Numa tarde de quinta-feira do mês de abril, no Sesc Consolação, na rua Dr. Vila Nova, em pleno coração da Vila Buarque - local onde se concentravam as boates chiques e outros endereço noturnos onde reinava a boa música brasileira nos anos 50/60-, assisti uma apresentação que, por incrível que pareça, conseguiu me remeter aquela época, sem que eu tenha passado “ao vivo” por ela...

 

O show Divas, uma homenagem a três deusas das noites paulistas e cariocas: Dolores Duran, Eliseth Cardoso e Maysa.  Quem cantou foi Margareth Reali e Banda, eu não conhecia a cantora, mas posso afirmar é uma das vozes mais bonitas que ouvi atualmente.

 

Ela entrou um pouco tímida no palco, mas assim que soltou a voz... que maravilha!

 

Dona de uma voz bonita, melodiosa e macia, que lembra aquele ambiente intimista das boates da época! Se é possível uma descrição da cantora: lembra os trejeitos de Maysa, o físico de Dolores e a doçura de Eliseth. Inclusive o vestido e o penteado de Margareth estavam bem ao estilo anos 1960.

 

Tenho a impressão que a Margareth Reali é aquela artista que agrada a primeira audição qualquer ouvinte. Ela cantou um repertório romântico: Por causa de você, A noite do meu bem, Derradeira primavera, Ouça, Demais, Meu mundo caiu, Praias desertas, Nosso momentos, Dindi e Franqueza, quando ela comentou que é uma composição de seu conterrâneo, o campineiro Denis Brean.

 

Foi lindo... fiquei muito emocionada, a música nos proporciona viagens lúdicas incríveis:  foi como tudo aquilo me puxasse de volta no tempo e um mergulho in loco, só que em décadas passadas. Digo, porque eu sou pesquisadora musical e já consultei muitos jornais dessa época, como por exemplo, o Correio Paulistano onde escrevia o grande cronista de rádio, TV e boates, Egas Muniz.

 

Margareth parece gostar muito do repertório de Maysa, ao qual deu mais ênfase e cantou mais músicas. Ela também falou que começou a cantar na década de 1990 e que já participou de dois programas Ensaio, da TV Cultura, dirigido por Fernando Faro.

 

É em momentos assim, descobrindo e ouvindo novos talentos, que se pode crer que a verdadeira música brasileira tem um porto seguro: são cantores que não desistem pelo caminho e não abrem mão da qualidade, não aceitam a imposição de gostos duvidosos que abrem passagens para o sucesso.

Exibições: 132

Responder esta

Respostas a este tópico

RSS

Publicidade

© 2022   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço