Blog de Frederico Ozanam Drummond (414)

O GUARDIÃO DA LENDA

Capítulo I – A lenda de cada um.

 

O quarto empoeirado fazia contraste com o frescor das mangueiras. Nesta época do ano coloridas com seus frutos amarelos. Teodoro abriu a janela. O sol trazia vigor para um ambiente em que a tristeza recolhia-se em lembranças ancestrais. Eu não sei quanto tempo ficou fechado. Nenhum dedo humano veio para pousar digitais sobre tantos livros e documentos ali depositados. Uma década? Um século? Teodoro viu pela…

Continuar

Adicionado por Frederico Ozanam Drummond em 7 setembro 2018 às 14:35 — Sem comentários

Opinião de Mani Alvarez (*) sobre O Voo da Coruja de Frederico Drummond

Um livro sobre realidades paralelas

Mani Alvarez*

Um dia, em Campinas, reencontrei inesperadamente um antigo amigo de infância. Eu não sabia que era ele que havia se matriculado no meu curso a distância sobre psicologia Transpessoal e agora vinha para o nosso encontro presencial. E com ele vinha junto parte da minha história, em Sete Lagoas. Foi uma alegria…

Continuar

Adicionado por Frederico Ozanam Drummond em 30 outubro 2017 às 21:00 — Sem comentários

No Portal do Templo de Guaicui

(...) Depois que meu avô faleceu sua biblioteca ficou aos cuidados da academia de letras da cidade. Em uma caixa de papelão um segredo estava selado. A caixa foi lacrada com fitas adesivas. Na lateral da caixa um pincel atômico proclamava um decreto: “Reservado.” “Não abra”. A curiosidade sobre o conteúdo da caixa ganhou o contorno de muitas lendas. De lendas e do mistério. Meu pai e meus tios decidiram manter a caixa fora do acervo da…
Continuar

Adicionado por Frederico Ozanam Drummond em 7 agosto 2017 às 13:23 — Sem comentários

Olhar crítico sobre O Voo da Coruja

Wanda Drummond (*)
Em “O Voo da Coruja” a busca existencial se une à aventura da linguagem. Hegel explica o fato de a coruja ser o símbolo da Filosofia por alçar voo quando o dia já se foi, como pela capacidade de ver o mundo a partir de vários ângulos, que…
Continuar

Adicionado por Frederico Ozanam Drummond em 19 julho 2017 às 12:00 — Sem comentários

Defunto não tem febre. Mídia comemora queda da inflação com morte da economia.

Defunto não tem febre. Mídia comemora queda da inflação com morte da economia.

Continuar

Adicionado por Frederico Ozanam Drummond em 3 março 2017 às 23:30 — 1 Comentário

O país dos elegantes - Por Flávio de Castro

Eu confesso que não sei a verdade: não sei se Lula é ou não dono de um triplex no Guarujá como não sei se FHC é ou não dono de um apartamento na Avenue Foch, em Paris.

Sei apenas que a presunção de ser dono de um triplex no Guarujá é inequivocamente associada à corrupção e a presunção de ser dono de um apartamento em Paris não tem nada a ver, obviamente, com corrupção.…

Continuar

Adicionado por Frederico Ozanam Drummond em 31 janeiro 2016 às 13:47 — Sem comentários

Os grandes desafios para o PT e partidos de esquerda:

Eu começo dizendo: tenho mais dúvidas do que certezas. Aliás, penso que não tenho nenhuma certeza. Por exemplo; a) num estado de hegemonia capitalista como é possível uma democracia real, quando o pressuposto da democracia é a isonomia , a equivalência de poder de todos os os sujeitos sociais. b) é claro que o poder do capital elimina qualquer chance de isonomia na manifestação e expressão do poder dos indivíduos. c) na hegemonia do capital sempre haverá uma…

Continuar

Adicionado por Frederico Ozanam Drummond em 28 novembro 2015 às 19:18 — 2 Comentários

Quem quer incendiar o Brasil?

Então vamos combinar assim: a PF, o Moro e MP foram todos isentos. Foi pura coincidência a prisão do Zé Dirceu no momento que o Congresso inicia suas atividades com o Cunha incendiando o país. Prender o Zé Dirceu, quando ele há quase dois anos tem seus movimentos controlados pela PF (prisão fechada e prisão domiciliar), para impedi-lo de atuar no interior do PT seria piada, se não fosse trágico do ponto de vista do embate político. Não dá para acreditar em outra: foi pura lenha na fogueira.…

Continuar

Adicionado por Frederico Ozanam Drummond em 3 agosto 2015 às 20:15 — Sem comentários

O problema Moro é o Capitalismo - Os Oligopólios.

Acho que a grande confusão é que o que deveria ser investigado é a natureza espúria do próprio capitalismo, como denunciou até mesmo o papa Francisco. No sistema financeiro lucro e sobre-preço é a mesma coisa. O mesmo acontece em todo sistema cartelizado, como é o caso das empreiteiras. Para quem nunca estudou economia ou já se esqueceu vai aqui uma pequena definição do que é OLIGOPÓLIO: " Oligopólio é um termo utilizado em economia que deriva do…

Continuar

Adicionado por Frederico Ozanam Drummond em 29 julho 2015 às 13:49 — Sem comentários

Vazio político ou reorganização dos poderes da República?

No Brasil durante muito tempo vivemos a hipertropia do poder Executivo. Hoje nenhum dos poderes possui hegemonia. Por isto estranhamos quando cada poder exerce suas prerrogativas como deve ser, segundo a Constituição. Mas se podemos aplaudir e aprender como exercer o poder, e assim governar, sem hegemonia de uma dos poderes, não podemos endossar atos que configurem claramente abuso de poder. Aparentemente tanto o Legislativo como o Judiciário estão fazendo este…

Continuar

Adicionado por Frederico Ozanam Drummond em 5 julho 2015 às 12:01 — Sem comentários

A divulgação dos adesivos com a presidente Dilma sendo violentada com uma bomba de gasolina é crime. Vou denunciar ao Ministério Público.Isto não é apenas afrontoso. É crime. Vou denunciar publicamen…

A divulgação dos adesivos com a presidente Dilma sendo violentada com uma bomba de gasolina é crime. Vou denunciar ao Ministério Público.

Isto não é apenas afrontoso. É crime. Vou denunciar publicamente todos que eu constatar usando este adesivo, inclusive com foto do veículo. Estão passando de qualquer limite de…

Continuar

Adicionado por Frederico Ozanam Drummond em 2 julho 2015 às 17:29 — 1 Comentário

LUCRO OU PROPINA: Um discurso que precisa sair da obscuridade

Afinal quando agentes públicos e agentes políticos falam que as campanhas políticas foram financiadas pelo Caixa 1 ou pelo Caixa 2 da empresa qual é a diferença substantiva deste dinheiro? O argumento clássico é que no primeiro caso o dinheiro é identificável na cantabilidade da empresa, portanto passivo de auditoria e fiscalização; no segundo caso, não. Então porque as empresas que detém a posse dos valores financeiros mantém consigo valores de Caixa 1 e de Caixa 2. Pode-se dizer que…

Continuar

Adicionado por Frederico Ozanam Drummond em 19 abril 2015 às 19:31 — Sem comentários

Carta ao Juiz Sérgio Moro por Rodolfo J. C. Vasconcellos Funcionário Público Federal

Sinto que, se não escrever hoje, certamente, não terei mais condições de fazê-lo, pois esse sempre quis ser um texto para homenageá-lo. E digo isso porque, a cada dia, menos argumentos encontro na minha consciência para sustentar a imagem de super-herói que, excepcionalmente,  criei de Vossa Excelência.
 
Excepcionalmente porque, como adulto, nunca acreditei em super- heróis, muito menos salvadores da pátria, pois, afinal de contas, vivemos em um país…
Continuar

Adicionado por Frederico Ozanam Drummond em 19 abril 2015 às 17:27 — Sem comentários

O Grupo OCC, ao qual pertencem delegados que atuam na operação Lava Jato, apoia Bolsonaro para presidente da república. Confira na página do grupo (no https://www.facebook.com/organizacaodecombateaco…

O Grupo OCC, ao qual pertencem delegados que atuam na operação Lava Jato, apoia Bolsonaro para presidente da república. Confira na página do grupo (no https://www.facebook.com/organizacaodecombateacorrupcao?fref=ts)

Continuar

Adicionado por Frederico Ozanam Drummond em 18 abril 2015 às 13:58 — Sem comentários

DENUNCIAS DO PORTAL VIOMUNDO E JORNAL O ESTADO DE SÃO PAULO

Rportagem de Júlia Duailibi, publicada em O Estado de S. Paulo revelou: no período eleitoral, delegados da Polícia Federal (PF) usaram as redes sociais para elogiar Aécio Neves, candidato do PSDB à Presidência, e para atacar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a presidenta Dilma Rousseff, que disputava a reeleição, bem como a replicar…

Continuar

Adicionado por Frederico Ozanam Drummond em 15 abril 2015 às 14:30 — 1 Comentário

OS MITOS FUNDADORES NA RAIZ DA MOBILIZAÇÃO SOCIAL.

Parece existir de forma difusa na sociedade brasileira a presença mobilizadora do Mito Fundador da Grande Redenção, originário da cultura abraâmica ocidental. Sempre que ocorrem grandes mobilizações populares, tanto à esquerda como à direita do espectro social, fica a sensação que na hora seguinte ocorrerá um momento mítico em que o povo, enfim liberto da escravidão, poderá entrar na Terra Prometida, onde jorra o Leite e o Mel. Esta a busca mítica quase sempre…

Continuar

Adicionado por Frederico Ozanam Drummond em 14 abril 2015 às 14:05 — Sem comentários

Quando procurador da república resolve pedir apoio da mídia algo de estranho está no ar.

Um procurador da república pedir apoio à sociedade e à mídia para a Operação Lava Jata ter celeridade judicial é no mínimo singular. Se estamos na Ágora, da democracia direta, não precisamos de legislativo nem judiciário. O procurador está querendo quebrar a ordem constitucional? Moro propõe prender sem provas (apenas com base em suposições) e suspender o princípio da presunção da inocência. A polícia federal e a procuradoria deveriam ser mais discretas em sua atuação.

Adicionado por Frederico Ozanam Drummond em 10 abril 2015 às 19:30 — Sem comentários

PORQUE A TERCEIRIZAÇÃO É UMA TRAGÉDIA.

A grande maioria das pessoas conhece artesões. Eles são artistas. Mas são também trabalhadores que conhecem todas as etapas da confecção dos seus produtos Eles conhecem o processos produtivo, o material escolhido, a técnica, os equipamentos necessários e, sabem, que o produto final foi resultado do seu trabalho.

No filme Tempos Modernos Chaplin mostra de forma dramática como a especialização excessiva no processo produtivo levava à degradação do ser…

Continuar

Adicionado por Frederico Ozanam Drummond em 8 abril 2015 às 13:59 — Sem comentários

O ANTIGO SNI DEIXOU COMO LEGADO SEUS TENTÁCULOS NO APARELHO DO ESTADO

A MÁFIA BRASILEIRA opera no Brasil desde a República Velha. Na era do Regime Militar esta Máfia ganhou raízes no aparelho do Estado através dos agentes do antigo SNI, Serviço Nacional de Informação. Alguns feitos públicos da Velha Máfia são bem conhecidos: tiveram grande atuação na construção de Brasília e hoje estão muitos mais organizados. As obras faraônicas da Ditadura, como a Ponte Rio-Niterói, Transamazônica e infiltração nas empresas públicas estão amplamente…

Continuar

Adicionado por Frederico Ozanam Drummond em 18 março 2015 às 20:13 — Sem comentários

Arquivos mensais

2018

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

Publicidade

© 2022   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço