A reclusiva existência de Nick Drake não lhe roubou a imortalidade. Ars longa, vita brevis, eis um aforismo que assenta na perfeição a este artesão de sons, cuja beleza melancólica não cansa de assombrar.
http://lounge.obviousmag.org/escrito_no_som/2013/03/post-1.html?utm_source=obvious&utm_medium=web&utm_campaign=OB7_artigos_relacionados_sidebar

Classificação:
  • Atualmente, 0/5 estrelas.

Exibições: 26

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço