Neftalí..  gerado em uma caverna que cedo se fechou.

Amor doação – agruras do destino.., em compensação

literato ainda menino.

Neftalí Ricardo Reyes Basoalto – nome que lhe pesou.

O passado bem presente, fato solucionado:

Agora, se chama Pablo.

Sua pátria - Chile; cidade natal Parral.

Cedo escreve para a revista “Selva Austral.”

Vinte poemas de amor e uma canção desesperada: Obras de Pablo Neruda – imortalizadas!

Em suas publicações  ao longo da caminhada, marcas do modernismo, até então, ocultadas.

 

 

EstherRogessi, Recife,06/05/11.

 

Esse poema  faz parte  da obra

“Mil Poemas a Pablo Neruda/Chile”

Exibições: 56

Comentário de Marco Antônio Nogueira em 10 julho 2012 às 1:04

ESTHER,

Vamos festejar NERUDA

com esta música que 

GILBERT BECAUD 

fez a NERUDA:

Comentário de Marco Antônio Nogueira em 10 julho 2012 às 1:05

CORRIJO:

"... 

com esta música que 

GILBERT BECAUD 

fez a ele."

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço