Vocês não sentem um pouco de falta de papo furado? (Embora interação social não seja algo "furado"...)

Eu sinto. Mas nas últimas semanas, apesar de vários aniversários, tudo tem parecido tão sério...

Há alguns meses havia uns tópicos bem divertidos, próprios pra falar bobagem... Tudo já foi parar na undécima página. Cadê aquele tópico pra trocar receitas?!?

Ou tem algo rolando e eu não tô conseguindo achar?

Facebook é legal mas não tem (acho) o mesmo clima de boteco... As listas "boa semana" são ótimas, além da gentileza e alto-astral presentes, mas fica tudo um pouco disperso...

E nem precisamos falar de música sertaneja, eu (por exemplo) poderia contar de uma exposição ótima que fui ver, de uma entrevista com Emicida...

Oh céus, oh vida! ;)

Exibições: 5196

Anexos

Responder esta

Respostas a este tópico

É bom sim, como tudo do L F Veríssimo.

Mas eu garanto que nunca me preocupei com isso de "caro demais"...

não é mesmo lindo o texto Analu , Gunter. Imagina  se a maioria dos homens pensassem assim.

 

Mas ele é um homem elegante, pensa conforme comporta-e, sente a mulher conforme sente a vida.

Esta maneira dele pensar a mulher tem um mistura referencial a valor a cultura, ao amor próprio ao equilíbrio pessoal. Penso que também as mulheres precisam se acercar do que isso significa pra elas.   sendo assim nada sai caro.

Se a maioria dos homens pensassem assim, seriam eles mesmos mais felizes...

 

Seríamos todos Analu 

Vc que lê muito psicanalise "psicologia"  lembra do poder da mãe?

parte do que o menino é depende da forma que ele foi criado pela mãe.

 

ai  a gente vai lá pra aquela ladainha, "cultura e a sociedade"

que  deixa de ser "jogar conversa fora"

 

fui.....

Vale para o menino tb...

Talvez uma forma menos paternalista de ver a mulher. Mas aí nao seria poético. Nao dá para exigir demais de um homem, Val...

Ah, nao é "poesia", é um certo tom.

deve até faltar sim querida amiga , hehe

eu juro que não pensei  nada além do que as traçadas linhas de um  homem demonstra

gostar da sua mulher e aconselha os demais

Vou prestar mais atenção, porque eu assumo minha negligência em olhar por trás das cortinas quando a primeira vista a visão me agrada.

 

amanhã a gente comenta/ beijo meu 

 

Eu achei que o cerne é a questão "ao lado" vs "atrás". Isso é o importante, o demais gira em torno.

Muito bem Valquiria, falaste bem

mas eu sinceramente não vi desta forma porque não esperava que o Veríssimo em um único texto colocasse a mulher em sua exatidão. Pensei que a receita pode ser divida em cardápio diversos.

Reconhecer algum comportamento mais afetivo e mais flexível do homem já me passa muita simpatia e concordo com a Marli 

"as mulheres lutam muito mais pela relação", e ele o autor afirma reconhece  "a mulher é que o mantem"

 

Tem uma coisa também que gera a essência  do texto; é o pensamento ou assunto que afeta  o momento de quem escreve. Como a gente não sabe o que propôs aquilo que  imediatamente  resultou o texto, a gente tema impressão que ficou faltante, meio água com açúcar.

Agora Valquíria a essência do seu comentário dá canja pra gente falar muito  mais, com certeza assunto seria menos enfadonho. Euzinha não sinto falta de um homem me dando flores todo dia, mas de ser rodeada por uma vida apimentada de flores ,revigorada. A delicadeza fica nas entrelinhas e por conta espontaneidade e do direito, não do  dever.  

Olá Gunter! Boa tarde. Eu concordo com você. Nós estamos esquecendo de curtir as coisas boas da vida, vivemos engolfados nas preocupações, nos negócios, que esquecemos de rir, de dar uma boa gargalhada de vez em quando, até quando estamos em alguma festinha, estamos ali sérios, pensando no assunto que temos de resolver amanhã, e ...será que vai haver o amanhã? Quem garante? Precisamos urgente nos reciclar, e viver o agora, o momento, porque a única certeza que temos é do agora, porque o passado, já passou, e futuro ninguém sabe se vai vir. Mas o presente está aqui, no agora, e temos vivido esquecidos disto. Tô contigo, tanto que estou curtindo escrever isto aqui, para uma pessoa que sequer conheço, mas que tem consciência de algo que considero muito importante em nossas vidas; viver o agora, o presente. VAMOS SER FELIZES GENTE! VAMOS AMAR NOSSOS FILHOS, BRINCAR COM ELES QUANDO CHEGAMOS EM CASA, ABRAÇAR NOSSOS MARIDOS E ESPOSAS, DIZER EU TE AMO, PERDOAR AS MÁGOAS, ISSO AGORA, PORQUE QUEM GARANTE QUE HAVERÁ AMANHÃ? É interessante que as vezes estamos muito preocupados com determinado assunto a ponto de não dormir, e quando largamos de mão, redirecionamos nossos pensamentos em outro ponto, do nada, surge a solução. Então não adianta andar sério, preocupado, porque isto gera doença e morte.

RSS

Publicidade

© 2022   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço