Lado a Lado

Encosto ou não encosto? Só o joelho. O que pode acontecer? Ela dizer “Mr. Lula, please!” Aí eu recolho o joelho, peço desculpas, “aimsórri, aimsórri” e pronto. Se eu soubesse falar inglês, explicaria. Sabe o que é, Elizabeth? Eu estava aqui pensando: quando é que, lá em Pernambuco, eu ia imaginar que um dia estaria sentado ao lado da rainha da Inglaterra? Não sei quem é que me botou aqui para tirar esta fotografia dos G-20. Não acho que tenha sido um pedido seu, “Quero o bonitinho de barba à minha esquerda”. Claro que não. Mas o fato é que estou aqui e o Barack está aí atrás em algum lugar, de pé e se perguntado o que eu tenho que ele não tem. O Sarkozy não deve nem estar aparecendo. Ficou atrás da Merkel e não vai sair na foto. E eu aqui ao seu lado, na primeira fila.

Isto significa muito, viu Elizabeth? Lá na minha terra vai ter gente se mordendo de raiva. Onde já se viu, aquele retirante nordestino que nem fala direito sentado à esquerda da Rainha da Inglaterra? Quando eu me elegi muita gente ficou horrorizada: como é que vai ser quando ele, um torneiro mecânico, tiver que nos representar num jantar oferecido, por exemplo, pela coroa inglesa? Vai ser servido na cozinha, para não dar vexame na escolha dos talheres. E aqui estou eu, sentado ao lado - com todo o respeito - da coroa inglesa em pessoa.

Se foi o protocolo que me botou aqui, ele acertou, viu Beth? Você, queira ou não, não é só a rainha dos ingleses, é, simbolicamente, a rainha de todos os loiros de olhos azuis do mundo, incluindo o Barack. De todos os bandidos que causaram esta crise e hoje nos infernizam a vida. E, de certo modo, eu sou o seu oposto. Sou uma espécie de rei republicano dos não-loiros do mundo - ou pelo menos deve ter sido essa a idéia do protocolo aos nos botar lado a lado. Todos os outros chefes de estado desta fotografia seriam dispensáveis. A foto poderia ser só de nós dois e estariam todos representados.

E isto significa outra coisa também, viu Beth? Eu não me contentei em ter nascido na miséria, no Nordeste, e quis mais. Não me contentei em ser um torneiro mecânico em São Paulo e quis mais. Não me contentei em ser um líder sindical e quis mais. Não me contentei em perder eleição atrás de eleição, insisti e acabei presidente. Agora estou aqui, lado a lado com a Rainha da Inglaterra, num dos pontos mais altos da minha carreira, e também quero mais. Por isso minha perna se moveu e meu joelho encostou no seu. De certa forma, o movimento da minha perna foi o passo final da caminhada que começou em Pernambuco, tantos anos atrás. Já que, ao contrário de você, Beth, não posso ficar no poder para sempre.

(Luis Fernando Veríssimo - 05/04/09)

*******

Pra terminar bem a semana, ouça The Lion Sleeps Tonight na maravilhosa interpretação de Jimmy Cliff.

Exibições: 131

Comentário de elizabeth em 5 abril 2009 às 22:53
maravilhosos, o Verissimo e o Jimmy, bjs
Comentário de Laura Macedo em 5 abril 2009 às 23:05
Adoro as crônicas do Veríssimo.
Valeu Helô!
Beijos.
Comentário de Helô em 5 abril 2009 às 23:24
Vejam como o preconceito é cruel. O tão elogiado Veríssimo passou a ser execrado por muitos de seus leitores depois que assumiu o apoio a Lula.
Obrigada, Beth e Laura.
Beijos.
Comentário de Marise em 6 abril 2009 às 0:32
Meu conterrâneo é demais. Eu já adorava o pai dele e agora o filho nos dá estas crônicas maravilhosas. Me desculpem o bairrismo mas este gaucho é bárbaro, tche.
Beijo
Comentário de elizabeth em 6 abril 2009 às 0:37
e agora a Dilma que se prepare, porque o pau vai comer, já tá comendo em cima dela. além do mais, que atrevimento, é uma mulher
Comentário de Mario Henrique em 6 abril 2009 às 1:24
Eita, fim de noite "arretado"...como se diz na minha terra natal...rs
A gente fica pensando no futuro desse país, na juventude que a gente forma hoje...
Ouve-se a boa música, do reggae ao baião, do rock ao chorinho...Muito do ótimo!!
Valeu, Helô, mais uma te devemos!!!
Comentário de Helô em 6 abril 2009 às 1:49
Marise
Você não precisa se desculpar pelo bairrismo mesmo! São ótimos os dois, pai e filho. E pode ainda se gabar pelo gaúcho de Alegrete Mário Quintana. Gosto dele desde a adolescência, quando escreveram no meu caderno de poesias "Cidadezinha cheia de graça".

Beth
Já começo a imaginar o que irão falar da Dilma. A gente que é mulher entende bem de discriminação e preconceito.

Mario
Também acho muito bem terminar a noite aqui no Portal. Só fico um pouco ansiosa porque não dá tempo pra ver e ler tudo. Muita coisa boa, bons papos e amigos por perto. Deve nada não, eu é que agradeço a sua presença e a dos amigos aqui.

A todos, beijos e boa semana! E ela vai ser curta :)))))
Comentário de Fábio Luiz Bach em 6 abril 2009 às 13:10
Eita textinho ein, o melhor é ver o significado disso tudo.

Essa foto foi uma resposta que o destino deu a todos que ficaram criticando as politicas sociais internas e a diplomacia sutil mas eficaz em muitos dos casos.

Acredito que este fato não deva passar desapercebido pelos brasileiros, devemos ter orgulho de ter um torneiro mecanico sentado com os principais políticos do mundo. Eita democracia, mesmo que no fundo sabemos que não é um país tão democratico assim.

abraço a todos.
Comentário de Gilberto Cruvinel em 6 abril 2009 às 22:43
Bom, Helô depois dessa crônica explêndida do Veríssimo, não é necessário dizer nada, só posso acrescentar a foto.

Comentário de Paulo Gurgel Carlos da Silva em 7 abril 2009 às 11:05
Vamos por partes, como diria Jack o Estripador. O cara é o que aparece nessa charge do Clayton, publicada em O Povo. A sonhar colorido depois dos muitos encômios que recebeu do Presidente Barack. A coroa, com o devido respeito, é a que representa a Coroa inglesa. E os dois, ao posarem juntos para a fotografia dos G-20, passaram a protagonistas de uma crônica do Veríssimo.
Essa crônica - Lado a lado - de 05/04/09, que foi postada por Helô no Portal Luis Nassif, a qual é simplesmente imperdível.
Post de hoje (07/04) do blog EntreMentes.
http://blogdopg.blogspot.com

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço