Os médicos estão aborrecidos por não poderem ganhar R$20.000,00 por mês por quarenta horas, protestam e não olham a realidade la fora, fiz uma tabela de salários de Médicos SUECOS (aquele país que todos acham riquíssimo), pois neste país o rendimento dos médicos é o seguinte.

Os dados são de um sindicato Sueco, lá onde o país tem 6 vezes mais recursos para aplicar na saúde de seus moradores, o salário líquido dos médicos iniciantes é de R$19.000,00, aqui eles querem ganhar mais do que médicos suecos.

é um país sem solução.

Exibições: 816

Responder esta

Respostas a este tópico

Esses dias estou com pouco tempo, mas vou passar a minha experiência no contato com médicos. 

Passei alguns anos visitando pouco os amigos médicos.

Pago caro, um abuso, o seguro SulAmérica. 

Os médicos fazem parte dessa nossa classe média. Existem bons e maus médicos.

Tenho notado que a maioria está pouco conectada com os problemas da nossa sociedade.

Condeno mais a falta de oportunidade em frequentar um ensino básico de qualidade por parte da nossa juventude que os próprios médicos. 

A saúde está tornando-se, mais e mais, num grande negócio. A indústria farmacêutica, os grandes planos de saúde com força brutal, como um buraco negro, domina tudo. Os médicos vivem em torno desse potente campo gravitacional. Existem, é claro, aqueles que fazem parte de um grupo seleto e nem sempre são os mais competentes. Muitos, por herança, conseguiram montar um bom consultório!

Há médicos conscientes desse estado de coisas, porém, a maioria, principalmente os novos, sobrevivem nesse mundo conturbado. 

Conversando, recentemente, com um que já deu muitas voltas, ele me disse: "Nossa classe é desunida, não se une para resolver os problemas da classe. Terminam, também, não dando a devida atenção aos pacientes, não os orientando nas decisões a serem tomadas, mostrando as alternativas do tratamento".

Outros são aqueles que atendem em 03 minutos, pois chegaram atrasados de outras clínicas e precisam atender todos aqueles que estão à espera. 

Hoje, retornei ao urologista e, após entregar-me a solicitação de exames, perguntei se conhecia o Darcy Ribeiro. Disse-me que não. Como é um médico atencioso, dei um exemplar de O POVO BRASILEIRO. Os médicos, são assim, estão muito voltados para os afazeres da medicina. Uns por apego e denodo ao que faz, muitos para dar conta desse comércio que gira em torno do buraco negro.

Vamos lutar pela educação que, se não vai resolver tudo, é o caminho para um mundo melhor. 

 

Correto engenheiro Lafaiete de Souza Spínola

Tenho um irmão coronel médico da policia Fernando Fonseca Pimentel e mais de 10 médicos quando me refiro a família Fonseca no RN. Todos eles sabem e reconhecem minha inteligência e quanto estudei para ser geólogo aqui em nosso estado para voltar a morar no interior que amo minha terra natal o ASSU RN. Acho elevado os salários que os médicos principalmente os novatos nascidos nas capitais e/ou grandes cidades exigem para morarem no interior do Brasil. Se existisse faculdade de medicina no interior garanto que a exigência sobremaneira seria menor e o governo gastaria menos e seria recompensado. Cito um exemplo aqui no meu meio natural: Quando existe doença de média a alta complexidade a população do interior, não raro, se deslocam para a Natal capital do RN. Calcule quanto o governo dos municípios gastam com ambulâncias, gasolina, diárias de motoristas e manutenção destes veículos que com um período relativamente curto de tempo viram sucatas devido a elevada quilometragem rodadas e, por algumas vezes causam acidente de transito, batem ou viram. Os hospitais de Natal ficam superlotados com grande parte da população doente provinda do interior. Por fim gostaria de informar que mulheres grávidas, principalmente da classe média a alta vão fazer seus partos na capital onde existem especialistas mais qualificados, não confiando nos médicos desta área que até mesmo não existe nas pequenas cidades do interior.  Creio que fato também ocorram em outros estados do Nordeste do Brasil.

Embora ache que os médicos estao querendo o impossível para o país, acho que a comparaçao com médicos suecos é contraproducente. Porque, afinal, eles teriam o mesmo nível de salário, mas nao precisam pagar escolas particulares, as de lá sao boas, podem usar o transporte público, que é de qualidade, e nao precisam tb de ... planos de saúde. 

Ana Lú.

Primeiro, o transporte público é de qualidade, porém é bem mais caro do que no Brasil, outros benefícios como escola pública, e saúde pública não é compensado por outras necessidades que um europeu tem que gastar. E vocês esquecem o principal, o PIB per capita é muito mais alto e a disparidade salarial é muito menor, ou seja, para pagarmos a mais para todas as profissões de nível superior, temos que achatar o salário dos operários.

Quando morei na Europa -- nao foi na Suécia -- o transporte público era ótimo, e barato. E que benditas necessidades sao essas que um europeu tem que gastar e outras pessoas nao? Eu hem... 

Caros

Quanto ao comparativo dos salários, peço para que vejam aqui:

http://www3.catho.com.br/salario/pesquisa-salarial/cargos-salarios/...

Tabela de salários médios para médicos clínicos no Brasil, não é tabela de sindicato ou de qualquer entidade ligada à classe medica, porem é de uma empresa que faz colocação de profissionais nos mercado de trabalho, portanto, representa a média salarial que o mercado esta praticando atualmente, ou seja para médicos clínicos:  R$ 6.603,00, praticamente 1/3 do salario do inicial da Suecia, conforme tabela acima, assim nossos médicos não estão sendo tão bem remunerado como falam.

Isso sem contar que os médicos, diferentemente dos profissionais como juízes, delegados, policiais federais, não tem plano de carreira, seus cargos são geralmente por nomeações politicas municipais, o que os deixam vulnerareis a toda alteração politica local.

Concluindo, penso que devemos tratar melhor nossos médicos, assim como nossos professores, para poder exigir empenho.

abraços

Sebastião.

Andei olhando no tal portal Catho, que para mim sempre deprime o salário dos profissionais, e no ramo da engenharia está dando para um engenheiro civil senior, valores muito abaixo da média nacional, logo confio pouco nos dados do tal de Catho. Ele coloca para o engenheiro recém formado o mínimo profissional, que talvez corresponda a realidade, porém para um engenheiro senior ele acrescenta 25% neste valor. Nem aqui no Rio Grande do Sul, que geralmente paga pior do que outros estados não ocorre isto, logo em cima do que conheço duvido destas informações.

Sebastião,

Realmente, a generalização não é uma atitude correta!

Mas as comparações referem-se aos valores oferecidos para os médicos direcionados para cidades e lugarejos afastados.

O que se pode, de certo modo, generalizar é o péssimo ensino médio do nosso país.

RSS

Publicidade

© 2021   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço