Ernesto Nazareth: Pierrot / Reboliço. Piano: Marco Aurélio Xavier

Marco Aurélio Xavier é profissional da música desde 1960. Seu primeiro instrumento musical foi o Acordeon, tendo se formado na Academia de Artes Mario Mascarenhas. Em 1962, inicia seus estudos de piano com Maria de Lourdes Tornaghi. Na Itália, fez curso de 3 anos de órgão com Luigi Bofolo. Em 1976, renuncia à sua carreira de pianista e organista, criando as Meninas Cantoras de Petrópolis. Discípulo de mestres como Arnaldo Estrella (piano) e Ester Scliar (harmonia, análise e composição), especializou-se em técnica vocal, regência e formação coral em algumas cidades européias, estagiando em seculares instituições musicais tais como: "Meninos Cantores da Catedral de Regensburg" (Alemanha), "Meninos Cantores de Viena"(Áustria), "Meninos Cantores de Tölz" (Baviera), e "Coro Pontifício da Capela Sistina" (Roma), oportunidade em que teve como mestres Georg Ratzinger, Hans Gillesberger e Gerard Schmidt-Gaden. Sua formação mais completa no que se refere à formação de vozes e técnica coral, foi realizada no coro de "Meninos Cantores da Abadia de Montserrat" (Barcelona), chamado de "L'Escolania de Montserrat" cuja existência remonta ao século XI, tendo produzido grandes nomes da música espanhola e catalã, como Fernando Sor, Pe. Antonio Soler e Narciso Casanovas.Em Montserrat, o maestro Marco Aurélio Xavier teve como mestre o monge beneditino, Dom Ireneu Segarra que por 50 anos dirigiu aquele grupo de meninos cantores cuja qualidade técnica e vocal suplanta qualquer outro existente na atualidade. Além das Meninas Cantoras de Petrópolis, o maestro Marco Aurélio Xavier criou e dirigiu outros três corais: Coral da Universidade Católica de Petrópolis (1976-1989),Pequenos Cantores da Universidade Católica de Petrópolis (1981-1985) e Coral de Petrópolis (1989/1996). O CD "Alma Brasileira" é uma produção independente gravado em 1985, dedicado a 4 grandes nomes da música brasileira: Chiquinha Gonzaga; Ernesto Nazareth, Zequinha de Abreu e Villa Lobos

http://www.youtube.com/watch?v=q2QtZBR47OU&feature=fvst

Discípulo de mestres como Arnaldo Estrella (piano) e Ester Scliar (harmonia, análise e composição), Marco Aurélio Xavier especializou-se em técnica vocal, regência e formação coral em algumas cidades européias, estagiando em seculares instituições musicais tais como: “Meninos Cantores da Catedral de Regensburg” (Alemanha), “Meninos Cantores de Viena” (Áustria), “Meninos Cantores de Tölz” (Baviera), e “Coro Pontifício da Capela Sixtina” (Roma), oportunidade em que teve como mestres Georg Ratzinger, Hans Gillesberger e Gerard Schmidt-Gaden.
Sua formação mais completa no que se refere à formação de vozes e técnica coral, foi realizada no coro de “Meninos Cantores da Abadia de Montserrat” (Barcelona), chamado de “L’Escolania de Montserrat” cuja existência remonta ao século XI, tendo produzido grandes nomes da música espanhola e catalã, como Fernando Sor, Pe. Antonio Soler e Narciso Casanovas.
Em Montserrat, o maestro Marco Aurélio teve como mestre o monge beneditino, Dom Ireneu Segarra que por 50 anos dirigiu aquele grupo de meninos cantores cuja qualidade técnica e vocal suplanta qualquer outro existente na atualidade.
Além das Meninas Cantoras de Petrópolis, o maestro Marco Aurélio Xavier criou e dirigiu outros três corais: Coral da Universidade Católica de Petrópolis (1976-1989),Pequenos Cantores da Universidade Católica de Petrópolis (1981-1985) e Coral de Petrópolis (1989/1996).

http://pt.wikipedia.org/wiki/Marco_Aur%C3%A9lio_Xavier

Classificação:
  • Atualmente, 5/5 estrelas.

Exibições: 89

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Comentário de Fernando Augusto Botelho - RJ em 14 agosto 2010 às 14:46
Ernesto Nazareth: Batuque / Ameno Resedá. Piano: Marco Aurélio Xavier

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço