Direto do Diário de Santa Maria

Visita inesperada

A visita de um tamanduá-mirim a uma casa no bairro Areias Brancas, em Rosário do Sul, movimentou bombeiros, policiais da Patrulha Ambiental da Brigada Militar e ambientalistas, na quarta-feira. O animal foi recolhido do local, e solto mais tarde um um mato no interior do município. Essa teria sido a primeira vez que um tamanduá-mirim apareceu na região de Rosário.

Exibições: 48

Responder esta

Respostas a este tópico

Desculpe a minha ignorância, Joel, mas Rosário do Sul fica próximo a que região? É região de mata, campo, restinga?

Alex, quando postei, tinha mais uma colocação minha que perdi na tranposição do texto do meu blog para cá e só agora vi. complemento:


"Tenho escrito que vários animais têm aparecido em áreas urbanas numa demonstração não só de desagregação de seus habitats como também algumas condições que auxiliam no resgate de espécies que julgavam-se extintas. Essa reportagem confirma isso. A região de Rosário do Sul, caracteriza-se pela criação de gado que só tem impacto no solo diretamente mantendo outros micro-biomas intactos. Outro fator é a conscientização que há  +- 60 ou 70 anos não existia."

É o pampa com suas coxilhas e canhadas - gauchês=ondulações  mais ou menos suaves. Nas canhadas/baixadas/vales, normalmente corre um curso d'água com matas ciliares uma que outra restinga ou como chamamos aqui banhado.Há muitos animais ainda, desde o Lobo guará, passando pelo veadinho campeiro e outros menos votados. O Tamanduá havia muito que não se ouvia falar. Quase foi à extinção pois seu couro, muito forte, servia para fazer barrigueira nos aparelhamentos dos cavalos.

RSS

Publicidade

© 2022   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço