será mesmo? qual o retorno que esta empresa tem dado ao povo brasileiro?
sendo pública ou privada, o que interessa são os impostos gerados pela empresa, que chega aos cofres e deveria ser revertido a comunidade.

 

agora com o valor  que pago de combustível .por favor , esta empresa nunca foi nossa.

 

www.professoralvarobarros.blogspot.com

 

Exibições: 194

Responder esta

Respostas a este tópico

O refino não será tão caro, as refinarias terão que ser adaptadas mas o óleo é um óleo leve que em princípio tem um refino mais fácil. O problema é a extração, mas sei que já em 1998 já havia muita pesquisa sobre o sal, logo os custos vão cair em breve.

Há também um problema de cultura do corpo técnico da Petrobrás, eles eram acostumados a extração em rochas sedimentares e o pré-sal é em rocha calcárea, mas eles evoluem rápido.
Xiiiii Maestri, que coisa mais distraída, onde escrevi refino, leia-se produção. Abraço.
suas informações sim acrescentam o debate e obrigado.
Esqueci de comentar que não existe no Brasil, seja privada ou estatal, empresa que invista tanto em cultura, educação, sustentabilidade e esporte quanto a Petrobras. A atuação da Petrobras gera reconhecimento: pelo quarto ano consecutivo ela é citada no Dow Jones Sustainability Index (DJSI), o mais importante índice mundial de sustentabilidade, usado como parâmetro para análise dos investidores social e ambientalmente responsáveis.

No entanto Sr. Álvaro, que fique claro que defendo a Petrobras atual em oposição ao outro modelo ou projeto em disputa, que é o formatado basicamente pela turma ultra-liberal do PSDB/DEM e apoiado, muitas vezes via falácias, pela sua imprensa amestrada. O projeto por eles proposto para a Petrobras em particular, e o setor de energia em geral, seria muito pior para o conjunto da sociedade brasileira, disso eu não tenho dúvida. É importante declarar que como reformista e apoiador crítico ao governo atual, acho que ainda há muito a ser feito. Fazendo uma crítica à esquerda do projeto de governo atual, em minha opinião nem de longe as empresas tem o papel social que poderiam ter caso as reais mudanças socio-economicas necessárias fossem implementadas. Sob esse prisma todas as empresas nos devem, a Petrobrás no meio... Mas isso já é outra discussão!
Em resumo, poderia ainda ser mmmuuuiiiiittttoooo melhor, mas com o PSDB não.
Amigo Troncoso, minha visão a respeito deste assunto é puramente tributária, acho que suas informações são válidas, mais, o retorno que a empresa da ao Brasil, como alardeado, poderia ser bem melhor. vc me pergunataria como? Hoje vc sabe o papel das terceirizadas dentro da empresa, e a quem eles servem, é por esta e outras que sou contra.
Felizmente o Brasil se livrou de algumas destas traíras no Senado, um merecido castigo, apesar de merecerem muito mais por seus crimes de lesa-pátria. Como nos casos de Marco Maciel, Antonio Carlos Junior, Efraim Morais, Heráclito Fortes, Mão Santa, Arthur Virgílio, e Tasso Jereissatti, que não foram reeleitos.
Contudo foram reeleitos e tudo indica que irão continuar na sua luta contra a Petrobras, ou seja contra o Brasil: Agripino Maia, Lucia Vânia, Cristovam Buarque, e é preciso muito atenção com este último, que é contabilizado como parte da bancada governista, mas quase sempre vota com a oposição.
O hipócrita do Pedro Simon esta no meio do mandato de 8 anos, assim como Kátia Abreu, Jarbas Vaconcelos, Álvaro Dias, e outros que darão continuidade ao combate a mais importante empresa brasileira, inconformados com a nossa soberania e desenvolvimento.
Alguns foram eleitos Governadores para a infelicidade destes Estados como Raimundo Colombo e Marconi Perillo.

Do Blog Guerrilheiro do Entardecer:

Lista dos Senadores entreguistas que pediram a instalação da CPI da Petrobras!!

Abaixo, publico a relação dos Senadores que assinaram o requerimento para instalar a CPI da Petrobras, que tem o objetivo de enfraquecer a empresa, facilitando a apropriação do petróleo do pré-sal por empresas multinacionais, e de impedir que a mesma faça os investimentos previstos no PAC e que são fundamentais para que a economia brasileira continue crescendo nos próximos anos.

Cabe ao povo brasileiro negar o seu voto para tais Senadores nas próximas eleições das quais eles participarem.

Assim, se estará eliminando da vida política nacional figuras que não estão nem um pouco preocupadas com a situação do país e do seu povo.

Fora, entreguistas e vende-pátrias que querem entregar as riquezas do país para os estrangeiros, que sequer sabem qual é a língua que falamos ou que pensam que a capital do Brasil é Buenos Aires.

Não votem nestes entreguistas nunca mais!!!

1. Álvaro Dias (PSDB-PR)
2. Sérgio Guerra (PSDB-PE)
3. Marco Maciel (DEM-PE)
4. Lucia Vânia (PSDB-GO)
5. Antonio Carlos Junior (DEM-BA)
6. Agripino Maia (DEM-RN)
7. Raimundo Colombo (DEM-SC)
8. Cristovam Buarque (PDT-DF)
9. Efraim Morais (DEM-PB)
10. Pedro Simon (PMDB-RS)
11. Jarbas Vaconcelos (PMDB-PE)
12. Cícero Lucena (PSDB-PB)
13. Demóstenes Torres (DEM-GO)
14. Jayme Campos (DEM-MT)
15. Heráclito Fortes (DEM-PI)
16. Mario Couto (PSDB- PA)
17. Eduardo Azeredo (PSDB-MG)
18. Flexa Ribeiro (PSDB-
19. Kátia Abreu (DEM-TO)
20. Romeu Tuma (PTB-SP)
21. Arthur Virgílio (PSDB-AM)
22. Adelmir Santana (DEM-DF)
23. Marconi Perillo (PSDB-GO)
24. Mão Santa (PMDB-PI)
25. João Tenório (PSDB-AL)
26. Gilberto Goellner (DEM-MT)
27. Marisa Serrano (PSDB-MS)
28. Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR)
29. Papaléo Paes (PSDB-AP)
30. Tasso Jereissatti (PSDB-CE)
31. Geraldo Mesquita (PMDB-AC)
32. Maria do Carmo (DEM-SE)

http://guerrilheirodoentardecer.blogspot.com/2009/07/abaixo-publico...
A Petrobrás não é tão nossa quanto possa parecer, pois exporta petróleo bruto e nos vende gasolina e outros derivados por preços que podem ser os mais elevados do mundo.
Caro Cairbar

Veja o que foi escrito na página anterior
Composição de preços na Gasolina:
Distribuição e revenda (médios)= 17%
ICMS (imposto estadual)= 28%
CIDE PIS/PASEP COFINS (impostos federais)= 15%
Álcool Anidro= 9%
Petrobras= 31%

Ou seja não é bem assim, o mercado por lei é livre para qualquer distribuidora importar petróleo de qualquer país, só que não muda nada, pois o petróleo vendido pela Petrobrás tem o mesmo preço do que o vendido por outras petroleiras.
Cairbar a Petrobras exporta e importa petróleo bruto para compor um mix de refino que atenda a capacidade instalada quanto a qualidade e quantidade dos produtos. mas a auto suficiencia é um fato.
Quanto a preços de derivados, é preciso que voce especifique onde, quanto e porque se cobra. Se voce ler as intervenções anteriores colocadas na discussão, talvez consiga ter base para formular exatamente a que voce se refere, pois assim não dá. Não vamos retroceder o que foi discutido.
Um abraço.
Tendo em vista opiniões discrepantes sobre a Petrobrás e os preços dos seus derivados de petróleo, acredito que devo estudar um pouco mais o assunto e só então voltar ao tema. Agradeço a atençao.
Cairbar

Há muita desinformação proposital que se veincula na grande imprensa com o objetivo de minimizar o trabalho da Petrobrás. Tem o problema da composição do preço e do tipo de petróleo que a Petrobrás extrai.

Vamos tentar dar uma pequena explicação que o Sérgio começou.

90% das nossas reservas, excluídas as do pré-sal, são do chamado petróleo pesado, este petróleo tem uma densidade e viscosidade maior do que o chamado petróleo leve.

O que significa isto em termos práticos?

O petróleo pesado devido a sua viscosidade maior e devido a outros componentes tem uma extração mais difícil, por outro lado o processo de craqueamento deste (transformar petróleo em combustíveis, como gasolina) é bem mais difícil do que com o petróleo leve. Por isto a Petrobrás exporta petróleo pesado e importa petróleo leve, já que as frações retiradas no craqueamento do petróleo pesado muitas vezes não correspondem exatamente ao consumo.

Isto mostra a importância do pré-sal no quadro atual, como ele está em zona mais profunda (e outros motivos) ele sofreu a ação da geotermia mais intensa (não é só isto, mas estou simplificando) e houve um processo natural de craqueamento. Quando extrairmos maior quantidade de óleo do pré-sal provavelmente não será necessário esta exportação e importação, mas chamo a atenção que parte de nossas refinarias deverão ser readaptadas para este tipo de petróleo.

As tuas dúvidas são pertinentes e não culpo grande parte da população brasileira não estar informada sobre isto.

RSS

Publicidade

© 2021   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço