Blog de Luís Antônio Castagna Maia (11)

O QUE O PETRÓLEO DO PRÉ-SAL TEM A VER COM VOCÊ?

Abaixo do fundo do mar, a cerca de 2 km de profundidade, há uma camada chamada “pós-sal”; abaixo dela, há a chamada “camada de sal”; e abaixo dessa camada há a “camada pré-sal”. Ou seja, há o mar, com cerca de 2 km de profundidade; e após isso, cerca de 5 km abaixo, há a camada pré-sal. A Petrobrás encontrou, há cerca de dois anos, reservas gigantescas de petróleo nessa camada pré-sal.



II



Há uma possibilidade de o pré-sal ter 300 bilhões de barris de petróleo. Façamos uma… Continuar

Adicionado por Luís Antônio Castagna Maia em 6 julho 2009 às 3:31 — Sem comentários

A HISTERIA DE BERLUSCONI E A SOBERANIA BRASILEIRA

Asilo político é uma questão sagrada. No Brasil, está na nossa Constituição. Quem é gaúcho sabe disso: em uma ou outra movimentação de governo, em uma outra revolução, ou os nossos partiam para o exílio, os acolhíamos os irmãos castelhanos que estavam sendo perseguidos.





II



A questão é: a perseguição foi ou não decorrente de atuação política? Isso, com relação ao asilo político. Com relação à possibilidade de extradição, da competência do STF, pesam outras questões. O… Continuar

Adicionado por Luís Antônio Castagna Maia em 7 fevereiro 2009 às 15:47 — Sem comentários

PRIMEIRO, CARNE PODRE; APÓS, PENA DE MORTE

Ontem à noite, enquanto trabalhava, em casa, deixei a televisão ligada na Globonews. Era o programa de Alexandre Garcia. O assunto era a violência. Os dois convidados se revezavam em propor medidas “duras”. Até que, em determinado momento, um deles propôs a pena de morte. E argumentou: “pelo menos haverá direito de defesa”.



II



A primeira questão a considerar é que era um “debate” com 3 opiniões iguais: a do apresentador e as dos dois convidados. Um reacionarismo… Continuar

Adicionado por Luís Antônio Castagna Maia em 6 fevereiro 2009 às 2:19 — 1 Comentário

OS CEGOS DESCREVENDO O ELEFANTE

O ano de 2008 trouxe uma novidade muito interessante: o número de pessoas que buscam informação via internet passou a ser maior do que o número de pessoas que buscam informação via jornal. Esse dado é importantíssimo porque pode significar um abalo no monopólio da comunicação, e que se tem revelado, na verdade, o monopólio do pensamento.



II



A cada notícia que lemos é necessário perguntar, sempre: a quem interessa? Isso com relação a taxas de juros, isso com relação a… Continuar

Adicionado por Luís Antônio Castagna Maia em 4 fevereiro 2009 às 14:08 — Sem comentários

ALCÂNTARA - ESPIONAGEM E SABOTAGEM

Na Folha de São Paulo de domingo vemos a notícia: relatório da ABIN sobre bóias encontradas no mar do Maranhão, nas praias em volta do CLA - Centro de Lançamentos de Alcântara.



II



É lá que o Brasil faz exercícios de lançamento de foguetes, e onde houve a “Tragédia de Alcântara”. Foram 21 mortos no incêndio do VLS-1 (Veículo Lançador de Satélites), no ano de 2003. Lá o Brasil testa sua tecnologia, é mais uma das portas da nossa entrada no grupo dos países desenvolvidos. E… Continuar

Adicionado por Luís Antônio Castagna Maia em 2 fevereiro 2009 às 1:12 — 2 Comentários

O PRÉ-SAL É DELES

Segundo O Globo, a ExxonMobil notificou à Agência Nacional do Petróleo a “descoberta” de petróleo no bloco 22 da Bacia de Santos. É na camada pré-sal.



O petróleo está momentaneamente em baixa. Não chegará ao absurdo que estava, mas tende a subir à medida que a crise for sendo debelada e à medida que as reservas mundiais diminuam. Há o chamado “pico da produção”, ou seja, o nível máximo produzido pelo mundo que, a partir daí, entrará em declínio. Com o declínio, o preço do petróleo… Continuar

Adicionado por Luís Antônio Castagna Maia em 22 janeiro 2009 às 3:05 — 1 Comentário

MISSÃO INGLESA DE 1923

Em "As Noites das Grandes Fogueiras", de Domingos Meirelles, é contada a história da Coluna Prestes. Para situar o contexto em que ocorreram aqueles movimentos - levante de 22, em Copacabana; Revolução do Isidoro, em 1924; Coluna Prestes; e, por fim, a Revolução de 30 - Domingos Meirelles abre um capítulo sobre a "Missão Inglesa de 1923" e sua análise e orientações (!) sobre a economia brasileira. Segue o texto, imperdível -



Sobre o Relatório da missão inglesa de 1923 - Trecho de… Continuar

Adicionado por Luís Antônio Castagna Maia em 21 janeiro 2009 às 14:51 — 1 Comentário

JÚRI CIVIL

Tenho minhas críticas à imitação de institutos do direito norte-americano, embora nosso Direito, a começar pelo STF, tenha se espelhado muito naquele País. Era a grande experiência de República que poderia nos inspirar, à época.

Há questões, por lá, que são inequívoco atraso. É o caso das eleições para Juiz, o que acontece em vários estados. Mas há uma situação que, creio, pode nos inspirar.

O Judiciário brasileiro vem soterrando o instituto da indenização por dano moral. De um lado,… Continuar

Adicionado por Luís Antônio Castagna Maia em 13 janeiro 2009 às 13:23 — Sem comentários

ESSES POBRES DESESPERADOS NÃO TÊM JEITO, MESMO

Preste atenção. A notícia abaixo é da página eletrônica da ANMP - Associação Nacional dos Médicos Peritos, ou seja, a associação dos peritos do INSS. Aqui você ver perfeitamente no que se transformou aquela perícia médica. Observe a manchete. O endereço da matéria é



http://www.perito.med.br/003/00301009.asp?ttCD_CHAVE=67394



_________________________________________________________

Segurado prejudica atendimento em SP

(14/10/2008 - 16:10)





A ANMP… Continuar

Adicionado por Luís Antônio Castagna Maia em 25 novembro 2008 às 14:43 — Sem comentários

É PRECISO REVOGAR A AUTONOMIA POLÍTICO-ADMINISTRATIVA DE BRASÍLIA

Com a Constituição Federal de 1988, Brasília ganhou sua autonomia administrativa. Antes disso, o Governador de Brasília era nomeado pelo Presidente da República. Havia secretários, administradores, não havia poder legislativo local.



II



Brasília não é problema só de quem vive aqui. A Capital de um país não é problema dos que lá vivem. A capital do País é de interesse de todo o Brasil, não o monopólio de quem vive na capital. Ou seja, a questão não diz respeito à democracia… Continuar

Adicionado por Luís Antônio Castagna Maia em 25 novembro 2008 às 1:38 — 5 Comentários

OS CHANTAGISTAS PERDERAM A FORÇA

Quando se falava em mudar qualquer coisa na política econômica, desde a taxa de juros até a forma de manter a inflação sobre controle, os chantagistas desabavam sobre o País.



II



Ali estavam todos os especuladores. Bancos, corretoras, consultores assalariados do capital financeiro e das multinacioais. A mínima coisa que se pretendesse fazer era motivo para que a chantagem ocorresse publicamente.



III



Quando se pretendia reduzir o superávit primário em… Continuar

Adicionado por Luís Antônio Castagna Maia em 18 outubro 2008 às 16:52 — Sem comentários

Publicidade

© 2021   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço