Foi aprovado em uma reunião de duas comissões, uma do MEC e outra contra a homofobia, a distribuição de um kit nas escolas públicas contra a homofobia.
Até aí tudo certo, não fosse o kit ter 2 dvds que mostram um menino se apaixonando pelo outro no banheiro e depois assumindo sua homossexualidade e querendo ser chamado de Bianca e no outro, duas meninas de 13 anos se beijando...
Isso para CRIANÇAS DE 7 ANOS EM DIANTE!!!!!!!!!!!!!


Não sou homofóbico, mas a escolha sexual tem de ser na adolescência, este tipo de campanha tbm.
Mostrar tal tipo de histórias para crianças é altamente inapropriado...
Acredito que Bolssonaroo tenha total razão, algo tem de ser feito.
Homossexuais, nada contra, mas, crianças?

https://www.youtube.com/watch?v=ONfPCxKdGT4

Exibições: 3498

Responder esta

Respostas a este tópico

Ricardo, como o próprio nome indica, Bianca é transexual que reivindica ser chamado por Bianca e ser tratado no feminino, isto não faz parte do universo gay que, por sua vez, gostam de ser tratados como homem. Onde vc viu que há esta coisa de garotos se apaixonando por garotos dentro do banheiro? Inclusive transexuais como Bianca lutam pelo direito de usar o banheiro feminino. No vídeo que vc tia não consta esta coisa de banheiro. Aonde vc viu isso?

"Este Vídeo faz parte do Kit Escola Sem Homofobia, Kit este que está sendo motivo de discussões em todo o país, e atacado veemente por deputados fundamentalistas que se colocam contra a possibilidade de distribuição deste material pelo MEC, para seis mil escolas de todo o pais inicialmente. O vídeo que conta a história da Travesti Bianca, revela como a mesma descobriu sua identidade sexual, e busca o respeito à sua condição de travesti na escola, perpassando por discussões sobre nome social, uso do banheiro feminino dentre outras. Texto do gay1.com.br" (Youtube)

Sempre dei aulas para gays, homens e mulheres.As mulheres qdo formava fanfarras elas queriam tocar os surdos , ou instrumentos masculinos, o que as vezes havia disputas entre os homens, mas era tudo muito natural e sossegado, eles se aceitavam, sem auês e discriminação, eram tratados entre eles com respeito, não havia essa escandalização que hoje falam falam.Tive alunas travestis, que eram excelente alunas, nunca tive problemas com meus alunos homos, nem seus colegas.perdi alunos com AIDS, na época que não existia remedios, e nem por isso a escola ficava revolta por saber das mortes e condições sexuais.Acho que hoje a mídia que escandaliza e não a escola, e convivi com eles por mais de 25 anos, ainda lembro dos que estão casados dos que morreram, tenho saudades deles eram excelentes seres humanos.

 


Afinal, onde está a íntegra dos DVDs ?

Não seria aconselhável primeiro divulgar aos pais e depois, se for o caso, divulgar às crianças?

Por que o material não é apresentado?

Depois que for distribuido não adianta discutir mais nada...

 

 

 

 

Alguém sabe dizer se esta imagem faz parte do tal kit?

Com certeza. Essa imagem faz parte do kit dos homofóbicos que temem que seus filhos discutam a homossexualidade de uma maneira que seus pais nunca tiveram CORAGEM de debater.

É o mesmo pessoal que ainda tem horror em ver negros na universidade e pobres comprando carro zero.

O pior é que todos se dizem liberais e "sem preconceitos". Mas são incapazes de encarar uma discussão.

Em tempo, como aconteceu com a discussão do aborto, há religiosos e parlamentares que estão "fabricando kits" e atribuindo ao governo para justificar sua indignação. Assim eles não precisam debater a questão principal: a homofobia em si, e podem ficar na superficialidade de coisas que nunca estiveram na proposta do MEC.

Por exemplo, essa invenção de que o projeto contra homofobia ocorrerá nos anos iniciais do ensino fundamental (crianças de 6 anos), quando na verdade ele é para o ensino médio (adolescentes acima de 15 anos).

“Com certeza. Essa imagem faz parte do kit dos homofóbicos que temem que seus filhos discutam a homossexualidade”

 

Bem, amigo, eu acho que está havendo alguma confusão, pois a imagem está sendo usada em sites a favor da distribuição desse kit.


Veja:

http://diversidade-uberaba.blogspot.com/2011/05/o-kit-anti-homofobi...

 

http://eusoucuriososp.blogspot.com/2011/05/material-contra-preconce...

 

Se eu não estiver enganado essa é a imagem que vai aparecer na capa da tal cartilha.

Acho que essa sua afirmação categórica foi precipitada.

A imagem chocou até você que é a favor!  Que coisa!

 

 

 

 

 

Você está se enganando ao mostrar um material que ainda não existe.

O kit ainda está em elaboração e é direcionado aos professores para conduzir a discussão com os alunos. Os vídeos são exibidos, mas não necessariametne algum material será entregue diretamente aos alunos.

O objetivo do kit é o debate, não a doutrinação. Por isso o debate sobre o preconceito é que é valorizado.

A imagem não tem nada a ver com a proposta nem com a idade a que se destina o kit (acima dos 15 anos). A título de exemplo, um kit de educação sexual (que já existe) não tem na capa dois jovens transando.

Tarkus, você cata coisas pela internet e assume que é parte do kit. Depois o MEC não inclui (porque nunca fez parte) e vocês vão dizer que o MEC recuou.

Nem os (bons) vídeos divulgados parecem ser exatemente parte do kit. Não possuem chancela do ministério e nem do governo federal, apesar de terem sido pago por eles. Hadad disse aos parlametares que estes não são os vídeos do kit, pois ainda estão em avaliação.

Ainda sobre a foto. As crianças que se beijam estão evidentemente brincando, simulando uma relação de afetuo mútuo. Mas é uma relação assexuada comum à idade (Freud explica). O que me choca não é o beijo de duas crianças de menos de 10 anos, mas o uso deturpado feito da imagem, na medida para chocar homofóbicos.

De fato, como você disse, a foto com slogan é usada em muitos sites GLBTs e deve ter sido feita por um simpatizante do movimento. Uma pena.

É o tipo de argumento que não ajuda e só desvia a discussão de seu objetivo.

“Você está se enganando ao mostrar um material que ainda não existe.”

 

Como não existe, meu caro? O material  está exposto em sites que defendem a distribução do kit anti-homofobia!

Se é o material que o MEC pretende distribuir eu não sei. O fato é que esta imagem está em sites de apologia ao homossexualismo.

Quem está mostrando (produzindo e divulgando) essa imagem NAÕ sou eu não! São os sites apologistas do homossexualismo!

Essa imagem é uma produção de pessoas que defendem a apologia ao homossexualismo e,  você FICOU CHOCADO com a imagem!  E chegou a acreditar que tal imagem fazia parte de um  “kit dos homofóbicos”. Veja só que coisa!  

 

Ademais, esta é uma discussão encerrada,  pois a Pres.Dilma já suspendeu (sepultou) a distribuição desse infeliz, apologista e inoportuno kit de propaganda do homossexualismo.

 

 

“De fato, como você disse, a foto com slogan é usada em muitos sites GLBTs e deve ter sido feita por um simpatizante do movimento. Uma pena.”

Você NÃO tem certeza que esta imagem não seria usada pelo MEC!  Esta é uma das imagens que estão sendo mostrada até na TV quando noticiam a intenção do MEC de distribuir tal material!!

O que é inegável, como certeza,   é que você está defendendo a distribuição SEM TER CERTEZA de quais  imagens e textos  exatamente  serão (seriam)  distribuidos. Me desculpe, mas isso é comportamento de rebanho.

 

“Tarkus, você cata coisas pela internet e assume que é parte do kit.”

Nada disso, meu amigo! A própria presidente Dilma disse que reprovou o tal kit, baseada nas imagens mostradas pela TV Record. Ela disse isso hoje! E essa imagem fazia parte do que a Record mostrou.  Se o MEC tinha aprovado ou não as fotos e textos, isso ficou no ár... é claro; depois de ter sido reprovado pela presidente, ninguém vai assumir que já havia sido aprovado.

 

“Ainda sobre a foto. As crianças que se beijam estão evidentemente brincando, simulando uma relação de afetuo mútuo. Mas é uma relação assexuada comum à idade (Freud explica).”

Pois é. Se um dos garotos estivesse beijando uma parede ou um poste ou uma árvore, diria-se que “é coisa de criança”... Ninguém iria querer explicar nada...

Agora, como ele está beijando outro menino, os apologistas do homossexualismo já fizeram sua ignorante e desequilibrada interpretação de que essas crianças são homossexuais.  Por aí você vê como é tacanho o pensamento dessa gente que quer se utilizar de órgãos públicos para fazer propaganda de opção sexual.

 

Sobre Feud, eu não sei o que ele diria dessa imagem inocente na qual alguns ignorantes imaginam haver intenção sexual no ato das crianças.

Mas posso te assegurar que  a homossexualidade Feud entendia como PATOLOGIA povocada por alguns distúrbios como o “complexo de Édipo mal resolvido”, por exemplo.

 

 

 

 

Freud entendia assim mesmo, em 1900 - e ainda assim não era uma coisa moralista, de condenação, mas da formação do eu...

 

Acabou a idade média Tarkus, se liga....

 As igrejas deveriam defender o projeto que está em debate, há quem esteja deixando de focar o ponto principal da campanha e da lei, que é proteger uma parcela da população, só isso, pq será que é tão dificil entender, talvez quando vc tiver algum amigo ou filho ou parente assassinado por ser gay

CARTA ABERTA A ANGÉLICA IVO, MÃE DE ALEXANDRE THOMÉ IVO RAJÃO QUE C...


Antes de ser homossexual, advogado, cristão e qualquer outro adjetivo que por ventura me qualifique, sou um ser humano.

Assisti o vídeo da mãe de Alexandre Thomé Ivo Rajão e sofri com ela, por ela, seu filho, seus familiares e sua história trágica.

Se o Estado não soube criar meios legais que contribuísse para que a vida de seu filho fosse preservada, pelo menos ouça agora um apelo aflitivo de uma mãe que clama por justiça e para que se faça algo contra uma homofobia a qual nem sabia existir.

Ninguém tem condições de sequer imaginar a dor desta mãe, especialmente hoje, dia no qual seu filho, se vivo estivesse, completaria 15 anos de idade. Uma mãe que descobriu na agenda de seu filho que o mesmo sonhava ter neste dia uma festa e convidados, para celebrar a vida!

Como cidadão, me sinto envergonhado diante desta mãe. Tenho vergonha de estar escrevendo sobre a morte de seu filho e seu sofrimento. E vergonha absoluta em saber que os jovens, covardes e homofóbicos acusados de assassinarem seu filho, sob cruel tortura, durante três horas, pasmem, estão soltos!

Protesto como cidadão, mas prefiro escrever para esta mãe como filho.

Alexandre Ivo se foi com 14 anos, mas sua vida continua no amor dedicado por esta mãe. A festa só mudou o endereço, num local sem risco de violência ao final.

Depois de assistir a declaração no vídeo abaixo, não tenho dúvida de dizer para esta mãe que o maior presente de quinze anos que Alexandre Ivo poderia ganhar foi tê-la como mãe.

Meu absoluto respeito a esta mãe, uma cidadã brasileira, ainda que sem o reconhecimento e a devida contraprestação do Estado.

"Freud entendia assim mesmo, em 1900 - e ainda assim não era uma coisa moralista, de condenação, mas da formação do eu...

Acabou a idade média Tarkus, se liga...."

 

Então não há que se citar Freud para dizer que homossexuaslismo não é doença!

O comentarista mais acima disse que "Feud explica"...

Eu apenas citei Freud para mostar que o que ele explica é que homossexualismo é PATOLOGIA.

 

 

 

 

RSS

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço