Compositor Brasileiro: Carlos Gomes (1836 - 1896)
Obra: Conselhos
Intérprete: Viviane Casagrandi
Piano: Maria Beatriz Ferreira Leite
Musica Brasilis: http://www.musicabrasilis.org.br/
A Música do Brasil no Facebook: https://www.facebook.com/AMusicaDoBrasil/

''Menina, venha cá! Veja o que faz!
Se por seu gosto o casamento quer
A vontade ao marido há de fazer
Que este dever o casamento traz
Se o homem velho for, ou se ainda rapaz,
Tome a lição que ele quiser lhe dar
Se funções e contradanças não quiser,
Também não queira, que é melhor para não brigar...
Menina, venha cá! Veja o que faz!
Procure de agradar, sem contrariar;
Pronta sempre a obedecer;
Tenha dele cuidados com amor...
Em quanto ao resto deixe lá correr.
Se ainda muito moço e arrebatado for,
Nada de ciúmes, que seria pior;
Ah! Menina! Venha cá! Veja o que faz!
A mulher só faz o homem bom e mau:
Que assim como dá pão pode dar pau!''

* Carlos Gomes
Campinas, 11/7/1836 - Belem, 16/9/1896
Carlos Gomes nasceu em Campinas, São Paulo, em 1836. No Rio de Janeiro, compôs sua primeira ópera, A Noite no castelo, com libreto em português, estreada com grande êxito no Teatro Lírico em 1861.

Com sua segunda ópera, Joana de Flandres, obteve do Imperador D. Pedro II uma pensão para estudar na Europa. Em Milão, discípulo de Lauro Ross, começaria sua fulgurante carreira cujo grande marco seria a ópera O Guarani, com libreto italiano baseado no romance de José de Alencar, estreada no Teatro alla Scala, em 1870, com repercussão imediata em toda a Europa. A importância de sua produção operística ofuscou o restante de seu catálogo, que inclui o poema vocal sinfônico Colombo para as comemorações do Quarto Centenário do Descobrimento da América e uma Sonata para cordas, de caráter brilhante, além de duas cantatas, diversas páginas instrumentais da primeira fase e numerosas composições para canto e piano. No Brasil, viveu um momento de glória quando apresentou suas três óperas já famosas no Velho Continente -- O Guarani, Salvator Rosa e Fosca-- no Rio de Janeiro, em Salvador e no Recife. Em 1895 dirigiu o Conservatório de Música de Belém do Pará, onde morreu a 16 de setembro de 1896.

Classificação:
  • Atualmente, 0/5 estrelas.

Exibições: 35

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço