas se reuniu naquele maio de 1980, sob a direção de Fernando Faro, para comemorar o aniversário de Adoniran.

Na verdade, eles iriam gravar um disco em homenagem ao compositor, celebrando a memória de um tempo que passara rápido demais.

Estiveram ali Djavan, Clementina de Jesus, Clara Nunes, Gonzaguinha (na foto acima com Adoniran), Nosso Samba, MPB-4, Roberto Ribeiro, Grupo Talismã, Vânia Carvalho, Carlinhos Vergueiro e Elis Regina, que registrou, em dueto com o próprio Adoniran, a inesquecível interpretação de "Tiro ao Álvaro".


Fonte: MPB Compositores (fascículos Ed Globo, nº 7, 1996).


Assistam abaixo, na interpertação de Adoniran e Elis Regina "Tiro ao Álvaro", em vídeo ilustrado.





Esse outro é para matar as saudades da dupla Elis e Adoniran, por 10 minutos.


Exibições: 117

Comentário de Sérgio Troncoso em 11 janeiro 2009 às 20:42
Lindão Laura.Êsse segundo vídeo eu não conhecia e achei dez.Abração,Sérgio.
Comentário de Laura Macedo em 11 janeiro 2009 às 20:50
Oi, Sérgio.
Eu já tinha postado esse vídeo na minha página há algum tempo. Assim como você, também dou nota Dez, por isso repetir a dose.
Um grande abraço.
Comentário de Cafu em 15 janeiro 2009 às 22:14
ÓI ele aqui com a Mãe Quelé:


Beijos.

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço