MARCO MAIA INSTALA TRÊS CPIs. E NADA DA PRIVATARIA TUCANA!

O presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-SP) autorizou no dia 03/02 a instalação de três das cinco CPIs que poderão funcionar simultaneamente. tratarão de tráfico de pessoas; exploração sexual de menores; e do trabalho escravo.

Restam apenas duas CPIs passíveis de instalação neste ano. Com a costumeira prorrogação das CPIs, e o período eleitoral que paralisa o Congresso no segundo semestre, se a CPI da Privataria Tucana, requerida por Prtotógenes Queiroz e outros quase 200 parlamentares, poderá ficar para as calendas ou ser arquivada antes de nascer.

A mídia fez silêncio sobre as CPIs autorizadas. O Carnaval vem aí, para completar a alienação. Caso a CPI da Privataria não seja instalada nesta semana, nas próximas horas, o assunto estará morto. deve haver um acordão para esta "operação-abafa" com a participação do Governo Dilma e do PT. 

É preciso pressionarmos agora, hoje, o presidente da Câmara e demais deputados, para que a impunidade não vença mais uma vez. Depois não adiantará lamentarmos e fazermos discursos contra a corrupção...

Exibições: 1279

Responder esta

Respostas a este tópico

Sem dúvida, Marli e Anarquista. Tanto a CEI na Assembléia Legislativa como a CPI na Câmara dos Deputados são igualmente importantes. 

Tá na hora de passarmos o Brasil a limpo ou, pelo menos, limpar algumas sujeiras residuais que persistem, e atravancam a construção da Democracia. 

Tentarei ir ao ato em São Paulo, e estou atulhando os e-mails dos deputados, meus (nossos) empregados com a única tarefa de melhorar São Paulo e o Brasil. 

Que bom. Essa história de Pinheirinhos está atravessada na minha garganta, nao me conformo com a idéia de que tudo tenha acontecido e "deixe de ser notícia" e fique por isso mesmo. 

Hoje o Paulo Henrique traz informação diferente da anterior: indica que o deputado Marco Maia quer instalar a CPI mas o PT e o PC do B estariam tentando demovê-lo. 

Vamos lá para o sítio da Câmara (www.camara.gov.br), e enviemos mensagens aos líderes de todos os partidos e ao maior número de deputados que pudermos, exigindo que apóiem a instalação da CPI da Privataria Tucana. 

CPI: o PT e o PC do B vão fugir ?

Publicado em 16/02/2012

O ansioso blogueiro foi à Brasília e o passarinho pousou na janela do Hotel (não é o Nahoum, da Veja).

E deu o seguinte recado:

O Marco Maia, presidente da Câmara e que adora ser deputado, quer se reeleger.

E não quer levar pra casa a culpa do enterro da CPI da Privataria.

O passarinho contou que, logo após o deputado Protógenes – que,  por duas vezes, convidou o Daniel Dantas e seu associado Naji Nahas para uma temporada no PF Hilton  - conseguiu o número regimental mínimo de assinaturas, líderes do PT e do PC do B o procuraram, “no particular”, para desaconselhar a instalação da CPI.

Maia teria perguntado, mas por que, então, deputados  do PT – na sua maioria – e do PC do B – assinaram ?

Bem, quer dizer, sabe como é, não entendi bem a sua pergunta, deixa isso pra lá.

Maia teria ponderado: quem pediu essa CPI foram as nossas bases, o eleitor que vai votar – ou não – na gente em 2014 …

Bem, quer dizer, como assim?,  sabe como é, depois te falo.

O Privataria Tucana do Amaury Ribeiro Junior vendeu que nem cuia de chimarrão no Rio Grande do Sul.

O passarinho está seguramente informado de que, depois do Carnaval, Maia vai chamar os líderes do PT às falas:

- Agora, os amigos vão lá fora e digam que não querem a CPI da Privataria.

O passarinho disse ao ansioso blogueiro:

O Maia não que ser o coveiro dessa CPI.

Ele fez a parte dele.

Agora, que o PT e o PC do B saiam de cima do muro.

O passarinho bateu asas e voou.


Paulo Henrique Amorim

 

Pois é. Ele tem que chamar às falas mesmo. Se nao chamar, é cúmplice. 

Exatamente Marli. Hoje é Carnaval, todo mundo esquece, e a CPI está sendo abafada nas mãos do Presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS). Veja alguns e-mails que publiquei aqui, são de amigos e correligionários do dep. Marco Maia, em Canoas, sua base eleitoral. 

Com elegância, façamos a pressão democrática, exigindo que o deputado gaúcho cumpra seu dever institucional, acima até mesmo do seu Partido (eu não acredito que o PT seja contra esta CPI, seria burrice demais perder esta bandeira enquanto Dilma é "acusada" de privatizar aeroportos, o que nunca ocorreu).

Façamos nossa parte. Se o Marco Maia receber mil e-mails, e seus correligionários de Canoas uns 500, ele terá mais elementos para decidir. Aliás, não tenho nenhum motivo para duvidar de sua seriedade. Mas que a "voz rouca das ruas" funciona, ah, isso funciona mesmo! Barbaridade, tchê!

Quando mencionei ''custo político impagável'' me referia exatamente a isto: a CPI sai.

Que os céus te ouçam... 

Amiga, vou insistir até o último fôlego. Realmente acho esta CPI uma chance histórica, e não para "destruir" tucanos ou coisa que o valha. É que o Brasil precisa começar a vasculhar seus porões (os da ditadura têm sangue, os da Democracia têm corrupção). 

Pouco se me dá, pessoalmente, se a maioria dos brasileiros goste de viver na roubalheira: eu não gosto. Hoje mesmo, no Face, conversei com uma querida amiga, tucana, cujo marido, outro velho amigo, foi presidente do PSDB em Taubaté, um médico. Adoro a ambos. São pessoas honestas, generosas, com uma visão social muito ampla: ambos estudavam no Rio em 68, e guardam aqueles ideais de mudança do Brasil, quase socialistas.

Embora não confessem explicitamente, até para termos sempre uma discussão, ambos estão de saco-cheio com a Privataria Tucana, com as mudanças do Alckmin (tb médico, mas formado em Taubaté, e frequentador da casa deles,  como foi da minha nos tempos do MDB-PMDB). Eu não posso odiar esta gente. Eu tenho que, pela inteligência deles, respeitando sua fidelidade aos bons amigos e ao passado de lutas comuns, trazê-los para a nossa "causa", ou seja, que se instale esta CPI.

Nada me move a não ser um desejo sincero, meio tolo talvez, de "deixar um Brasil mais limpo para meus netos". A mesma raiva que tenho por políticos corruptos, tenho por jornalistas, médicos, advogados, juízes, engenheiros, pedreiros, todo mundo. Devo estar errado, mas na Holanda um ministro corrupto deu um tiro na cabeça, frente às câmeras. O primeiro-ministro vai trabalhar de bicicleta (agora nem tanto, depois do 11 de setembro, porque a Holanda mandou soldados para o Iraque e o Afgenistão; já retirou quase todos, mas como pertence à OTAN, o medo permanece). 

Eu sonho com um Brasil com padrão de vida da Bélgica, que conheço bem: nenhuma fome, liberdades civis plenas, criminalidade quase zero, todo mundo de barriga cheia. 

Aí entra a minha idiotice: "Se eles podem, porque nós não?" Se a Europa foi devastada durante séculos, e até 60 ou 70 anos atrás (nem falo da Bósnia, que tem uns dez ou quinze anos), por que o meu Brasil não pode construir-se em Justiça, em Igualdade, em Paz? 

Poesia? Não. Poesia é o sorriso das minhas duas netinhas e do meu netinho. Sou é realista mesmo, sei o que importa e o que é lutinha pessoal, partidária, ou entre nós mesmos, por divergências insignificantes. 

Desculpe-me o desabafo, porque sei que vc comunga da mesma indignação e entusiasmo. Um gesto apenas, pode ser "avante" ou "recuar". O meu será sempre "Avante!", ainda que eu caia daqui a pouco. Não sou herói, estou enxergando o cenário, conversando com gente do povo e alguns poucos políticos, e não vejo razões para que esta CPI não seja instalada e trabalhe. CPI, como diziam Tancredo e Ulysses, "a gente sabe como começa, mas nunca sabe como termina". Poir eu quero que comece. E quem tem medo dela está com o rabo-preso. 

O requerimento não foi arquivado, está na mão do dep. Marco Maia, que certamente recebe pressões de todos os lados. Façamos a nossa, vamos fundo. E se ele falhar, pagarei para ir a Canoas por um mês fazer campanha contra ele. Eu e uma turma. Mas sei que estou dizendo bobagem, já que podemos exigir do Presidente da Câmara, com todo o respeito, que apenas cumpra seu dever. 

Topas, amiga? Topam, amigos? 

Anarquista, eu "briguei" com vc (rsrsrs) quando tinha dúvidas sobre esta CPI. Quero continuar esperançoso, mas estou mudando de tom. 

Não estou mais "pedindo" que o Marco Maia, o PT e o governo Dilma instalem a CPI da Privataria Tucana: estou exigindo, como eleitor, jornalista, cidadão. Não posso admitir que um partido eleito com bandeiras de moralidade e respeito ao patrimônio público acoberte uma quadrilha que assaltou o patrimônio do nosso povo, dos nossos filhos e netos.

O PT pagará caro, já nas urnas de 2012, mas especialmente em 2014, se cometer esta traição inominável. 

Vamos reforçar nossa EXIGÊNCIA, e cobrar no voto a eventual irresponsabilidade e cumplicidade do PT, da Presidenta Dilma e seus aliados. Basta de enganação e covardia!

Só os "blogueiros progressistas" têm um mínimo de visibilidade social para colocar essa exigência de modo efetivo. A gente no máximo manda uns emails e fica por isso mesmo. Ando desanimada, nao me peça palavras animadoras, nao as tenho para dar, infelizmente. 

O deputado Marco Maia tem sua base eleitoral em Canoas-RS, onde foi presidente do Sindicato dos Metalúrgicos. É importantíssimo que nos mobilizemos para pedir aos líderes locais do PT que nos ajudem a pressionar o Presidente da Câmara dos Deputados pela instalação da CPI. 

Eis alguns e-mails importantes. Se conseguirmos enviar algumas centenas de mensagens aos amigos do Deputado, ele sentirá que estamos atentos e esperando que ele cumpra seu dever. Dediquem meia-hora de seu tempo a escrever para:

Vereador de Canoas, Ivo Fiorotti (PT) - EX-ASSESSOR DE MARCO MAIA ENTRE 2005 e 2008

ivofiorotti@uol.com.br

ivofiorotti@camaracanoas.rs.gov.br

BLOG:   http://ivovereador.blogspot.com


Vereador de Canoas, Emilio Millan Neto (PT) 

emilioneto@terra.com.br


Vereador de Canoas Paulo Ritter (Líder do PT na Câmara Municipal), sociólogo:

pauloritter@yahoo.com.br

BLOG:

htpp://pauloritterpt.blogspot.com


Prefeito de Canoas Jairo Jorge (PT):

gabinete.prefeito@canoas.rs.gov.br


Antonio, você está fazendo um trabalho de primeira, parabéns. 

RSS

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço