À primeira "vista" pode parecer um discussão boba.

Mas o fato é que se o homem não convencionasse insistir em que este "Deus" é masculino, possivelmente não haveria tanto preconceito, principalmente religioso, contra as mulheres.

E por que os homens temem tanto as mulheres a ponto de quase sempre tentar torná-las submissas, etc, etc... ?


Exibições: 1737

Responder esta

Respostas a este tópico

José Mayo

Não sou Deus.

Acho que há necessidade de se analisar Deus a partir do contexto biblico.  Isto é, pela diegese. Ou estaremos, na real, discutindo o sexo dos anjos. 

Como diria o neurocientista David Eagleman, você [nós] não é responsável [segundo ele ninguém é] pelos seus atos, na verdade é apenas o seu cérebro - cérebro esse que foi programado ao longo de millhões de anos pela evolução -, que lhe rouba a escolha ou o livre arbítrio e, sobretudo, o molda como você é. Enfim, segundo Eagleman, na real, o que temos é a ilusão do que seja a natureza ou, nós mesmos, ilusão essa que foi criada pelo nosso sérebro para nos fazer sentir bem e continuarmos na luta pela sobrevivência da  sobrevivência - como marionetes ou, como coloca Eagleman: como robos ou zumbis.

Prefiro a realidade de um Deus.

Abs.

Antonio, estejas completamente à vontade para fazer as tuas escolhas, só não queiras fazer também as minhas; não existe só uma "bíblia".

Saudações

No meu entender, se esta escrito a imagem e semelhança é porque quem escreveu afirmou que é a imagem e semelhança. Quando alguém escreve algo tem em mente transmitir uma mensagem à outra pessoa, seja lá qual for. Se a mensagem foi escrita de forma a dar margem a interpretação então ou quem escreveu tinha em mente confundir ou não sabia se estressar ou tinha dúvidas sobre o que escreveu. Não acredito que nenhuma dessas possibilidades se aplica a um livro como Bíblia. Dito isso se foi escrito somos imagem e semelhança de Deus então o autor afirmou que somos imagem e semelhança dele. Observe-se no entanto qual o significado das palavras imagem e semelhança no texto original e onde se aplicavam quando foram utilizadas. O que significava semelhança e igualdade para o autor e como foi interpretada na tradução do historiador? Posso afirmar ou melhor, imaginar que igualdade se referira ao principal fator que nos separa dos demais animais, ou seja, capacidade de pensar, escolher, raciocinar, mas não vejo um valor onde se aplique imagem já que isso a principio nos diferenciaria entre um e outro, tornando a afirmação polemica demais na propagação da idéia de Deus único e para todos.

Oi Jose, me desculpe, me perdi nos comentários. De qualquer forma lhe agradeço e vou fazer uso da sugestão, mas foi mais um comentário, não me utilizo dele tanto assim. Enciclopédia da Língua Portuguesa,veja só. Na casa de minha mãe ainda sobraram alguns. Estão junto de uma edição de Robson Cruzoé que foi o primeiro livro que li. Quase não se consegue entender o que esta escrito, português bem antigo.

Tinha lá também uma edição de Os Lusíadas vinda de Portugal mas sumiu, que beleza.

 

Um abraço

Gabriel, sua discussao faz todo sentido sim. Deus é masculino porque é uma criaçao humana, e a sociedade é patriarcal. É masculino, é branco, etc. Reflete as relaçoes de poder vigente na época de sua criaçao (e infelizmente em grande grau ainda hoje). 

Esta confundindo o que esta escrito na Bíblia com as gravuras da idade média. A bíblia original não tem fotos e portanto não se pode afirmar que tenciona transmitir que Deus é Branco, que é pai ou que tem sexo, pelo contrário, na bíblia não existe qualquer menção de esposa de Deus, mulher de Deus.

Tô me lixando para o que está escrito na Bíblia. Falo que Deus foi imaginado como masculino porque a sociedade que o imaginou era patriarcal. PONTO. 

A coisa agora ficou feia mesmo. Já não bastava terem criado um deus à nossa imagem e semelhança, um ser que eu nunca soube se é feito de energia ou de matéria, já que como disse um cara aí no século passado, uma se transforma na outra e outra se transforma na uma, agora, estão querendo colocar um pinto nele! Deixa assexuado mesmo, se não vai acabar gerando mais um punhado deles, se por acaso lhe arranjarem uma fêmea que lhe seja idônea.

Nada garante, Eurípedes. Ele costuma usar pombos como transmissores. Além de tudo, sexualidade perversa... (rs, rs, rs, rs... ).

Vou citar minha fonte (trechos extraídos do poema VIII de O Guardador de Rebanhos, de Fernando Pessoa, heterônimo Alberto Caieiro) : 

Num meio-dia de fim de primavera 
     Tive um sonho como uma fotografia. 
     Vi Jesus Cristo descer à terra. 
     [...] 

     Nem sequer o deixavam ter pai e mãe 
     Como as outras crianças. 
     O seu pai era duas pessoas 
     Um velho chamado José, que era carpinteiro, 
     E que não era pai dele; 
     E o outro pai era uma pomba estúpida, 
     A única pomba feia do mundo 
     Porque não era do mundo nem era pomba. 
     E a sua mãe não tinha amado antes de o ter.

     Não era mulher: era uma mala 
     Em que ele tinha vindo do céu. 
     E queriam que ele, que só nascera da mãe, 
     E nunca tivera pai para amar com respeito, 
     Pregasse a bondade e a justiça! 

 

O sujeito devia estar bêbado quando escreveu essa porcaria

É considerado um dos maiores poetas da humanidade, e o conjunto de poemas do qual esse trecho foi extaído é particularmnente considerado uma obra prima. Mas há antecessores. Guerra Junqueiro, por ex., tem um livro chamado A Velhice do Padre Eterno que é bem mais radical do que Pessoa. 

Pois é Ribeiro, eu acho meio despropositado do Gabriel, mas em fim.

Falar que Deus é energia também é meio complicado né, afinal de contas  primeiro vem a matéria ainda que seja sua menor partícula depois vem a energia que é resultado do atrito entre partículas. Se bem que pra existir reação é necessário ação.

Bom deixa pra lá

RSS

Publicidade

© 2022   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço