Construção de Conhecimento: Nossa responsabilidade com o que postamos.

Acompanho o blog do Mouro desde 2006 e - como muitos aqui - vi o cuidado e carinho com que ele pensou e criou esse espaço.
Espaço que deve ser plural, para debate de idéias, para construção de conhecimento.
Mas que requer responsabilidades de nossa parte, não só da dele.

As pessoas participam de distintas maneiras.
Há as que nos brindam com textos maravilhosos e de própria autoria - como os meus preferidos Liu, Zé via de regra (o da China sumiu) e Beto Ruschel - os poetas como a Renata, os garimpeiros como Helô, Cafu e Marise (entre outros), os cronistas como a Lena.
Há os que postam coisas lidas em outros lugares, e nesse caso só posso achar que pensando que a discussão possa ser relevante para a comunidade.
E há as que só lêem.

Isso sem falar nos temáticos, que não participo.

Não vejo nada de mal em nenhum tipo de participação, desde que aberta ao debate, que às vezes se acalora, claro, mas que deve ser civilizado.

A internet permite muitas coisas boas - como aqui - mas também permite que nos cheguem e-mails "assinados" com nome de famosos, gente acovardada de escrever o que pensa, de destilar seu preconceito e que então se esconde sob o prestígio dos outros.
O exemplo mais clássico para quem aqui frequenta é o "Elite Privilegiada", atribuído ao Mouro e que vai exatamente contra tudo que ele pensa, faz e trabalha por.

Por isso quando postamos algo que não fomos nós mesmos que escrevemos, é nossa responsabilidade citar a fonte. Escrita, publicada.
Não há como ninguém controlar os apócrifos dos outros, já somos mais de 6000, mas a idéia é que as próprias pessoas verifiquem se procede, afinal estão passando informação a outras pessoas na tentativa de construir conhecimento, ou não?

E, independentemente de não sermos os autores, é minha opinião que, se os escolhemos para divulgação, devemos estar preparados para debater o que eles contêm.
Senão para que a postagem? Provocação serve, mas aguentemos o tranco com argumentos.

Não acho honesta a atitude "não brinco mais", ameaças de xororô para a chefia.
Somos todos adultos por aqui - exceto o grupo dos jovens - isso é (no meu entender, e por isso ponho em fórum para discussão) um descomprometimento com a proposta daqui.

Exibições: 458

Responder esta

Respostas a este tópico

bjs cafu..
Mas precisamos nos posicionar, esse espaço é muito precioso para avacalharem, não?
Lena, acho que aí é isso mesmo que vc colocou.
Falta de tempo e tb, porque como somos muitos, se vc for procurar este tópico na pg principal, já não o acha, porque mais recentes foram criados...
E tem o interesse pessoal de cada um, claro...
Mas tb acho uma pena
Cabocla, é muito importante manter o próprio nome e assumir responsabilidade pelo que se escreve: isso se chama ética. Aqueles que são mais conhecidos procuram usar nicks, mas assim mesmo penso que se eu posso escrever meu nome e assumir minhas posições publicamente, também esses mais conhecidos deveriam assumir em nome próprio suas dúvidas e contradições. Não há certezas sobre nada. O pensamento se faz através do debate com a troca de informações entre uns e outros. Bjs a todos. Aliás, isso vale para você também (rs...)
Ivanisa, esta história de que a pessoa deveria usar o nome próprio ou sua foto já deu debates aqui e até desavenças. A pessoa que tem um emprego público pode ser prejudicada por expressar suas idéias, muitas vezes contrárias ao partido vigente em seu trabalho. Para mim o que vale é o que a pessoa diz. Não me interessa saber seu nome ou ver sua foto. Eu mesmo coloco só meu primeiro nome, pois como tenho um sobrenome raro, fácil de identificar, poderia com minhas idéias prejudicar meus filhos. Eu não teria nada a perder, mas um dos meus filhos, sim. O avatar e o nick é uma proteção para muitos.
Eu concordo Marise.
Usar nick tanto faz, pouco me importa se quem falou foi Marise ou M.
Desde que não fuja da discussão que causou, desde que mantenha sempre o mesmo nick.
Temos razões variadas para nicks por aqui..
Ivanisa, nao acredito que você esteja relevantando essa polêmica, que já deu ocasiao a tanta agressao aqui dentro... E você é psicanalista, sabe que a identidade nao depende só do nome oficial. Haver um nome para a identificação pelos demais é importante, mas para isso o uso de um nick serve, desde que seja só um e sempre o mesmo, e que o nick nao nomeie um "personagem" todo criado, mas a própria pessoa que escreve, mesmo protegida pelo nick.

Gente, quem já passou pelas agressoes que sofri aqui dentro no início, e inclusive pela perseguição do agressor fora daqui, descobrindo meu email e me mandando mensagens ameaçadoras, entende que o uso de niks na Internet é uma questao de defesa pessoal.

E isso nao tem nada a ver com ética nao... Ter ética é nao usar o anonimato para agredir, ser sincero no que se diz, assumir posições claramente, coisas assim.
Ivanisa, muitos - como eu - tem impossibilidades profissionais para manter seu nome próprio.
Mas não sou um troll.
Sou sempre o mesmo nick, mesmo IP, mesmo e-mail.
E estou aberta a discutir se posto algo.
Este tipo de gente, que provoca, deve ser ignorado. Ih! mas nem aceita comentários? ...rs
maluquice...
O Nassif é uma pessoa super na dela, sensata, no meu pto de vista, e devemos agradecer o espaço que nos dá e que tem bastante visibilidade.
Um abraço, Elianne -Laura
É uma opinião Simone e respeito.
Vc levanta um ponto importante: pode ser um equívoco da pessoa.
Por isso propus: fontes, publicadas, escritas, verificáveis.
Claro que quando isso se repete, fico mais cética, mas tudo bem, pode ser mesmo equívoco.

Mas a idéia exposta deve ser discutida onde e - de preferência - com a participação de quem a expôs - assim penso eu. Postar algo e fechar comentários?
Não acho honesto.
Qual a intenção?

Os fóruns não são para debater cada idéia postada e sim um tema mais abrangente, não?
Foi em mensagens de blog.
Mesmo assim, não é correto a meu ver, porque são idéias, é para discussão.
Não é uma poesia, uma homenagem, um sei lá o quê.
São temas, textos, apocrifias e piadas polêmicas.
A intenção foi provocar.
Pode? Pode, mas assuma então a discussão...
Sem vitimização, sem xororô..
Cabocla, pertenço ao grupo dos que só leem. Chupim. Entrei para o Portal por admirar o LN. Agora não saio porque aqui encontrei um ninho de pessoas competentes e responsáveis e que não se furtam em oferecer o conhecimento que acumularam. Com a minha idade (70 anos) eu não precisaria me preocupar em aprender. Mas é gratificante ler o que essas belas cabeças produzem.
Parabéns pelo chamamento à responsabilidade.
Chupim nada Rubens.
A gente sempre lê aqui e ali e acaba aprendendo e reproduzindo na vida mesmo sem perceber.
Eu mesma fico tempos grandes desaparecida, o feriado gripada ajudou...

RSS

Publicidade

© 2022   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço