Dias atrás, Dona Cabocla andou espalhando por aí uma foto sua de "topless". Calma, meninos :)) Era uma foto da infância, doce recordação de uma fase da vida que de vez em quando retorna dentro de cada um de nós. Lembrei-me do "Gurizada", antigo blog criado por uma amiga e que fez enorme sucesso. No blog, cada visitante deixava uma foto da infância e acabamos nos divertindo bastante. Que tal a gente fazer o mesmo e postar aqui uma ou mais fotos da infância?

Aqui, a versão bailarina no colo de papai em um baile de carnaval e a versão caipira dançando quadrilha.


**********

Bola de Meia, Bola de Gude

Milton Nascimento

Há um menino
Há um moleque
Morando sempre no meu coração
Toda vez que o adulto balança
Ele vem pra me dar a mão

Há um passado no meu presente
Um sol bem quente lá no meu quintal
Toda vez que a bruxa me assombra
O menino me dá a mão

E me fala de coisas bonitas
Que eu acredito
Que não deixarão de existir
Amizade, palavra, respeito
Caráter, bondade alegria e amor
Pois não posso
Não devo
Não quero
Viver como toda essa gente
Insiste em viver
E não posso aceitar sossegado
Qualquer sacanagem ser coisa normal

Bola de meia, bola de gude
O solidário não quer solidão
Toda vez que a tristeza me alcança
O menino me dá a mão
Há um menino
Há um moleque
Morando sempre no meu coração
Toda vez que o adulto fraqueja
Ele vem pra me dar a mão


*******

Exibições: 3077

Responder esta

Respostas a este tópico

Stella querida,

:) Você está lindinha na foto. Até parece irmã da Dira Paes (adoro esta atriz).

Ora amiga...as estrelas que peguem seu brilho...problema delas. Seu brilho é próprio, e "suas letrinhas", transformadoras. :))

Beijos,

Dulce.
Stella a carinha é a mesma. Os olhos doces, mas bem abertos para o mundo
Beijão
Que foto expressiva, Stella. Carinha linda de mulher decidida. Obrigada.
Beijos.
Vera, agradecida por fazer as honras da casa na minha ausência.
Estou de volta, e à noite venho agradecer as fotinhas deixadas no tópico.
Beijos.
Para os que chegaram agora, gostaria de repetir o que disse o Henrique lá atrás, "O que tem de bom em ver fotos antigas é que elas sempre contam uma história. Qualquer foto é um fragmento da história pessoal e familiar. A gente olha a foto e resgata a historinha inteira. E algumas delas estão sendo contadas aqui."

Gostaria muito de encontrar uma foto de um "caminhão" dos Doces Confiança. Não sei com qual periodicidade, mas ele fazia a festa quando chegava aqui em Minas. Papai comprava balas e mamãe as escondia para que pudessem durar até a outra visita do caminhão. Vovó ficou tão amiga do senhor que vendia os doces que até visitou sua família em uma viagem a São Paulo. Só encontrei foto da camionete da Pan, mas essa acho que não vinha aqui. Deixo-a para os amigos paulistanos.



Verinha, mais uma vez obrigada pela delicadeza de cuidar do tópico na minha ausência.
Beijos a todos.
Helô se tu não achastes, quem mais vai conseguir???/
Beijão
Ainda não achei o caminhão da Confiança Helô. Mas por enquanto espero que voce se divirta com essa. Beijo.

Serjao, cê é um gozador... E paulistocêntrico!
Nananinanão AnaLú, primeiramente esse ônibus fazia a linha Rio (sua terrinha)-SP, e em segundo lugar, pus porque a minha Santos tem uma forte presença na vida pregressa da nossa garimpeira (sabe Deus quantos esqueletos ela deixou no armário daqui, kkkkkkkkk).
Eu sou Santistocêntrico!!!
Beijos às duas.
Fazia Juiz de Fora - São Paulo também. Aliás, faz até hoje, só que os modelos dos ônibus são mais moderninhos, kkkkk.
Ué, e Santos nao é em Sumpaulo nao?
Haha, viajei muuuuuito nesse Cometa, Serjão. E quando ia para Santos, saía do Cometa e pegava o expressinho (acho que era Expresso Zefir). Ô tempo bom! Adorei!
Beijos.

RSS

Publicidade

© 2022   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço