Leiam aqui sobre O golpe de 1964 e o regime militar.

Eu era menina, estudava no Colégio São José em Curitiba, praça Rui Barbosa, em todos os intervalos de aulas rezávamos para que os subversivos não invadissem nossas casas- era dito que nossos lares seriam tomados por outras famílias. Tinhamos medo.
Meu pai, militar do Exército, aos 49 anos pediu para sair, era o momento em que os quartéis entravam em ebulição. Felizmente não sou filha de um general da ditadura- meu pai era uma figura doce e amável- um humanista.
Em 1970, agora na Puc- Rio, sentia medo- nossa colega de faculdade desapareceu- era do diretório acadêmico. A qualquer momento poderiam invadir sua casa e prendê-lo por ter um livro de Marx na estante. Amigos foram presos e torturados. Vivíamos sob tensão.
E agora vêm dizer que a ditadura foi branda...

Exibições: 27

Comentário de Sérgio Troncoso em 1 abril 2009 às 19:33
Legal Laura! Acho que hoje em dia há pouca coisa inédita para mim sôbre o golpe de 1964. Mas os documentos,panfletos e fotos me fascinam. Um abração amiga.

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço