engraçado as pessoas colocarem a culpa toda no Governo Federal, se esquecendo de que também tem os governos estaduais e municipais que gerem tais recursos, se existem culpados nessa historia chama-se governadores e prefeitos, que também não sabem gerir tais recursos. Dizer que o Programa Mais Médico é inconstitucional, beleza, porque então não vão trabalhar no interior?

Ficam inchando as capitais ou ainda fugindo para outras áreas para não ter que trabalhar no interior é no mínimo falta de ética não? Olha só, esse programa é bom, vai dar certo, quanto aos médicos de fora, já que os formando daqui não querem, tragam os de fora que tem muitos querendo, me desculpe, mas é a realidade, quem não se lembra das inflações exorbitantes que já teve no Brasil? Inclusive no Governo FHC.

Se as Santas Casas e Hospitais estão do jeito que estão não é culpa do Governo Federal não, o governo federal manda os recursos, agora cabe aos gestores das Santas Casas e aos Executivos dos Estados juntamente com os Executivos Municipais de administrarem tais recursos. Tudo que acontece no Brasil é culpa da Presidenta? Claro que não, todos têm parcela de culpa nessa historia.

Exibições: 611

Responder esta

Respostas a este tópico

Virou praxe debitar todas mazelas ao Governo Federal, quando na realidade os gestores estaduais e municipais são os grandes responsáveis pelo desvio de verbas, o problema está nos maus gestores, lá na posta das ações.

A classe médica não contribui efetivamente para que a gestão dos recursos sejam de fato positivas.

 O governo petista,que completou mais de 10 anos no poder,é colaboracionista da política tucana,com FHC,continuou implementando privatizações,continuou a retirar do orçamento da união  mais de 50% para pagamento dos jros da dívida pública,enquanto apenas 3% do orçamento são destinados à educação.O BNDES forneceu mais de 165 milhões em linha de crédito à iniciativa privada,só para o capitalista amigo do Lula,Eike Batista,foram destinados 10,5 milhões a falida EBX.

 O Programa Mais Médicos,além de falaciosa,é uma tentativa desesperadora de Dilma na tentativa de recuperar o prestígio depois das manifestações ainda em curso.E a obrigatoriedade civil em impor mais 2 anos aos médicos de serviço ao SUS,sem nenhum trabalho de conscientização a categoria,é ainda menos crível de se concretizar.

 Se prefeitos e governadores são os culpados,é mister lembrar que muitos deles são do PT e de seus aliados,como o Sérgio Cabral , Eduardo Paes e Agnello Queiróz,entre outros.

 Só para relaxar:enquanto Cabral 1,quando invadiu o Brasil em 1500,tinha três caravelas,Santa Maria,Pinta e Nina,Cabral 2,governador do RJ,tem sete helicópteros a disposição para suas viagens de turismo e lazer.

Queria comentar algo aqui, mas fiquei constrangido, por eu não ter conhecimentos suficientes. Eu até pensava que as três famosas caravelas Santa Maria, Pinta e Nina eram do Colombo, o tal que não se agachava para botar ovos. Fiquei sabendo agora, que eram do tal portuga que até já foi nota de mil cruzeiros.

kakakakakkakaka, também fiquei surpreso. E assim o país vai sendo mudado..."nunca antes na istoria deste paiz"

Falou...

O fato do programa oferecer atendimento médico para pessoas do interior e das periferias para você é mero detalhe, né? Para um direitista como você, populaçao pobre tem mais que morrer mesmo. 

Anarquista,

Para com demagogia. Em você não se esgota a mania de ser pequena, de ser prosaica e minima. Quando não se conhece o que se diz e fica tecendo loas, é muito fácil opinar e dizer bobagens. Comece a frequentar presídios, hospitais, pronto de socorro e pronto atendimento, que vai ver o médico ver se esvair o último sopro de vida nas pessoas, de mão atadas sem poder fazer nada, ver morrer pessoas simples que por falta de um remédio ou de um local adequado poderia ser salvo. Essa conversa fiada de trazer médicos para atender a população pobre é pura balela, é pura firula eleitoreira, típica de quem não sabe o que fazer diante dos problemas que requerem ação, meios e gestão. 

O que ora acontece no país é uma vergonha. Ver governantes tentando arranjar formas de não perder o poder, enquanto o povo sofre por falta de ação que deviam ser atendida pelos governantes de plantão. É maior ainda o cinismo de tentar empurrar goela a baixo, estrangeiros que não conhece a realidade, a língua, e sem certeza que realmente tenham habilidade para cuidar do atendimento de pessoas, que aí sim morrerão mais depressa, mais seus familiares terão o dissabor de ouviram: mas tinha médico e a pessoa foi atendida. 

E, vamos falar sério, se formos contabilizar: primeiro no Brasil não existe nem oposição e nem direita, segundo o que se diz esquerda e progressista no mundo já matou mais pessoas que todas as guerras de que se tem conhecimento. E, tudo em nome do bem estar das pessoas pobres. Ora, faça me um favor, ACORDA E PARA DE FALAR ASNEIRA.

Falou...

Blá, blá, blá, blá, blá. Me poupe das SUAS asneiras. Nao vou perder meu tempo discutindo com você. 

Como se fosse possível descutir contigo.

Falou...

 Caro Cristóvam, eu queria que você contabilizasse quantas pessoas morreram vitimizadas pela esquerda,por favor ?Agora,meu caro, quantas pessoas,em sua maioria pobres,morreram em duas grandes guerras mundiais intercapitalistas ? Quantas pessoas morreram desde a implementação do sistema capitalista  e sua cruel exclusão? Você sabe que o continente africano morrem milhares de fome,enquanto os seus governantes e a classe dominante vivem nababescamente ?

 A ex. URSS,com todas as mazelas do stalinismo,que ganhou a disputa com Trótsky,em 1930,não chegou nem a 0,5% dos mortos durante os expurgos diante dos números intermitentes de vítimas causadas pelo sistema capitalista,que agora agoniza desde a crise de 2008.

Marcos, Não vou fazer lhe mostrar estatisticas, isso é muito fácil, tem um livro: O LIVRO NEGRO DO CUMUNISMO, está a disposição na inter

Rinaldo,

A coisa é muito mais séria do que cada um de nós pode imaginar. Lembro-me que a uns trinta anos atrás, ainda no século passado - precisei fazer uma consulta médica e utilizei os serviços do antigo INPS. Cheguei a 7 hs no posto de atendimento, peguei uma requisição, fui atendido +- as 8 e 30 hs, fiz os exames e recebi os resultados no mesmo dia - Raio_X e tipo sanguíneo - fiz mais dois exames no outro dia - Hemograma e de urina - e cinco dias depois estava com retorno ao médico e recebendo o diagnostico.

Para se fazer a mesma coisa hoje demora no mínimo 2 meses. Existe muitos e muitos casos de pessoas que ficam na fila das 22 hs de um dia e no outro dia não consegue pegar a requisição para ser atendida e, quando consegue, na maioria das vezes leva de 2 a 6 meses para ser atendida por um médico.

ERROS NO MEU ENTENDER:

1 - Definição do objetivo - dispositivo constitucional;

2 - Gestão centralizada dos recursos

3 - Má distribuição espacial dos meios

4 - Formação inadequada dos profissionais de saúde;

5 - Excesso de injunção partidária nas administrações;

6 - O uso político dos recursos, dirigidos com intuitos eleitoreiros;

7 - Falta de projeto de governo ao invés de projeto de poder;

8 - Visão e planos de curto prazo e sem estratégia holística e

9 - Definição de que país queremos, pra onde queremos seguir....

Assim, o que aponta a presidente, é simplesmente: enxugar gelo com panos quentes. E, pelo modelo atual em andamento, a culpa é realmente da federação, mas principalmente do poder central.

Não falta médicos, mas sim, gestão e meios. Claro, considerando o acima exposto.

Falou... 

Falou o Cristovam, um conhecido especialista no assunto... Deixa de ser ridículo, cara. Claro que faltam médicos, e os que há nao querem ir para onde sao necessários. 

RSS

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço