por : Raiana Ribeiro

Para criminalista, ocupação da reitoria da USP é questão política e não criminal.



http://portal.aprendiz.uol.com.br/2011/11/17/criminalista-defende-q...

Exibições: 182

Responder esta

Respostas a este tópico

Paulo, que bom ver você postando de novo, estava sumido. Agora, essa descoberta do criminalista (nao li o tópico, estou só zoando um pouco) está parecendo pesquisa de americano. Nao é que descobriu o óbvio?  

É que o conteúdo da matéria é bem mais abrangente que a chamada. Mostra inclusive como a polícia cercou a residência Universitária no raiar do dia e até jogou gás lacrimogênio em quem não tinha nada a var com a invasão.

O problema, Cláudia, é que eles nao deixam de ter UMA CERTA razao (NAO ESTOU DIZENDO QUE TÊM RAZAO...). Do ponto de vista de pessoas que nao sao altamente politizadas, eles olham para uns e outros, a corrupção é estrutural e continua (eles nao sabem os motivos para isso, e sao levados pela mídia a julgar em termos moralistas e individuais), nao se sentem representados.

Aqui no Brasil AINDA HÁ diferença entre esquerda e direita. Mesmo se os governos ditos de esquerda fazem coisas inadmissíveis, às vezes, ou se encarreguem de atacar direitos dos trabalhadores que a própria direita, com menos relações nos meios sindicais, nao conseguia fazer (nao porque nao quisesse...). Mas pense, por ex., nos espanhóis e gregos. Foi a "esquerda" que abriu as pernas para o neoliberalismo (claro que a direita teria aberto tb, mas nem todo mundo tem muita cultura política...).

RSS

Publicidade

© 2021   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço