Fonte: Folha de SP - 27/06/2011

 

Há seis meses fora da Presidência, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva volta a representar oficialmente o país. Ele será o chefe da missão especial que o governo brasileiro fara na Guiné Equatorial.

O Brasil vai participar da 17ª Assembleia Geral da União Africana --entidade que reúne 53 países africanos-- que começa na terça-feira (28) e vai até sexta-feira (1º).

A nomeação de Lula pela presidente Dilma Rousseff foi publicada hoje no "Diário Oficial da União".

Também integram a missão Paulo Cordeiro de Andrade Pinto, subsecretário do Ministério das Relações Exteriores, Eliana da Costa e Silva Puglia, embaixadora do Brasil na Guiné Equatorial, e Isabel Cristina de Azevedo Heyvaert, embaixadora do Brasil na Etiópia.

Além de representar o Brasil na África, Lula fará uma palestra, na quinta-feira (30), a convite do presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Obiang Nguema Mbasogo. O tema do encontro é "Empoderamento da Juventude para o Desenvolvimento Sustentável".

Exibições: 49

Responder esta

Respostas a este tópico

Resumo da ópera: a inveja é uma merda!

O importante nesta noticia é que houve uma completa mudança na orientação da Política extrena Brasileira com relação a Africa.

O Brasil está mais pragmático com relação ao custo / beneficio de suas relações. Mudou também a orientação com relação ao Irã e Venezuela, além do isolamento da Libia.

 

Bota esta cabeça para pensar...

RSS

Publicidade

© 2022   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço