Anastasia implementa Programa Porta a Porta e reduz pobreza extrema em Minas Gerais

Antonio Anastasia destacou que entre os principais compromissos do seu governo está o programa Porta a Porta que identificará todos os mineiros que precisam sair da condição de miséria e de extrema pobreza. O programa será realizado em parceria com as prefeituras e organizações sociais que reunirão equipes para percorrer todos os municípios identificando as dificuldades de cada família.

“A nossa política social vem sendo notícia ousada, criativa e corajosa. Estamos levantando programas novos, como o Porta a Porta exatamente com esse objetivo, o de indagar de cada família quais são as suas necessidades maiores”, afirmou.

Redução da pobreza

Durante a reunião, o governador Antonio Anastasia destacou as ações sociais do Governo de Minas para combater a pobreza e as desigualdades regionais. Ele ressaltou as ações do Travessia, programa implantado em 39 municípios que já beneficiou 338 mil pessoas. Este ano, 231 cidades serão atendidas totalizando quase 2 milhões de pessoas. Entre as ações do Travessia estão reformas de escolas, realização de obras viárias urbanas, implantação de redes de água e esgoto sanitário, construção de postos de saúde, entre outros.

Entre 2003 e 2010, o Governo de Minas investiu R$ 5,9 bilhões para reduzir a pobreza e as desigualdades regionais. Nas regiões mais pobres do Estado, os investimentos foram crescentes e diferenciados. Em 2009, os vales do Jequitinhonha e Mucuri receberam o maior volume de recursos da história: R$ 276 per capita. No Norte de Minas, foram investidos R$ 125 e no Rio Doce, R$ 81 per capita. A média de investimento no restante do Estado foi de R$ 78 per capita.

O Governo de Minas também desenvolve o maior programa de combate à pobreza rural nessas regiões. Com investimento de R$ 95,3 milhões, o Estado beneficia 115,8 mil famílias em 188 municípios apoiando mais de 2 mil projetos de associações de trabalhadores, pequenos produtores rurais, artesãos, pescadores e donas-de-casa que buscam alternativa para melhorar a renda familiar e a qualidade de vida.

O Grande Norte também recebeu importantes investimentos em infraestrutura. O programa estadual de pavimentação de acessos viários, Proacesso, asfaltou 128 estradas na região, 60% do total das 224 cidades que ainda dispunham de acesso por terra em todo o Estado. Nessa região, o Governo de Minas universalizou o fornecimento de energia elétrica nas suas áreas urbanas. Foram mais de 81 mil ligações de 85 cidades. Na área rural, 86 mil moradias receberam energia elétrica com investimento de R$ 770 milhões por meio do Luz para Todos. O Grande Norte também foi beneficiado com sinal de telefonia celular e serviços de transmissão de dados.

Participaram da reunião, os governadores de Sergipe, Marcelo Déda; Rosalba Ciarlini (Rio Grande do Norte), Teotônio Vilela (Alagoas); Jacques Wagner (Bahia); Cid Gomes (Ceará); Ricardo Coutinho (Paraíba); Eduardo Campos (Pernambuco); Wilson Martins (Piauí); o vice-governador do Maranhão, Washington Luiz; os ministros do Planejamento Miriam Belchior, da Integração Nacional, Fernando Bezerra, das Relações Institucionais Luiz Sergio Oliveira; e a secretária de Comunicação Social, Helena Chagas.

Fonte: Agência Minas

Leia outras notícias no Jornal O Dias

Exibições: 266

Responder esta

Respostas a este tópico

 

Eh!

LULA tinha

toda a razão quando

disse que seus programas

sociais não tinham volta.

Ou a oposição - demos e

tucanos e afins - iria imitá-lo

ou seria enterrada de vez.

Hoje, vemos aí os mais

espertos, os menos asnos,

a copiarem toda a política

de LULA dando prioridade

às questões sociais, coisa

que a DIREITA em 500 anos

de mando no PAÍS jamais

pensou.

 

Mas, é isto:

antes tarde

do que "never"!

 

Marco Nogueira

Zezézouzou sempre adoraram tia Anastácia!!!
Viva a nêga, que não é branca nem neta nem escrava de neto.
Uau, viva Minas em geraes. Tanto trem bom, viva tia Anastácia.


O governo de São Paulo é muito bom em propaganda,espero que não seja o caso de MInas.

RSS

Publicidade

© 2022   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço