Hoje (11/5) é um dia muito importante para nós do Portal. É o aniversário de Marise! Cafu descobriu, contou para alguns amigos, e como todo mundo adora Marise, logo se criou a idéia de um tópico-festa: virmos todos comemorar juntos o aniversário dela.

Fiquei encarregada de abrir o tópico. Uma senhora responsa, chegou a me dar medo, será que eu conseguiria fazer um texto legal o suficiente, à altura do que Marise merece? Mas depois relaxei e pensei: o tópico é uma festa coletiva. Meu papel é só o de abrir o tópico, para que cada um acrescente o que achar melhor.

O caráter coletivo dessa homenagem está bem expresso nesse comentário de Cafu, com um lindo poema de Leminski sobre a amizade:

 

 

meu amigos
quando me dão a mão
sempre deixam
outra coisa

presença
olhar
lembrançacalor

meus amigos
quando me dão
deixam na minha
a sua mão

Paulo Leminski
Caprichos e Relaxos - Ed. Brasiliense

 

Fora isso, só me resta dizer: FELIZ ANIVERSÁRIO, MARISE! TUDO DE BOM PARA VOCÊ NO PRÓXIMO ANO DE VIDA

E vamos todos comer bolo!

 

 

 

 

 

Exibições: 2578

Responder esta

Respostas a este tópico

Eu garanto o pão de alho!
Faço uma pasta com manteiga, azeite, bastante alho picado (pode processar em pedacinhos) e um pouquinho de orégano. Daí, é só besuntar as duas partes do pãozinho com essa pastinha, ou no caso do filão (ou bisnagão) cortar as fatias sem separá-las do fundo e passar entre elas e depois vará-las com um espeto, e botar na churrasqueira até dourar. A manteiga também pode ser substituída por margarina ou maionese, fica bom de qualquer jeito, mas eu prefiro manteiga com sal.

E eu tambem trago o Matambre que não pode faltar em churrasco de gaúcho, kkkkkkk. Quero um pedaço Marise.

OOOPS, e eu nem pareço eu, kkkkkkk!!!
Marise trago o chopp se estiver fazendo calor e vinho se estiver frio. Mas vale beber o que quiser, quem quiser e mais o que der na telha, com frio ou calor, kkkkkkkkk.

RÉPIBERTIDEI TUIUL MARISE tchin tchin...

Sergio o pão de alho é exatamente como faço. Vinho é melhor,porque com o frio e a chuva que está aqui não dá para tomar nada gelado. A mocinha aí não sabe nada de gaucho.Nem sabe que matambre é de vaca.kakakak e este matambre está para lá de apetitoso.
Sergio faltou o principal: a caipirinha. Já vou fazer.
Ôba ! Enquanto a Marise celebra com a família numa pizzaria a gente ataca os comes e bebes.
Valeu, Serjão. A cara está ótima o gosto também. Nunca comi Matambre. É com carne de boi? Já experimentei uma coisa parecida mas feita com frango.
Beijos.
Cafuzinha, como sempre atendo prontamente qualquer carência sua que eu possa preencher, pois isso é pouco diante do que aprendo contigo. Aqui vai uma dentre muitas receitas que existem. Beijão!

Matambre na brasa

INGREDIENTES:
matambre ( carne da parte de cima da costela do boi )
02 cenoras médias
100 grs. bacon picado
1/2 kl. linguiça fresca
04 dentes de alho picados
01 cebola cortada em rodelas finas
cheiro verde picado á gosto
orégano á gosto
02 colheres de manteiga
sal refinado p/ forno, sal grosso p/ churrasco

MODO DE FAZER:
Tempere o matambre com alho, sal, cheiro verde e orégano, deixe
por uma hora na geladeira para o tempero penetrar.
Em um papel aluminio abra a carne. coloque por cima as
cenouras ( se prefirir corte-as em palitos ) o bacon
picado a linguiça sem a pele e a cebola em rodelas
espalhando dodos os ingredientes .
Enrole o matambre formando um rocambóle, com uma
colher espalhe a manteiga por cima, com o papel
aluminio de 3 ou 4 voltas sobre a carne, leve ao forno
ou na brasa por duas horas retire o papel aluminio o
deixe dourar depois de pronto corte em rodelas.
E BOM APETITE!
Dicas, pedir para o açougueiro de confiança retirar o
matambre mais fino da costela poque são as mais
saborosas.

Aqui o matambre em propaganda de um lugar que pretendo ir, já fatiado pronto para servir.
Hahaha. Bem frugal. Quero uma fatia desse aí.
Esqueceu que a mamãezinha aqui é ruim de cozinha? Essa receita é muito complicada para os meus parcos dotes culinários. Mas experimentei e achei uma delícia.
Beijos.
Também quero te auxiliar, Cafú, vc sabe que gosto muito de você e a solidariedade é minha marca (depois da modéstia, claro).
Baseado em profundas pesquisas lingísticas, semiológicas e astrofísicas, concluí que "matambre" é uma contração do espanhol "matar el hambre" (matar a fome, no português que os tucanos odeiam, por ser muito caipira...).
Assim, se você falar bem rápido, e com os adequados movimentos linguais, vai soar "matambre". Cafú pode, portanto, chamar de matambre tudo que lhe apetecer, carne de boi, de vaca, de peixe, ou até mesmo um risoto de frango ou uma feijoada.
Melhor que isso não deu, Cafú....rsrsrsrs
...linguísticas, sorry....


Então vou matar a fome aqui que muito me apetece. Nahm nham nham.
Não Cafu. Matambre é carne de peixe.kakakaka Precisas vir me fazer uma vizitinha para aprender a comer comida gaucha.
Só o Sergio para dar uma receita boa

RSS

Publicidade

© 2022   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço