A visita de Bento XVI à Espanha foi marcada por protestos, em função dos elevados gastos financeiros: as despesas teriam se aproximado dos 50 milhões de euros.

Enquanto isso, povos africanos morrem de fome e a própria Espanha mergulha numa crise financeira e convive com aumento do desemprego.

Setores da própria Igreja Católica espanhola também denunciaram o desperdício financeiro.

Outra linha de manifestações se deu contra o que foi chamado de hipocrisia moral do Vaticano.

No domingo, cerca de quatro mil pessoas participaram do protesto contra a visita de Bento XVI no centro de Madri. Destacou-se no grupo a presença de estudantes, gays, lésbicas e transexuais.

Até mesmo alguns padres católicos aderiram aos protestos.

Em sua última visita à Espanha, o papa Bento XVI teria autorizado a arquidiocese católica de Madrid a perdoar as mulheres que tivessem abortado. A condição para que recebessem o “perdão divino”, entretanto, teria sido a participação nas celebrações da visita do papa e a confissão do “crime” a um padre católico.

Para a teóloga Ivone Gebara, a atitude causa constrangimento a muitas mulheres católicas:“A impressão que tivemos é  que o papa, o Vaticano e alguns bispos gostam de brincadeiras de mau gosto com as mulheres. “A impressão que tivemos é que em mundo esses homens vivem, quem pensam que são e quem pensam que somos!”

Para Gebara, entre outras coisas denuncia a “opção de classe” que o Vaticano faz para perdoar quem tem dinheiro: “Concede-se o perdão a quem pode viajar para assistir a missa do papa. (...) Basta ter dinheiro para viajar e pagar a estadia em algum hotel de Madri que o perdão poderá ser alcançado”

Ao conceder o perdão ao "crime" do aborto na linguagem que sempre usaram, de forma elitista revelam o rosto ambíguo da instituição religiosa capaz de ceder ao aparato triunfalista quando sua credibilidade está em jogo.

Podem abençoar tropas para matar inocentes, enviar sacerdotes como capelães militares em guerras sempre sujas, fazer afirmações públicas em defesa da instituição condenando pobres e oprimidas, abrir exceções à regra de seus comportamentos para atrair jovens alienados dos grandes problemas do mundo ao rebanho do Papa.

A lista dos usos e costumes transgressores de suas próprias leis é enorme...

Por que reduzir a vida cristã a pão e circo? Por que dar um espetáculo de magnanimidade em meio a corrupção dos costumes? Por que criar ilusões sobre o perdão quando o dia a dia das mulheres é cheio de perseguições e proibições às suas escolhas e competências?

Creio que mais uma vez somos convocadas/os a expressar publicamente nosso sentimento de repúdio à utilização da vida de tantas mulheres como pretexto de magnanimidade do coração papal.

Somos convidadas/os a tornar pública a corrupção em todas as nossas instituições inclusive naquelas que representam publicamente  crenças religiosas.

 

 

Exibições: 1102

Responder esta

Respostas a este tópico

Stella Maris.

Alegre-se, o próximo encontro do bispo de Roma com a dita juventude católica (principal evento que motivou a ida deste a Espanha) será no Brasil. Acho que deveríamos começar a preparar a recepção a este desde já.
Podia começar com uma campanha pra derrubar a Concordata com o Vaticano.

Ô Mario,

concordo em todos os sentidos.

Pois é Rogério,

Infelizmente por estes lados latinoamericanos,

ainda não aprendemos( ou não queremos..ou  não ousamos)

a fazer passeatas  ...

...Fora Papa!!!

mas acredite, quando surgir eu..euzinha, estarei dentro de tais passeatas,

meu sonho é ver relamente( não de mentirinha) um estado LAICO Brasileiro.

 

stella,

é tudo muito preocupante mesmo: esta igreja que não olha prô seu próprio umbigo.

e se não fosse prá chorar, até que seria divertido. olha esta:

 

DRIVE THRU da... oração, dizem eles!

A unidade da Vila Mariana da Igreja Universal do Reino de Deus tem uma novidade desde abril: o drive-thru da oração. Como em uma lanchonete, você entra com seu carro, recebe a bênção do pastor e continua seu caminho [depois de pagar o dízimo, é claro].

A técnica já era usada em uma unidade da Universal de Houston, no Texas. Desde 2006 o pastor Renato Cardoso usa o método. "Aqui em Houston pouco se vê pessoas nas ruas, só carros, então tivemos essa ideia", conta o pastor.

O motorista entra e recebe um folheto com os horários dos cultos, uma apresentação da igreja e informações sobre reuniões. Em seguida conta ao pastor o problema que está passando, recebe a oração, libera o pagamento da igreja e segue seu rumo.

 

é isto, em nome da fé, quantos crimes são praticados!

Luzete,

Hoje, foi um dia bastante movimentado por estas terras de Iracema,

logo o mst tá acampado no DNOCS, e a noitinha fui ao lançamento de um  livro, sobre a Teologia da Libertação..

além de panfletar contra a forma como  a Universidade vem ensinando Teologia,

não podia ficar calada, soltei o verbo,

contra esta perseguição que a mesma faz aos movimentos sociais, teologia da libertação, e ainda tem a audacia de usar de discursos vazios a favor dos pobres, oprimidos..e etc..

tudo falácia, seus bispos não arredam o pé de seus palácios,

é um blá..blá..sim fim..

falam uma linguagem MORTA, Preconceituosa, não é a toa que sua igrejas estão cada vez mais vazias...

Mas mesmo assim, ainda se acham com muitos poderes.

sobretudo dentro da política.

Não é de hoje nossos  protestos contra esta instituição que se denomina Cristã.

stella,

se  as instituições desta natureza estão falidas, com tamanha a hipocrisia que nelas se inscreve, salvam as fés dos homens e no homem. em alguns.

você lembra de alguns nomes da igreja que foram e são imprescindíveis, eu lembro ainda de dom paulo evaristo arns. este homem fez diferença, sim. eita homem lindo, né?

 

(vi vc assinando a lista de presença lá no samba... tadinha da casa do samba... à mingua...mas vou lá colocar uma lindinha que ouvi hoje)

vou pra lá ver o samba..
carma... tava procurando...

O fato é que bandeiras promissoras defendidas por  Dom Hélder Câmara,  Dom Pedro Casaldáliga, Leonardo Boff, e outros...  parecem ir, progressiva e inexoravelmente, sendo soterrados sob sucessivos interditos da fala papal.

Ainda não conseguiram acabar com as CEBs , que são a representação do povo pobre e penso
também nas pastorais  cada vez mais oprimidas pela hierarquia.
Mas nossa  luta  o tempo todo, é  para dizer ( fazer) que as pastorais,  se dedicam de maneira
especializada e com foco a resolver problemas graves e específicos, como a Pastoral da Saúde,
Pastoral da Criança, Pastoral da Terra ou Pastoral da Mulher Marginalizada, e Outras.....

É fazer com que a Teologia Feminista, mesmo ainda engatinhando possa "descontruir" todo um patriarcado.

Pra mim, esta é a Igreja do Povo....(diria  melhor) a Religião de um povo.

a que liberta.

o resto!

O problema da visita do bispo de Roma é que ele é governante de um estado independente e teocrático e como tal ele não deveria se meter na vida de outros estados. Se fosse um chefe religioso somente ele teria outro status.

Rogério,

Há muitas coisas lamentáveis na igreja papal.

mas há duas coisa mais lamentáveis ainda..

Primeiro: o Estado do Vaticano é um dos raríssimos do planeta que até hoje não assinou a Declaração Universal dos Direitos Humanos, que foi proclamada em 1948.

Segundo: é o único tribunal do mundo (sem considerar ditaduras) que não permite ao réu o direito de defesa. Segundo a lógica do Vaticano, não se pode pressupor que ele, o acusador, esteja equivocado.

mas trago boas noticias destas bandas...( rsrs)

Mutirão promove união estável homoafetiva

O Mutirão da União Estável Homoafetiva será realizado durante a próxima edição da Quarta Cultural LGBT, que acontece dia 31 de agosto, no Parque da Liberdade/Cidade da Criança. O evento, que tem início às15h30min, é uma iniciativa da Coordenadoria da Diversidade Sexual da Secretaria de Direitos Humanos de Fortaleza, através do Centro de Referência LGBT Janaína Dutra, em parceria com Defensoria Pública Geral do Estado do Ceará.

Lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais que queiram participar deste momento e oficializar sua união estável com seu ou sua companheiro/a devem se cadastrar até segunda-feira (29), no Centro de Referência. É necessário levar os seguintes documentos: cópia do RG, CPF, comprovante de endereço e documentos que comprovem a união, por exemplo, fotos.

Durante o evento, que faz alusão ao Dia da Visibilidade Lésbica, celebrado em 29 de agosto, a Defensoria Pública Móvel também estará à disposição para prestar orientações gerais à população e sobre direitos humanos LGBT.

Após o mutirão, a partir das 19h, o momento de união será celebrado com os shows dos grupos Samba de Rosas e Jardins Suspensos.

Programação
Quarta Cultural LGBT - “Visibilidade de lésbicas e mulheres bissexuais na Fortaleza de todas as cores, de todos os amores”
Local: Parque da Liberdade/ Cidade da Criança (Rua Pedro I, s/n - Centro)
Data: 31 de agosto de 2011
Horários:
15h30 – Mutirão de União Estável Homoafetiva
19h - Apresentação dos grupos Samba de Rosas e Jardins Suspensos

Serviço
Cadastramento para o Mutirão de União Estável Homoafetiva
Data: Até 29 de agosto de 2011
Local: Centro de Referência LGBT Janaína Dutra (Rua Pedro I, 461 - Centro)
Documentos necessários: cópia do RG, CPF, comprovante de endereço e documentos que comprovem a união, por exemplo, fotos.

Mais informações:
Centro de Referência LGBT Janaína Dutra
Contatos: (85) 3452.2047 ou crlgbtfortaleza@gmail.com
Coordenadoria de Diversidade Sexual
Contatos: (85) 3452-2345 ou diversidadefortaleza@gmail.com

 

E como digo..

vamo que vamo...

RSS

Publicidade

© 2022   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço