…DE TUAS ESQUINAS

SÃO PAULO (onde fica o Detran agora?) – Parece que já temos esboços do traçado que a Indy vai usar em São Paulo, na corrida de 14 de março. Andou saindo alguma coisa na Band, a emissora oficial, que como eu previa tem sido muito camarada com governo municipal e estadual por esses dias. Hoje de madrugada, por exemplo, escutei longa entrevista (era repeteco) quando voltava do litoral de um secretário-de-alguma-coisa depois da horinha de chuva diária que, ontem, inundou túneis, derrubou muro na 23 de Maio (!), parou o metrô e alagou 51 pontos da cidade.

Mas o secretário-de-alguma-coisa, com a voz suave e tranquilizadora, como a desses padres-cantores, auxiliado pela gentilíssima repórter, que nada questionou, apenas colaborou para tranquilizar todo mundo, dizia que tudo está muito bem e ainda vai melhorar, claro, pois estamos trabalhando, planejando etc e tal. Uma farsa.

Bem, o caráter eleitoreiro da corrida para mim não é sequer uma dúvida, assim como o caráter bajulatório dos veículos do grupo Bandeirantes a prefeito e governador graças a essa corrida e aos generosos anúncios que ambos alocam na casa (na mesma madrugada, o locutor fazia discurso laudatório à grande chance de “mostrar São Paulo ao mundo”, “é São Paulo, é São Paulo”, dizia; saudades dos tempos decentes do ”Bandeirantes a Caminho do Sol” com Cláudio Zaidan & outros…). Fiquemos no traçado, então.

Uma coisinha meio sem graça, como se vê. Algumas esquinas e duas retas, em resumo, uma delas aproveitando as arquibancadas no Sambódromo a partir das quais o público não vai ver ação alguma, apenas carros passando rápido em direção ao nada. É um trecho estreito onde não haverá ultrapassagens, além de o piso não ser adequado a carros de corrida. Trata-se de asfalto muito liso e pintado. Vão ter de trocar ali, senão fica perigoso. Quem viu o Montoya fazendo das suas com um Williams num evento da Petrobras no Sambódromo anos atrás sabe do que estou falando.

Mas isso das arquibancadas em retas é igual no mundo todo, paciência, o público realmente não tem grande coisa para ver em trechos assim em qualquer autódromo, e não há muito o que fazer. Por isso que os lugares mais legais para assistir a uma corrida são as freadas, curvas de alta, chicanes. Nesse traçado aí, não sei se estão previstas outras tribunas, provavelmente sim, o que significa que haverá pontos mais interessantes para ver a prova.

Tecnicamente, é um traçado desinteressante. Há um predomínio absoluto de curvas de 90 graus (exceto um trecho supostamente de média/alta na saída do Sambódromo), freadas fortes e retas interrompidas por chicanes. Não é grande coisa, mas é o que dá para fazer num traçado que usa rua (a Marginal do Tietê, cuja pista nova será inaugurada com pompa e circunstância), passarela de desfile de escolas de samba e estacionamento de centro de convenções e exposições, o Anhembi. Outras pistas de rua são assim, também, com raras exceções. Legal para quem guia, divertido, até, mas não resulta em ótimas corridas.

Trará transtornos ao trânsito, claro, mas menos do que eu imaginava — o que é positivo. Afinal, apenas uma pista da Marginal será usada e creio que a interrupção não será muito pior do que já é hoje com as obras que estão sendo feitas ao longo de toda essa avenida. Ouvi dizer que não haverá atividade na sexta-feira, com treinos e corrida concentrados no sábado e no domingo. Como boa parte do “autódromo” ficará no Anhembi, acredito que o público vai circular por lá, devem montar lojas e praças de alimentação, não será tão ruim, afinal.

Acho que já fui mais pessimista em relação a essa prova. Acordei de bom-humor, hoje. O problema é a possibilidade de chuva. Mas isso não dá para prever. Ah, e falta saber ainda quem vai pagar a conta.


( Retirado do Blog go Flávio Gomes )
http://colunistas.ig.com.br/flaviogomes/2010/01/05/de-tuas-esquinas/

Exibições: 41

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço