EU TENHO ORGULHO. Assim gritado nos moldes da Internet.

EU TENHO ORGULHO. Assim gritado nos moldes da Internet.

Dicionário Houaiss.

n substantivo masculino

1     sentimento de prazer, de grande satisfação sobre algo que é visto como alto, honrável, creditável de valor e honra; dignidade pessoal, altivez

Ex.: Camões invoca as musas imbuído de sereno o., com o “saber da experiência feito“

1.1  atitude moral ou psíquica que afasta o indivíduo de práticas desonestas ou desonrosas

Ex.: ao final, o poeta implora “No mais, musa, no mais“, seu o. quase impedindo-o de narrar feitos indignos de um lusíada

2     Uso: pejorativo.

sentimento egoísta, admiração pelo próprio mérito, excesso de amor-próprio; arrogância, soberba, imodéstia

Ex.: alimentava-se de um o. ostensivo por ter suplantado o mestre

2.1  atitude prepotente ou de desprezo com relação aos outros; vaidade, insolência

Ex.: aquele o. é típico de jovens inexperientes

3     Derivação: por metonímia.

aquilo ou aquele de que(m) se tem orgulho

Ex.: este cantinho é o seu o.

Orgulho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

 Nota: Para outros significados, veja Orgulho (desambiguação).

Orgulho é um sentimento de satisfação pela capacidade ou realização ou um sentimento elevado de dignidade pessoal. Em Português a palavra Orgulho pode ser vista tanto como uma atitude positiva como negativa dependendo das circunstâncias. Assim, o termo "pode" ser empregado de maneira errada tanto como sinônimo de soberba e arrogância quanto para indicar dignidade ou brio.

Algumas pessoas consideram que o orgulho para com os próprios feitos é um ato de justiça para consigo mesmo. Ele deve existir, como forma de elogiar a si próprio, dando forças para evoluir e conseguir uma evolução individual, rumo a um projeto de vida mais amplo e melhor. O orgulho em excesso pode se transformar em vaidade, ostentação, soberba, sendo visto apenas então como uma emoção negativa: a Arrogância.

Outras pessoas classificam o orgulho como exagerado quando se torna um tipo de satisfação incondicional ou quando os próprios valores são superestimados, acreditando ser melhor ou mais importante do que os outros. Isso se aplica tanto a si próprio quanto ao próximo, embora socialmente uma pessoa que tenha orgulho pelos outros é geralmente vista no sentido da realização e é associada como uma atitude altruísta, enquanto o orgulho por si mesmo costuma ser associado ao sentimento de capacidade e egoísmo.

 -----------------------------------

Eu sou muito orgulhoso.

Dias destes houve um movimento no face em que colocavam que não deveríamos ter orgulho pois era ruim. Faz parte de movimentos que tratam de deixar você mais atrelado ao complexo de vira-latas que eu chamo complexo de guaipeca(gauches= cão sem raça definido, até sarnento) . Ou seja quem nasceu guaipeca nunca chegará a ser um pedigri. E  aí veio um nordestino porreta faminto, apedeuta, que nos mostrou que mesmo guaipecas podemos ter orgulho.

Sou daqueles guaipecas encaniçados em roer ossos difíceis e fui aos amansa-burros.

 Orgulho nada tem de ruim.

Orgulho sadio que nos faz bem.

Orgulho que nos faz crescer.

 Orgulho de ver um trabalho nosso bem feito. 

Orgulho de nossa capacidade de empreender. 

Orgulho da nossa capacidade de ultrapassar outros países em índices, esportes, conquistas, beleza, inteligência e o que mais quiser medir.

Orgulho de não estar em crise, mesmo que tentem nos incutir.

Orgulho de estar com emprego quase pleno enquanto o mundo todo está tentando sair de problemas muito maiores.

Orgulho de estar superando crises quando o mundo desenvolvido está matando seus habitantes por amor ao dinheiro/capital.

Orgulho de ver problemas antigos, que nunca foram realmente atacados, serem resolvidos.

Orgulho de ter conquistado o direito de ter uma Copa das Confederações, uma  Copa do Mundo e uma Olimpíada, com todos os custos e, reciprocamente, todos os benefícios que elas trazem.

Orgulho de ter um governo que pensa como eu. Um governo que se eu tivesse tido em minha infância, ela seria menos dolorida.

Orgulho de poder enxergar que posso ter orgulho sim, pois estamos fazendo tudo o que podemos fazer e do melhor jeito mesmo contra a vontade de alguns.

Orgulho meus amigos, de nessa vida, ser Brasileiro e ver essas conquistas todas serem materializadas depois de anos sendo prometidas...

Exibições: 299

Responder esta

Respostas a este tópico

Bravos, Joel, por fazer esse pronunciamento num momento em que o PT está virando Geni, na boca inclusive de petistas, e a falta de honestidade está levando pessoas inclusive a responsabilizar Haddad pelos excessos da política de Alckmim, e este é poupado. Sou muito crítica ao governo, em vários momentos, mas o que está ocorrendo agora é um jogo orquestrado, e perigoso. 

É minha amiga em outro post comentei que em 1964 também pediam coisinhas lindas: Deus, Família e Liberdade. Ganharam. Ficaram só com Deus, sem família e sem liberdade... Um abraço e é sempre bom retornar à casa...

Caro Joel

Também me orgulho de muitos itens acima descritos, porem creio que governar deva ser eleger prioridades, pois não dá para fazer tudo para todos, assim deve-se escolher as ações mais necessárias, que contemple os mais necessitados.

Posto isso, não concordo contigo quanto ao orgulho de copas e copinhas, não traz resultados positivos em nada, veja por exemplo as exigências da Fifa, aeroportos, meios de transportes para os estádios, sem contar os estádios, mais de 7 bilhões gastos somente com estádios, pergunto, onde estão os turistas?

Europa numa crise louca, americanos não dá nem bola pra futebol ou "soccer", asiáticos não sabem nem o que significa futebol, onde está nossa vantagem ?

Não concorda que seria muito mais significativo esses 7 bilhões na educação ou saúde que andam capengas, exigindo não somente recursos mas gerenciamentos desses?

ótimo domigo

abraços

Vi somente agora teu posicionamento. Tive um ótimo domingo num lugar aprazível de uma pessoa que planta soja e rindo, apesar de ser um riso torto pelo avc, da colheita que não se concretizará outra tão cedo de tão boa... ele disse isso por que não sabe/viu/ouviu sbre o aporte de dinheiro que tanto o Governo Federal quanto o estadual estão fazendo para a próxima safra. As coisas não pararam por termos esses eventos. Todos os setores estão no orçamento e este está sendo cumprido - até onde sei. Posso te adiantar que andei verificando os valores na página do Senado e os percentuais de aumento. Não são poucos valores e em percentual de aumento. Gosto também de fazer comparativos. Em todos nossa situação permite de maneira equilibrada ter sim esses investimentos. Para completar, veja abaixo um escritinho meu sobre o assunto postado no face:

Ouvindo, lendo, pesquisando sobre os dinheiros da copa e o seu não uso em: Educação, Saúde, Infra estrutura me dou conta que o pessoal acha que os problemas nestes setores, começaram em 2002. A evolução da Educação, abrindo frentes para a inclusão de milhares que anualmente ficavam de fora das universidades, via aumento enorme de vagas e de universidades, o aumento expressivo de escolas que têm turno integral ( bandeira de vários partidos) e que só não é maior por que os prefeitos precisam desencadear o processo, as condições em que eu ia à escola e hoje vendo os ônibus que levam os estudantes e que eu sonhava em ter igual quando via os filmes de Holiwood, as ajudas que provêm aos pequenos que possam ir bem vestidos para a escola e não com calção de saco de açúcar ou farinha que eu ia, curtinho que não protegia do frio. Na Saúde, Bilhões que são gastos com remédios de todos os tipos e que dia a dia se incorporam mais e mais ( os mais caros que mesmo sendo oriundo do sistema privado de saúde, recebe), as poucas mortes (transformadas pela mídia em catástrofes) frente a imensa demanda (usuáriosXperdas), fabricação no Brasil de insulina humana que até agora era só importada, tecnologias de ponta a disposição dos usuários do SUS e que muitas vezes não são oferecidas pelos planos de Saúde e quem cobre é o SUS. Os esforços que estão sendo feito para melhorar a infraestrutura com bilhões sendo gastos.
Eu tenho sim um olhar diferenciado sobre esses assuntos. Vejo que os poucos bilhões gastos na copa, não se comparam com os bilhões oferecidos nestas áreas e são finitos. Já os gastos continuarão ad eternum ou até que um outro governo neo-liberal quebre tudo e transforme o desenvolvimento em quebradeira como estamos vendo na Europa e na América do Norte. Há brigas que valem a pena, outras são apenas bate boca...

Um outro para contrapor em números o que questionaste...

http://epocanegocios.globo.com/Revista/Common/0,,ERT149593-16357,00...

Joel,

Se a Dilma ganhar as eleições de 2014 vai ser o fim do PT, pena que não foi ela que inventou esta moda, mas estava junto. Agora! ah! agora se for outro que ganhar tenho pena do bicho, vai sofrer igual subaco de aleijado.

 

Falou...

Tenho pena, se acontecer o que previste, não do cara, mas de nós... aí vamos para as ruas por, emprego, comida, habitação, saúde (aí sim vamos ver o caos), coisa que até agora viramos a página... É o que vejo

RSS

Publicidade

© 2021   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço