A Ópera dos Três Vinténs

Bertolt Brecht


A história começa na central de mendigos de Peachum. Peachum tinha se apoderado do controle de todos os mendigos de Londres e criado uma organização central, que dava roupas apropriadas para os mendigos e designava um lugar para que eles pedissem esmolas. Um jovem entra e pede trabalho. Peachum o faz pagar adiantado e depois descreve ao homem os cinco estados da miséria humana antes de lhe dar uma roupa para vestir.

Quando a sra. Peachum chega, ele indaga sobre a sua filha Polly. Ela diz que Polly tem saído com um cavalheiro ultimamente. Quando ela descreve o homem, Peachum percebe que se trata de Macheath, também conhecido como Mac of Knife, o mais poderoso criminoso de Londres. Ele sobe as escadas correndo e descobre que Polly não voltou para casa esta noite.

Enquanto isso, Polly e Macheath acabam de chegar a um estábulo onde eles estão indo se casar. O resto da quadrilha de Mac chega, trazendo presentes de casamento. Tudo tinha sido roubado, inclusive o estábulo. Logo chega o vigário e eles se sentam para comer. Polly os distrai um pouco, cantando uma canção. Assim que ela termina, chega o xerife Tiger Brown, mas ele saúda Macheath como um velho amigo, ao invés de prender todos eles . Mac explica que ele e Tiger Brown serviram juntos na guerra e ele tem desde então pago subornos a Brown por cada trabalho. Depois que Brown sai, os homens presenteiam Polly e Macheath com uma grande cama para dormirem e os deixam a sós.

Polly retorna para casa e encontra seus pais furiosos com ela por ter se casado com Macheath. Ela tenta defender o casamento, mas eles decidem enfrentar Macheath e destruí-lo. Peachum diz à sua esposa que ele irá até Tiger Brown e irá fazê-lo prender Macheath. Enquanto isso, a sra. Peachum concorda em procurar e subornar as prostitutas que são visitadas por Macheath toda semana. Ela espera que as prostitutas entreguem Macheath à polícia.

Polly vai com seu pai até Tiger Brown, e está presente quando ele concorda em prender Macheath. Ela então retorna ao estábulo onde Mac ainda está e tenta avisá-lo. Ele não acredita nela, até que ela enumera as acusações que estão sendo feitas contra ele. Ao invés de se perturbar, Mac se concentra no seu negócio. Ele repassa o controle do negócio e diz a ela o que fazer. Logo depois chega sua quadrilha, e Mac informa a todos que Polly os chefiará enquanto ele estiver ausente. Matthew tenta desafiar a autoridade de Polly, mas ela ameaça matá-lo se ele abrir a boca novamente; os outros ladrões a aplaudem e aceitam sua liderança.

Enquanto isso, a sra. Peachum se aproxima de Low-Dive Jenny, uma prostituta, e a convence a entregar Macheath se ele for tolo o bastante para aparecer no bordel.

À noite, no bordel, um dos homens de Mac está tentando convencer as prostitutas que Mac não será ingênuo de aparecer ali. No entanto, mal ele termina de falar, Mac chega e se senta. Jenny toma as mãos de Mac e lê sua sorte, avisando-o que uma mulher irá traí-lo. Ela pensa que ela quer dizer Polly. Pouco depois, Jenny se esgueira enquanto Mac conversa com as prostitutas e traz a polícia e a sra. Peachum. O guarda Smith entra e tenta prender Mac, que derruba o homem e salta pela janela. Infelizmente, a sra. Peachum está do lado de fora com outros policiais. Elas o levam preso. Jenny acorda o homem de Macheath que tinha adormecido enquanto lia e tinha perdido toda a cena.

Na prisão, Mac teme que Tiger Brown descubra que ele estava tendo um romance com a filha de Brown, Lucy. Ela logo chega e fica horrorizada ao vê-lo preso. Para complicar ainda mais as coisas, Polly também chega e declara que ele é seu marido. As mulheres discutem; Lucy afirma que está grávida e portanto tem mais direitos sobre Mac, mas Polly está "legalmente" casada com ele e tem documentos como prova. Mac resolve apoiar Lucy ao invés de Polly, pois ele está com bastante medo de Tiger Brown. A sra. Peachum chega e leva Polly dali. Lucy, feliz em estar novamente a sós com Mac, devolve a ele seu chapéu e sua bengala e sai. Quando o guarda Smith retorna, ele tenta pegar a bengala, mas Mac é mais rápido e consegue escapar. Brown entra na cela e fica aliviado ao vê-la vazia. No entanto, Peachum também chega e ameaça tumultuar a cerimônia de coroação, marcada para o dia seguinte, se Brown não achar Macheath e prendê-lo imediatamente.

Durante a noite Peachum fornece cartazes e roupas aos seus mendigos, orientando-os de forma a arruinar a procissão da coroação de manhã. As prostitutas chegam, lideradas por Jenny, e pedem sua recompensa por terem entregado Macheath. Peachum recusa-se a pagá-las, alegando que Mac já conseguiu escapar. Jenny, num acesso de raiva, afirma que Mac é muito mais homem que qualquer um deles. Por acidente, ela deixa escapar que Mac tinha ido diretamente para sua casa e para seus braços, e que agora ele estava com uma outra prostituta chamada Suky Tawdry. Peachum fica tão animado com essa informação que ele promete dar às prostitutas o dinheiro da recompensa. Ele manda um dos seus mendigos ir chamar a polícia.

Tiger Brown chega poucos minutos depois. Brown tinha decidido que ao invés de prender Macheath era muito mais fácil prender Peachum e todos os seus mendigos, dessa forma impedindo qualquer transtorno na coroação. Peachum simplesmente ignora as ameaças de Brown e afirma que há muito mais mendigos que policiais. Ele inocentemente pergunta a Brown o que ele acharia se várias centenas de homens fossem espancados no meio da multidão durante a procissão da coroação. Incapaz de prender Peachum, Brown percebe que está num impasse. Peachum então exige que Brown prenda Macheath e dá a ele o endereço onde Macheath pode ser encontrado. Peachum no fim manda os mendigos para a cadeia ao invés da coroação.

Polly vai visitar Lucy para tentar saber onde está Mac. Elas descobrem que nenhuma delas sabe o seu paradeiro, fazendo com que Polly ria e diga que Mac enganou a ambas. Elas logo ouvem um barulho no corredor e percebem que Mac foi preso novamente. A sra. Peachum aparece com uma roupa de viúva e faz com que Polly a vista.

Na manhã seguinte, o mesmo dia em que está prevista a procissão da coroação, Macheath é transferido para uma cela pública. Ele será enforcado às seis da manhã, e tem apenas uma hora de vida. Ele oferece a Smith mil libras em dinheiro se ele o deixar escapar, mas Smith se recusa a prometer qualquer coisa. Jake e Matthew chegam e Mac pede dinheiro a eles; eles dizem que será difícil conseguir alguma coisa tão cedo, mas eles partem prometendo achar alguma coisa. Polly também chega e diz a Mac que seu negócio está indo bem, mas que ela não tinha dinheiro com ela. Brown finalmente entra na cela, e ele e Macheath acertam suas contas pendentes relativas aos subornos ainda não pagos. Como Macheath não conseguiu o dinheiro, Smith se recusa a ajudá-lo.

Pouco depois, todos os personagens retornam e ficam próximos à cela. Jake e Matthew se desculpam por não terem trazido o dinheiro e dizem a Mac que todos os outros ladrões estão roubando em outros lugares. Mesmo a prostitutas aparecem para vê-lo morrer. Mac faz um último discurso, no qual ele afirma que todos os pequenos ladrões estão sendo postos de lado por interesses corporativos. Peachum então se levanta e faz a fala final, explicando que, já que isto é uma ópera e não a vida real, eles irão salvar Macheath. Brown entra na forma de um mensageiro montado e traz uma ordem especial da Rainha. Ela decidiu perdoar Macheath e também transformá-lo num cavaleiro hereditário. Mac agradece sua boa sorte, enquanto Peachum observa que tal coisa nunca aconteceria na vida real.

Exibições: 73

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço