Blog EntreMentes


O quarto de um militar francês é mantido inalterado até hoje – 96 anos depois de sua morte na Primeira Guerra Mundial
De sua casa, na aldeia de Bélâbre, França, Hubert Rochereau obedientemente marchou para a guerra. Ele serviu como segundo tenente no 15º Regimento e, em 26 de abril de 1918, Rochereau morreu devido aos ferimentos sofridos numa batalha contra os alemães em Loker, Bélgica. Por sua coragem, a França lhe concedeu postumamente a Cruz de Guerra e a Legião de Honra.
Os pais de Rochereau ficaram inconsoláveis. Eles mantiveram em sua casa o quarto do filho morto da maneira que este o deixou ao partir para a guerra. Quando eles se mudaram em 1935, foi estipulado no contrato de venda que o quarto deveria permanecer como estava por, pelo menos, 500 anos.
Essa exigência era legalmente duvidosa, mas os novos proprietários respeitaram os desejos do casal enlutado. Como ainda faz o atual proprietário desde que herdou a casa de seus avós.

Neatorama
Pedaço de canção
"A saudade é arrumar o quarto do filho que já morreu." ~ Chico Buarque

Exibições: 73

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço