O que restou da grande e brilhante economia norte-americana, a Harley Davidson! Tinham a maior as maiores indústrias de aço do mundo, hoje em dia não atingem 20% da produção chinesa. Tinham a indústria automobilística mais poderosa do mundo, agora GM, Ford e Chrysler, precisam subsídio estatal para sobreviver. A industria de computadores era quase que unicamente americana, agora a IBM vendeu o setor de microcomputadores para os chineses (LeNovo). Eram os maiores produtores de petróleo do mundo, na década de setenta passaram a importadores e produzem não mais do que 50% do petróleo consumido. A produção de aviões comerciais era dominada por indústrias norte-americanas sendo hoje em dia a Airbus passou em faturamento pelo sexto ano consecutivo a última grande empresa americana de aviões, a Boeing. Tinham um sistema educacional de nível superior incomparável, hoje em dia a China forma cinco vezes mais engenheiros que os USA.
Faltava só o grande sistema financeiro americano!
Vamos atribuir a Bush a culpa de tudo isto, ou é resultado de uma política de mais de trinta anos de transferência de indústrias para outros países.
O que restou mesmo como primeiro do mundo foi as forças armadas americanas, será que Bush não tinha razão de começar uma política de pilhagem (não econômica, mas pilhagem propriamente dita) dos recursos naturais de outros países. Parece que o povo americano não entendeu a proposta.

Exibições: 142

Responder esta

Respostas a este tópico

A cultura americana, já não é mais a mesma inspiradas pelos seus fundadores, os EUA está pagando um preço muito alto, por ter suportado todas as pressões do mundo socialista e continuar sobrepondo-as, e como as vezes digo aos meus amigos: Lutemos para que todos estejam bem, porque assim, mesmo que estejemos mal, existe a possibilidade de melhorarmos, mas quando apenas nós estamos bem, é muito mais difícil suportar as adiversidades.

Assim todos querem ir para os EUA, princialmentes os inimigos da liberdades, pois o que parece um paradoxo, é justamente o que mais enfraquece os EUA, porque lá niguem é punido por defender ideias contrárias aos valores americanos.

E a maioria da população atualmente vivendo nos EUA, já não teem mais a mesma fé dos seus fundadores, já não se inspiram na força da liberdade, já não trás nas veias o empreendedorismo pujante de outrora. Apenas estão lá em busca de fugir da pobreza, ou ganhar dinheiro em cima dos valores americanos.

Falou....
Rogério,

Não sei se entendi direito o seu recado.
Se a culpa não é apenas das políticas de Bush, mas também daquelas que vem sendo adotadas há mais de 30 anos, pelos próprios americanos, diga-se de passagem, por que os outros países tem de pagar o pato e ver os recursos serem pilhados em prol da nação americana?
Caro Carlos
Não estou dizendo que eles devam pilhar o mundo inteiro nem parte dele, tu talvez levaste ao pé da letra o que falei, o que estou dizendo é que nos últimos trinta anos a única coisa que os governantes americanos tentaram e conseguiram fazer é manter o seu poderio destrutivo.
Os americanos não estão terminados nem acabados como nação, por muitos anos serão a maior economia do mundo, mas no momento a única coisa que inegavelmente eles são os primeiros é na capacidade de destruir outros países (não ocupar).
Não digo que o povo americano tenha hoje em dia um espírito de pilhagem, mas grande parte de sua classe média tem a noção perfeita do que eles estão fazendo no Iraque, uns estão contra e outros estão a favor.
Não me tome ao pé da letra, me dê algum espaço para a ironia.
Um abraço (sem ironia).
A culpa da decadência da modelo norte-americano é do socialismo e dos inimigos da liberdade. Errare humanum est.
Ricardo
Eu agora é que não entendi, é ironia ou é realmente uma opinião, se for ironia me desculpe a falta de sensibilidade.

RSS

Publicidade

© 2021   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço