Manobra da CPI da Petrobrás é “inovação”, diz Aécio Neves

Após atitude governista, o povo poderá ficar sem saber o que está acontecendo com a Petrobrás.

 

 

Renan Calheiros, em uma atitude clara de favorecimento ao governo, fundiu duas CPIs, sem qualquer ligação, a fim de inviabilizar a condução das investigações das supostas irregularidades da Petrobrás.

 

A decisão do presidente do Senado é considerada inconstitucional pela oposição, pois traz os casos estaduais para investigações realizadas pelo Senado. A manobra mostrou como o governo atual poderá se defender de eventuais CPIs que atrapalhem a reputação petista. O Senador Aécio Neves alegou que a atitude é “inovadora” neste sentido.

 

Vale lembrar que a manobra tem o objetivo de evitar que seja provado o prejuízo de mais de US$1 bilhão de Dólares da Petrobrás, bem como, os demais problemas identificados com a empresa SBM Offshore, superfaturamentos e plataformas inseguras construídas no mar.

 

Como resposta, a oposição, por meio do senador Aloysio Nunes Ferreira, protocolou um pedido de impugnação da nova CPI com o argumento de que se tratava de assuntos estaduais que nada possuem de relação com a Petrobrás. No entanto, Renan Calheiros negou o pedido. Agora só resta pedir a STF que a justiça se cumpra e que o povo brasileiro possa saber de fato o que aconteceu na Petrobrás.

 

Exibições: 141

Responder esta

Respostas a este tópico

Manobra é o mensalao mineiro ter sido jogado para baixo do tapete. 

Um presentinho para a troll profissional: 

O PT é o partido das manobras, eles nem usam mais o "jeitinho" brasileiro, agora tem o "jeitão" petista, que fazem tudo acontecer na marra, se impõe não como membros de um partido, mas como donos de um País. Chegou a hora do BASTA para esses falcatruas.

RSS

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço