O deputado federal eleito Zeca Dirceu (PT/PR), que é filho do ex-ministro chefe da Casa Civil José Dirceu, elege reforma tributária como prioridade

Em artigo recente publicado na imprensa, o deputado defendeu que a desoneração dos setores produtivos é a grande premissa que deve nortear os trabalhos da reforma tributária. Segundo Zeca, a presidenta Dilma Rousseff tratou do tema logo em sua primeira reunião com os principais ministros do governo, e a Câmara dos Deputados e o Senado Federal também colocam a reforma como prioridade na legislatura que inicia nesta terça-feira.

"Uma reforma para valer, no entanto, deve trazer medidas como a unificação do ICMS, a redução dos impostos sobre investimentos e a desoneração da folha de pagamento, fundamentais para os tempos de pleno emprego, do crescimento de 5% do PIB e dos salários dos trabalhadores, e para o país que almeja a quinta economia do mundo na década", diz trecho do artigo de Zeca Dirceu.

Para o deputado, uma reforma bem planejada poderá proporcionar aos Estados os recursos que ainda não estão disponíveis para a realização de obras de infraestrutura e logística. Ele destaca que também já existe uma unanimidade de que o novo projeto fiscal deve contemplar um setor forte de fiscalização, “já que a sonegação é uma forma de concorrência desleal e predatória”.

Para Zeca Dirceu, é fundamental que os principais segmentos da economia do Paraná estejam bem articulados para contribuir na construção da reforma tributária. “O trabalho em conjunto da bancada de deputados federais e senadores do Paraná será fundamental para beneficiarmos os setores da economia que mais geram empregos no nosso Estado, e eu estarei sempre à disposição para colaborar nesta construção”, concluiu Zeca Dirceu.

http://zecadirceu.com.br/post.php?id=3719&coment=1

Classificação:
  • Atualmente, 0/5 estrelas.

Exibições: 54

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço