Saiu na Foia:

 

 xxxxxxxxxxxxxxxxx

Com caixa cheio, Kassab não usa verba reservada para projetos antienchente em SP

DE SÃO PAULO


No ano em que a prefeitura bateu recorde de arrecadação de impostos, a gestão Gilberto Kassab (DEM) investiu menos do que estava previsto no Orçamento em projetos antienchente. A informação é da reportagem deJosé Benedito da Silva publicada na edição desta quarta-feira da Folha (íntegra está disponível para assinantes do jornal e do UOL).

 

Segundo a Secretaria de Planejamento, no ano passado, as receitas de impostos cresceram 20,4%, puxadas pelo IPTU (alta de 26,2%), que colocou R$ 835 milhões a mais nos cofres da prefeitura em relação ao ano anterior. O valor extra é quase o dobro do que Kassab gastou com intervenções antienchente (R$ 430 milhões de um total previsto de R$ 504 milhões).

Parte dos locais alagados nos últimos dias tem obras planejadas há anos, mas que continuam no papel. Em um deles, no final de dezembro, morreu a professora Michele Borges, 29, arrastada pelas águas do córrego Ponte Baixa, em M'Boi Mirim, zona sul. Tivessem prevalecido os planos da prefeitura, o córrego já estaria canalizado.

 

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

 

Pois é. Esta é a maneira de políticos neoliberais que só pensam em dinheiro (ou seja, todos eles) administrarem. Investir no bem-estar da população? Jamais!!! Cortar, cortar, cortar. A palavra de ordem é cortar gastos, sejam quais forem, supérfluos, necessários e especialmente os imprescindíveis que beneficiam o cidadão de baixa renda. Agora a situação é essa, quatorze paulistanos mortos e o caixa cheio. Isso é que é ser bom gestor? É esse o tal "choque de gestão"? Dezesseis anos que estão aí, quero ver como o PT vai ser denegrido nessa pela imprensa. Todo mundo sabe que nessa época do ano chove este tanto. Não há desculpa alguma. Não há como disfarçar a desumanidade administrativa. Enxugaram os gastos e a chuva encharcou o cidadão, afogando alguns. Paulistanos agora experimentam o resultado de se votar em políticos que não se importam o mínimo com as pessoas. Há tempos um político mineiro neoliberal assumiu e cortou o próprio salário para dar o "bom exemplo" propagandeado aos quatro ventos na tv. O prefeito atual de SP tentou há poucos anos, sem vergonha alguma, cortar verba da merenda escolar. Deviam era cortar as próprias cabeças.

 

 

Exibições: 110

Responder esta

Respostas a este tópico

Genilson

Por favor o assunto é sério demais para ficares dizendo besteira e te fazendo de engraçadinho. Não te mando para o lugar que mereces em respeito ao resto dos leitores deste Blog.

 

Saber que qualquer político de qualquer partido não tomou as devidas providências é redundante, será que o problema não é também de engraçadinhos que nem tu que usa situações graves como esta para dizer besteira.

 

Por favor me poupe da tua presença.

RSS

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço