Marco Antônio Nogueira

SERJÃO ... PELA VOLTA DE UM GRANDE AMIGO AO BLOG

 

PELA VOLTA DE UM GRANDE

AMIGO AO BLOG

 

Nosso caro

SÉRJIO TRONCOSO,

 

Convocado pelo nosso

amigo GUNTER, abro este

POST, visando tão somente

trazer de volta ao nosso

convívio aqui no PORTAL

aquele que, ao longo desses

anos tem conquistado o

coração de tantos amigos.

 

SÉRGIO, quando alguém

conquista o coração de

seus amigos, ele perde

o direito de se afastar

deles. Quem conquista

a amizade de outros já

não mais é dono de si.

Medite sobre isso, e

volte correndo para

seus amigos.

Grande SÉRGIO, uma só

vez o vi pessoalmente,

aqui em Belo Horizonte,

por ocasião do SARAU

DE MINAS, quando em

poucas horas aprendi

a admirá-lo, e à sua

amada TOINHA.

Mais tarde nosso contato

prosseguiu através mensagens

neste BLOG. De repente, sem que

ninguém de nós entendesse,

você SUMIU.

Então, SERJÃO, não seja

"IRRESPONSÁVEL", volte

pra seus(suas) amigos(as).

 

Nosso mais

afetuoso

abraço,

 

Marco Antônio Nogueira

Exibições: 687

Responder esta

Respostas a este tópico

caros,

 Sinceramente, tentem se colocar no lugar do Serjão. O que era pra ser simplesmente uma manifestação de saudade e carinho virou um barraco total. Se isso acontecesse no tópico que o Gunter tão gentilmente ofereceu a mim, pediria que ele eliminasse o tópico imediatamente, apesar do muito que me emocionou e da diversão que foi.

 Não importa quem começou, quem continuou, quem foi ofendido e quem foi o ofensor. Se eu fosse o Sérgio, essa briga seria o motivo principal pelo qual eu me afastaria, talvez definitivamente, do Portal. E é com uma tristeza profunda que digo isso.

 Não tenho sequer vontade (ou paciência suficiente) para tentar apaziguar os ânimos mais exaltados e tentar reconduzir a conversa para termos mais civilizados que realmente conduzam a uma construção de conhecimento (e produzir conhecimento a respeito da nossa atuação em redes sociais não acho assunto de pouca importância).

 Há tempos imaginei que poderíamos começar a pensar, não numa net-etiqueta, mas numa net-ética. Não sei. Nesse momento agora, sinto um desânimo muito grande pra pensar nisso.

 Esse é meu último comentário neste tópico.

 []s e bjs

 

AMIGOS,

 

Tava eu aqui pensando:`

Por que essa confusão

toda que derivou desse

POST pela volta do SERJÃO?

Seu objetivo foi desvirtuado

para um lado de discussões,

brigas, ofensas.

Então, pensei comigo:

esses amigos estão todos

malucos, ou o que será que

houve?

Pensei, pensei, pensei

e cheguei à conclusão

de que o culpado é o

ABRAMO. Os amigos ficaram

na festança (festa de polaco:

três dias de festa), encheram

a cara, beberam como gambá,

e nem bem curtiram a ressaca

e já vieram para esta manifestação

pela volta do SERJÃO.

Deu nisso aí: discussões,

ofensas, brigas. Só não saiu morte

porque nós aqui de Minas,

um povo religioso, tamos orando

pela PAZ aqui no PORTAL.

Então, volto a dizer,

o culpado dessa confusão

é o ABRAMO.

Então, em vez de pedirmos

a volta do Serjão, acho que

devemos é pedir a saída

do ABRAMO. Ou não?!

(he-he!)

 

Marco Nogueira

 

Caro

MILOCH,

 

Como assim, isto é, explique-se!

 

Muito me surpreende sua

modo maldoso de ver ironia

onde não há. Eu simplesmente

brinquei com a verdade.

Cheguei a esta  conclusão

depois de séria análise

do que foi a causa de toda

essa confusão em que até

mesmo você se envolveu.

Pior é que você foi o último

a chegar na briga e já

jogando lenha na fogueira,

ao invés de trazer um

balde d´água pra apagar

o fogo.

Quanto ao ABRAMO, sou

o primeiro a assinar embaixo

do que diz.

 

Brincadeira, amigo.

 

Abraço,

 

Marco Nogueira


A MAIOR AUTORIDADE É O EXEMPLO!!!

 
 UBUNTU
  
 A jornalista e filósofa Lia Diskin, no Festival Mundial da Paz, em Floripa (2006), nos presenteou com um caso de uma tribo na África chamada Ubuntu.
Ela  contou que um antropólogo estava estudando os usos e costumes da tribo e, quando  terminou seu trabalho, teve que esperar pelo transporte que o levaria até o aeroporto de volta pra casa. Sobrava muito tempo, mas ele não queria catequizar os membros da tribo; então, propôs uma brincadeira pras crianças, que achou ser inofensiva.

 Comprou uma porção de doces e guloseimas na cidade, botou tudo num cesto bem bonito com laço de fita e tudo e colocou debaixo de uma árvore. Aí ele  chamou as crianças e combinou que quando ele dissesse "já!", elas deveriam sair correndo até o cesto, e a que chegasse primeiro ganharia todos os doces que estavam lá dentro. 

 As crianças se posicionaram na linha demarcatória que ele desenhou no chão e esperaram pelo sinal combinado. Quando ele disse "Já!", instantaneamente todas   as crianças se deram as mãos e saíram correndo em direção à árvore com o cesto. Chegando lá, começaram a distribuir os doces entre si e a comerem felizes.
 
O antropólogo foi ao encontro delas e perguntou porque elas tinham ido todas juntas se uma só poderia ficar com tudo que havia no cesto e, assim, ganhar muito mais doces.

Elas simplesmente responderam: "Ubuntu, tio. Como uma de nós  poderia ficar feliz se todas as outras estivessem tristes?"
  
 Ele ficou desconcertado! Meses e meses trabalhando nisso, estudando a tribo, e ainda  não havia compreendido, de verdade,a essência daquele povo. Ou jamais teria proposto uma competição, certo?

Ubuntu significa: "Sou quem sou, porque somos todos nós!"

Atente para o detalhe: porque SOMOS, não pelo que temos...
UBUNTU PARA VOCÊ!

 
 
Bonita história. Outra que acho fascinante é a de uma tribo brasileira (esqueci o nome) que tem uma língua de sinais própria. Uma grande parte dos homens da tribo tinha sofrido um acidente -- uma explosao numa mina, acho -- e ficado surdos. A tribo inteira passou a se comunicar em língua de sinais. Depois dizemos que eles é que nao sao civilizados...

 

Amigos,

 

Sei não, mas tou achando

que o amigo SERJÃO, como

se dia lá pras bandas de

meu Triângulo Mineiro,

"bateu as botas."

Porque se estivesse vivo

ele teria vindo aqui neste

POST pelo menos pra

pedir PAZ, e dizer que

ele não merece ser

motivo de uma guerra

entre amigos.

Ou não?!

 

Em tempo:

Eu, como um dos "donos"

deste POST (o outro é o

GUNTER), não vou admitir

sob nenhuma hipótese

briga entre duas colegas

inteligentes, cultas, educadas.

Se fosse briga entre uma inteligente

e outra burra, ou entre duas

burras, eu não estaria nem aí.

Mas, o que estamos vendo

aqui é briga entre as mulheres

da elite (no bom sentido) de

nosso portal.

 

Marco Nogueira

RSS

Publicidade

© 2021   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço