Comentários de Luis Nassif

Caixa de Recados (585 comentários)

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Às 11:52 em 31 agosto 2010, Thiago Venco disse...
Nassif por favor cheque meu post sobre a hipocrisia do Discovery Kids, que se manifestou em seu blog dizendo que "tinha critérios de exibição de comerciais", mas mantém no ar propagando de brinquedo do CAVEIRÃO DO BOPE / ROTA mesmo após decisão do CONAR de suspensão da mesma.

http://www.advivo.com.br/blog/thiago-venco/discovery-kids-ignora-conar-e-mantem-anuncio-do-caveirao-do-bope-rota-no-ar
Às 3:16 em 27 agosto 2010, ZS disse...
Nassif: filiados do psdb fazem circular uma carta em seu nome ,cuja redação nada tem do seu estilo...vc já tomou conhecimento? zs
Às 15:06 em 25 agosto 2010, Maria Cecilia Costa Junqueira disse...
Belo portal....Visitarei com frequencia...Beijinho, Cecilia.
Às 14:09 em 17 agosto 2010, Herbert (Betinho) Albuquerque disse...
Às 0:23 em 17 julho 2010, Cafu disse...
Nassif,
Grata por divulgar o trabalho da Anna Lengruber no seu Blog. Ela merece!
Escrevo aqui porque não consegui me inscrever por lá.
Beijos e muito obrigada,
Cafu.
Às 14:37 em 12 julho 2010, Equipe Artur da Távola disse...
Somos apenas pessoal de Assessoria, tendo trabalhado 16 anos diretamente com o Dr. Paulo Alberto. Estamos nos empenhando para que a preservação da Memória e Obra Cultural de Artur da Távola seja plenamente reativada.
Contamos com seu precioso apoio e de seus Amigos.
Muito Obrigado.
Atenciosamente,
Equipe Artur da Távola
Às 13:33 em 7 julho 2010, Ariston Álvares Cardoso disse...
Meu caro Nassif, não entendo de internet e sinto muita dificuldade para frequentar alguns espaços preferidos e o seu é um deles, que me levou a pensar depois de conhecer um pouco o seu blog, seu estilo e seu caráter frente a essa liberdade de expressão que a internet oferece e a carencia do brasileiro, a criação de um Blog popular para nos proporcionar postar nossas mensagens exclusivamente sociais, religiosas e políticas, justamente nos 3 campos onde imperam a corrupção e a prostituição Desculpe se eu estiver falando bobagens. Abraços.
Às 12:43 em 29 junho 2010, Cafu disse...
Nassif,
Não consigo comentar no seu blog. Me inscrivi e na hora de digitar a senha , me atrapalhei e coloquei uma senha errada. Quando pedi a recuperação da senha, o sistema não envia a senha original, ou permite que uma nova senha seja cadastrada.
Desculpe-me por incomodá-lo aqui, mas não há jeito de avisar no seu blog que estou com problemas. Ele não recebe nenhuma mensagem minha, ora diz que já existe alguém com meu nome, e quando tentei cadastrar com outro nome, que existe alguém com meu e-mail.
Tem jeito de participar do blog sem automaticamente estar inscrito no Brasilianas? A princípio eu não quero ir para lá. O meu blog no Portal, o do Teatro de Revista e acompanhar o seu e de outros colegas é o que eu dou conta por hora. Não tenho condições de fazer mais que isso.
Obrigada e beijos.
Cafu.
Às 4:40 em 29 junho 2010, Charles Leonel Bakalarczyk disse...
Prezado Nassif:

Há mais de 90 dias não consigo acessar o meu blog no portal (http://blogln.ning.com/profile/CharlesLeonelBakalarczyk). O sistema diz que há problema no endereço de e-mail: (ad.litem@hotmail.com), o que não pode estar correto.
Inclusive, registrei outro Blog aqui no Portal. Mas não consegui transportrar (colar) nehum post do blog antigo porque nele consta "perfil confidencial".
O que ocorreu com o meu blog? Não vou poder recuperar as postagens lá colocadas?


Um abraço, Charles
Em 10:45pm on junho 16, 2010, Maria Aparecida Mello da Silva deu para Luis Nassif um presente...
Presente
Olá Nassif. Desculpe incomodá-lo, é q estou tentando postar 1a discussão nova no grupo Judiciário e qdo clico em adicionar volta p/ o login e depois volta p/ o adicionar discussão de novo. Gracias
Às 1:05 em 16 junho 2010, Delcio Marinho disse...
A casa de Astrojildo, produzido pela Fundação Astrojildo Pereira em homenagem ao grande revolucionário e crítico literário brasileiro. Os importantes depoimentos do arquiteto Oscar Niemayer, do jornalista Armênio Guedes e do acadêmico Antônio Olinto também enriquecem - e muito - o documentário



Às 21:08 em 15 junho 2010, Neide Guerra disse...
Nassif,
Porque você perguntou se eu estava no Peru?
Tenho que escrever espanhol no blog? Olha que falo um portunhol muito ruim.
Neide.
Às 4:32 em 15 junho 2010, Fabio Ruiz disse...
.......................................Nassif..?
......................................Soy djo...!
......................Achei que conseguiria biber sen tí...!
..................Pero,...non conseguí.
..............Me cadastrei en tu site,...pero non sei como acer para
..............chegar em tu blóg,...igual ao do IG....?!
.................Ou já és acá...????!!
...................................Abraçus,...fábio.

..............
Às 23:20 em 14 junho 2010, sergio martins pinto disse...
Sim. Recebi e grato pela atenção
Às 3:52 em 14 junho 2010, Neide Guerra disse...
Na “cozinha peruana” não podemos deixar de citar os famosos “ajís”. Eles podem ser picantes, ou não. Mas sem dúvida, eles são um dos responsáveis pelo sabor “rico” e “esquisito”, ou melhor, gostoso e exótico da comida peruana. E quando falamos em “ají”, não podemos deixar de lembrar do “ceviche”. Está é a mais famosa arte da culinária local e que se caracteriza pelo peixe cru. Desculpem, mas como dizem nossas cozinheiras: “não é peixe cru e sim curtido (“cozinhado”) no limão”. Este limão é outro grande segredo da cozinha local, pois o mesmo se caracteriza pela forte acidez que promove o “cozinhar” dos frutos do mar. O ceviche, portanto, é feito com o peixe cru embebido no molho de limão por uns 40minutos e, depois, condimentado no “ají”. Ao final deve-se adicionar grãos de milho verde, cebola e camote (espécie de batata doce). O prato é especial e de um sabor único. O ceviche é tão popular que são muito comuns as famosas “cevicherias”: restaurantes de frutos do mar e peixes. Importante informação aos turistas desavisados: cevicheria não abre a noite. Ela é uma refeição típica do almoço.



Posteriormente continuarei a relatar mais histórias desse país fantástico.
Às 3:49 em 14 junho 2010, Neide Guerra disse...
Todas essas diferenças e riquezas dos povos originários gerou uma rica e diversificada culinária. E Lima a incorporou, num processo dinâmico e ainda atual. Foi gerada uma fabulosa culinária que poderíamos denominá-la de “cozinha peruana”. Esta, sem dúvida, é um dos principais atrativos para aqueles que visitam a cidade, e, deve ser experimentada através dos restaurantes ou em visita aos mercados locais. Ir ao mercado, por exemplo na seção de batatas, chega a ser muito engraçado. Só uma cozinheira peruana é capaz de discernir as diferentes espécies e seus usos. Existe mais de 2000 tipos de batatas catalogadas e nos mercados pode-se observar mais de uma dezena de tipos a escolher. A do purê é uma, a do assado de cordeiro é outra, se for cozido é uma outra variedade e assim prossegue para todos os demais tipos de pescados e carnes. Por aqui, as cozinheiras locais, por mais simples e inexperiente que sejam, são umas verdadeiras artistas e especialistas na arte de escolher a batata certa para o prato certo.
Às 3:46 em 14 junho 2010, Neide Guerra disse...
Nassif,

Vivo em Lima (Peru) há 4 anos. Passo abaixo um pouco da minha experiência por aqui.



Lima é uma grande cidade com mais de 8 milhões de habitantes e multirracial: brancos, ameríndios, mestiços, asiáticos e negros são as principais etnias. Os brancos não são a maioria da população, mas integram a principal porção da elite econômica. Os ameríndios (“cholos”) e mestiços (“crioulos”) constituem a maioria da população. A expressão “cholos” pode ser usada também para as populações de ameríndios e mestiços, algumas vezes com conotação pejorativa. “Cholos” são os descendentes dos Incas, enquanto que “crioulos” refletem a miscigenação desses com os brancos.



Os asiáticos, também conhecidos como “chinos” (japoneses e chineses), constituem parcela importante da população. Esta comunidade foi responsável pela forte contribuição ao comercio local. O ex-presidente Alberto Fujimoro ou “o chino”, apesar da sua origem japonesa, é um dos seus importantes representantes. Os “chinos” trouxeram ao Peru o toque especial da culinária asiática. A comunidade negra, apesar de ser muito pequena, possui uma impressionante presença nos esportes, música e dança. Desnecessário falar da forte contribuição “afro descendente” a culinária local.
Às 3:42 em 14 junho 2010, Neide Guerra disse...
Meu comentário sobre Lima nao entra aquí.
Às 21:31 em 11 junho 2010, Cabocla disse...
nem ligo de não te ler, ok?

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço