Dias atrás, Dona Cabocla andou espalhando por aí uma foto sua de "topless". Calma, meninos :)) Era uma foto da infância, doce recordação de uma fase da vida que de vez em quando retorna dentro de cada um de nós. Lembrei-me do "Gurizada", antigo blog criado por uma amiga e que fez enorme sucesso. No blog, cada visitante deixava uma foto da infância e acabamos nos divertindo bastante. Que tal a gente fazer o mesmo e postar aqui uma ou mais fotos da infância?

Aqui, a versão bailarina no colo de papai em um baile de carnaval e a versão caipira dançando quadrilha.


**********

Bola de Meia, Bola de Gude

Milton Nascimento

Há um menino
Há um moleque
Morando sempre no meu coração
Toda vez que o adulto balança
Ele vem pra me dar a mão

Há um passado no meu presente
Um sol bem quente lá no meu quintal
Toda vez que a bruxa me assombra
O menino me dá a mão

E me fala de coisas bonitas
Que eu acredito
Que não deixarão de existir
Amizade, palavra, respeito
Caráter, bondade alegria e amor
Pois não posso
Não devo
Não quero
Viver como toda essa gente
Insiste em viver
E não posso aceitar sossegado
Qualquer sacanagem ser coisa normal

Bola de meia, bola de gude
O solidário não quer solidão
Toda vez que a tristeza me alcança
O menino me dá a mão
Há um menino
Há um moleque
Morando sempre no meu coração
Toda vez que o adulto fraqueja
Ele vem pra me dar a mão


*******

Exibições: 3216

Responder esta

Respostas a este tópico

culpa do padre ixperto.
com isto construiu mais um templo!
Olhem como eu era santinha.


Ficou enorme, porque não sei diminuir.


Marise, e essa cabeleira de Luluzinha, heim? Arrebatou o coração de um certo rapaz de sorte!


Também fiz!
E eu também ;)
Só dá santinha aqui. kkkkkkk

E dizer que aqui na Comunidade tem um grupo de santas? O Nassif está abençoado.
isto que eu ainda não achei a minha.
eu tenho uma desta também...
não quero ficar de fora deste time de santinhas, di jeito nenhum!
Cafu estas eram as famosas tranças. Só que para encrespar e fazer cachos tinha que ficar horas em cima de uma mesa e minha mãe com um ferro quente enrolando e puxando os cabelos. Criança sofre. Eu não tive filha mulher. Mas juro que se tivesse, não usariam tranças nem fariam cachinhos.kakakaka
O Nassa bem que podia colocar uma fotinho aqui, né?
Eu te entendo, Marise. Ainda vou colocar uma foto minha cheia de cachinhos, mas só eu sei o que passei pra que o cabelo liso escorrido ficasse encaracolado.
Eu ainda passo,pois sou teimosa. Faço escova,ponho rolinhos (espanta marido) e deixo ele crespo....se não chover. kakakaka
Já estou quase andando!
Quando estiver firme, ninguém me segura, haha.

Esta é muito fofinha. Os bracinhos gordinhos que tem até preguinha.

RSS

Publicidade

© 2022   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço