Portal Luis Nassif

ensaio da leitura ABAJUR LILÁS / SATED RIO EM AÇÃO 2014

projeto SATED RIO EM AÇÃO leituras dramatizadas
flash ensaio ABAJUR LILÁS, de Plínio Marcos

no Abajur Lilás está um momento de plena maturidade de Plínio Marcos. A peça apresenta uma conjugação equilibrada de qualidades na dialogação, na elaboração da trama, no desenho dos caracteres, na estrutura da ação. Obra poderosa, concebida como um crescendo de violência desfechado em lances implacáveis
o Abajur Lilás se destaca como realização particularmente bem-acabada na dramaturgia brasileira. O texto foi construído dentro do realismo que se transformou, ao longo dos anos, em marca registrada do autor
as personagens se tornam tanto mais ferozes quanto mais inevitável fica a constatação do desespero de sua visão. Mais do que qualquer outra peça de Plínio, emana de O Abajur uma carga irresistível de emoção. O embate entre as prostitutas, o homossexual cafetão e seu guarda-costas começa na ironia e assume proporções avassaladoras que incluem a tortura e o assassinato
@ Clipe Internet Delcio Marinho Gonçalves
riodejaneirocultural@gmail.com

Classificação:
  • Atualmente, 5/5 estrelas.

Exibições: 96

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Comentário de Delcio Marinho em 15 abril 2014 às 21:59

Leitura dramatizada " O ABAJUR LILÁS " de PLÍNIO MARCOS

direção Delcio Marinho Gonçalves

SATED RJ dia 17 abril ( quinta feira ) 18h30m

Rua Alcindo Guanabara  17/ 18 * andar CINELÂNDIA / RIO DE JANEIRO 

http://www.satedrj.org.br/

Comentário de Delcio Marinho em 15 abril 2014 às 21:58

" O ABAJUR LILÁS " de PLÍNIO MARCOS 

Leitura dramatizada direção Delcio Marinho Gonçalves

Elenco Ana ZettelGaby de SaboyaRollo RoquenroloMarcello PanazioAna FelipeNadja Lúcia Bandeira Passos e Marina Azevedo


SATED RJ Presidente JORGE COUTINHO
rua Alcindo Guanabara 17 / 18* andar 
Cinelândia RIO DE JANEIRO ( 21 ) 2220 814 
http://www.satedrj.org.br/

" O ator começa a ficar soberano de seu talento quando ganha consciência de que entra no palco para servir, e não para ser servido "

“ Não faço teatro para o povo, mas faço teatro em favor do povo. Faço teatro para incomodar os que estão sossegados. Só para isso faço teatro.”

" Minhas peças são atuais porque o país não evoluiu "  Plínio Marcos

Publicidade

Blogs Brasilianas

© 2017   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço