Dilma cancela ‘kit anti-homofobia’ e lança ‘kit anti-Banda Mais Bonita da Cidade’: “Temos que ter prioridades”

Este tópico é para quem quer mostrar sua indignação com o modo como o governo federal cede à pauta fundamentalista.

 

 

http://www.sensacionalista.com.br/?p=5278

A presidente Dilma Rousseff anunciou hoje que cancelou o “kit anti-homofobia”, que seria distribuído nas escolas públicas do país.

Em seu lugar, Dilma anunciou que distribuirá um “kit anti-Banda Mais Bonita da Cidade”.

“Temos que ter prioridades”, disse Dilma. “Eu me preocupo muito com a homofobia, mas essa questão pode esperar. Enquanto houver uma criança cantando ‘Oração’ e imitando o jeito francamente desleixado daqueles artistas, o Brasil não pode ter esperança”.

“Até por uma questão de saúde, já que fica claro que a banda não costuma tomar banho. Vamos resolver isso com tampões de ouvido e uma cartilha associando as músicas da banda ao baixo desempenho no videogame e na paquera”, completou a presidente.

Marcelo Z.

Exibições: 293

Responder esta

Respostas a este tópico

LOL.
"Dilma é Lula e Lula é Dilma. Logo, Dilma acertou em suspender o kit." Abreu, José de. Twitter, 2011.
"O poder judiciário legalizou a união estável entre homossexuais, logo o poder executivo pode falar em 'propaganda' de 'opção sexual'". Alex, Pedro. Twitter, 2011.

Provavelmente é a primeira vez que discordo de José de Abreu.

A pantomina foi mal encenada. Roteiristas de cinema sabem que se deve deixar uma brecha para continuações.

A desculpa da inadequacidade do material vá lá, poder-se-ia dizer então : "O material não parece satisfatório para a finalidade, blá-blá" Enrola-se um pouco mas fica a porta aberta.

Mas não, desacreditou-se o trabalho de meses de 4 ministérios e ainda se encaminhou para discussão majoritária um tema que sabidamente não pode ser tratado dessa maneira, pois dá-se o poder à ditadura da maioria preconceituosa.

A menos que Dilma mostre com ações no futuro sua sinceridade na luta anti-homofobia, permanece a impressão que foi grande bola fora.

Não tem justificativa. Me espanta ver pessoas que admiro dando aval a esse tipo de coisa unicamente porque é governista. Mais cedo o Mello discutia com a Maria Frô, dizendo "Dilma fez bem porque esses vídeos são uma porcaria", como se fosse essa a questão. Se a Dilma tivesse dito que vetou os vídeos porque achou a qualidade e a finalidade indesejáveis, isso mostraria somente que se trata de uma pessoa autoritária ou que cede facilmente à pressão de grupos políticos. Dilma mostrou preconceito, isso é grave.

Talvez eu seja realmente um neófito, Gunter, mas é a primeira vez que vejo um presidente passar por cima de tanta autoridade para vetar algo que sequer havia sido aprovado. Ainda faz questão de vir a público falar de 'propaganda' de 'opção sexual', a cereja do bolo. Como as ONGs devem estar se sentindo ao verem suas produções sofrerem humilhação pública da presidenta do país?

Provalvemente Maria Frô está certa.

 

O ponto é o seguinte, Felipe: Dilma pisou no tomate e escorregou na maionese. Se o pessoal quiser tentar justificar, que tente, se vai ser convincente, duvido muito. Bom, Dilma tem 3 anos pra provar que essa decisão foi inteligente. Sorte pra ela.

 

Não tem essa de enrolar com a qualidade dos videos. O que conta é a intenção. A inquisição já passou há uns 200 anos e, graças a Deus (eu sou teísta, sei que você não é) se tem alguma coisa que os homofóbicos nunca chamaram os gays e lésbicas, dentre tantas coisas que chamaram, é de panacas.

 

Gunter, você viu o material para divulgação do "kit contra j=homofobia?". Se visse, ficaria com vergonha. 

 

Enfim, foi feito para não ser aceito. E se aceito tivesse sido, mais problemas teria trazido. 

 

E acho o cúmulo do absurdo o Estado interferir em questões sexuais, território do absolutamente íntimo. Assim como a religião.

 

E devemos fazer esforços sim, por educação às nossas crianças, que sem livros, sem materiais, e acima de tudo, sem professores, não aprendem e não saberão jamais qual é o papel de cada um nesta sociedade. 

 

O casamento homossexual é uma vitória. Uma vitória, porque é demonstração de que o Estado não mais pode interferir nas escolhas sexuais de uma pessoa. E exatamente por isto, o "kit homofobia" é risível. Sobretudo, como foi feito, pois ele incentiva o preconceito. 

 

Estamos todos aprendendo. E também, se você me mostrar coisa melhor, capaz que aceite suas idéias e pense diferente. Porque meu mundo não é pétreo. E acho, o seu também não. 

 

Ai ai ai, lá em cima era só uma brincadeira... rsrsrs

Eu vi sim, Carmen.

http://blogln.ning.com/forum/topics/vamos-ver-os-videos-entao

"Probabilidades" é o mais fraco, não por acaso é o único que os evangélicos divulgam.

"Quem tem medo de quê" é da campanha anti-Aids.

Os demais filmes são bacanas, recomendo ver "Eu não quero voltar sozinho", do MinC

 

Infelizmente não vazou o material da cartilha, que seria o apoio aos professores. Se tem falha é aí, no trabalho de comunicação do MEC. Deixaram fazer sofismas de modo solto.

 

O importante é ressaltar que a tarefa que o MEC se atribuía, e que foi abandonada agora, não era de se imiscuir em questões sexuais, até porque isso é impossível, mas combater o bullying.

 

Outra coisa que o MEC pode(ria) fazer : levantar o que é falado a respeito nas escolas privadas com pedagogia mais moderna. Se pegasse material já sancionado pela classe média poderia ser um atalho na discussão.

Nossa!, Gunter, eu estou tentando "entender"(acreditar), que o termo que a Dilma usou foi meio que de sarcasmo... "opção sexual" (?). Quando ouvi ela falando isso, achei mesmo que ela queria dizer que "o Governo não pode dar opção sexual a ninguém", até porque uma Cartilha não faria isso, ou seja: "Opção não! Realmente isso não poderemos fazer, porque isso é ridículo, ninguém faz por ninguém".  Não posso acreditar que ela não saiba as diferenças. Eu não vejo razões pra não confiar no governo da Dilma. Tenho dito que a aprovação da PL122 seria o primeiro melhor passo, entende? Estou lendo o que o Felipe Bertoni escreveu sobre o comentário de que os vídeos são ruins. Bem, só vi o das meninas que assumiriam a relação diante de todos. Minha filha já havia dito que achou meio baixo astral e eu também não me senti feliz vendo e sentindo a angústia que o vídeo passa. Também achei ruim. Ao contrário do "Eu não quero ir sozinho pra casa"(é isso?), que vai levando quem está assistindo a um sentimento de Dignidade inquestionável! No filme do "Kit" (odeio falar kit), eu senti uma raiva do mundo enorme! Se fosse eu no lugar delas, beijaria minha namorada na frente de todos nem que eu fosse pra cadeia depois! Gunter, a verdade é que eu confio no desfecho que o Governo vai dar. Não é possível!  Ter que administrar a porrada de interesses que vêm de todos os lados, é quase insano. Eu vejo mil defeitos mas também vejo mil qualidades, definitivamente este é o governo que quero... será que virei uma alice? merda... é que também gostei dos meninos mais bonitos do mundo... Me ajude a colocar os pés no chão!  Beijão!

Monica, eu acho que não é nosso trabalho tentar entender "pelo" governo, mas sim é trabalho do governo esclarecer. Foi "malfeito" e até agora não surgiu nenhuma justificativa aceitável. Existem explicações prováveis, uma delas é o governo não saber fazer articulação política.

Ficar em torno da qualidade dos vídeos é "tergiversação". Façam-se outros, com roteiristas da Globo, se preciso for. E o Brasil tem forte tradição em curtas. 

Ocorre que pela Constituição e pelo ECAD o governo deveria ser proativo na eliminação das discriminações e entregando a educação a preceitos fundamentalistas fará o contrário.

Na boa, antigamente se fazia realpolitik com coisas como mesadas, cargos, etc. Agora é com princípios fundamentais. Isso a meu ver é grave.

Para recuperar a confiança no governo é necessário que o mesmo dê razões para isso.

Já passamos pelo Salário Mínimo, Código Florestal, em junho haverá a discussão do fator previdenciário.

Quanto à frase com "propaganda de opção sexual", bom, vai pra coleção de gafes de presidentes.

Gunter, ECAD nao, ECA só... Nao mete o ECAD no meio, que só aumenta a m...
Gunter, vc tem razão e eu estou aguardando o desfecho, que espero acontecer ainda esta semana. A tal frase me deixou paralisada quando ouvi... por isso tento "entender", afinal, a Dilma fica desconcertada em algumas situações, mas não é por sacanagem. Acho que ela se perde mesmo.  Eu disse no final do texto que gostei dos meninos mais bonitos do mundo me referindo ao vídeo "Oração..." e lendo isso agora vi que não ficou claro.  Gunter, e se não rolar nenhuma iniciativa do governo em tempo hábil?
Acho que ainda há diferença (muita até) entre a situaçao daqui e a da Espanha. Mas se Dilma continuar desse jeito... A gente fica sem alternativa, se correr o bicho pega, se ficar o bicho come.

Dilma: papai tem namorado

A declaração da presidenta Dilma dizendo que o governo não vai permitir a homofobia, mas não vai fazer propaganda do homossexualismo é o mesmo que dizer que defende a reforma agrária, mas que não vai distribuir terras.
Não vi o Kit Anti-Homofobia e por isso não vou fazer julgamento da qualidade do material. Pode ser que ele seja ruim. Mas a questão é que o conservadorismo vai tratar todo debate a respeito do respeito ao direito dos homossexuais como propaganda “da safadeza”.
Infelizmente a esquerda ainda anda de ceroulas no Brasil nas questões de costumes e direitos individuais.  É quase tão conservadora quanto à direita. Vide o silêncio de partidos como PT, PCdoB e PSB neste debate. 
Recebi do leitor Sergio Viula um vídeo traduzido por ele e onde aproveita para apresentar o seu livro.
Vale à pena dar uma olhada.
Tenho amigos gays que viveram casamentos heterossexuais e só depois de ter filhos é que conseguiram se assumir como homossexuais. 
Fico me perguntando, seus filhos não têm o direito de ser educados assistindo vídeos como este? Os amiguinhos dos seus filhos não devem saber que a relação afetiva e o amor não são exclusividade dos heterossexuais? Não se deve construir um discurso da relação homossexual que escape dessa estúpida construção fundamentalista religiosa que torna safadeza a homossexualidade?
Assista o vídeo. É simples, mas bonito.  Será que este a presidenta permitiria nas escolas?

RSS

Publicidade

© 2022   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço