Blog de Fernando dezena (18)

ANENCEFALIA

ANENCEFALIA

Na semana passada, o Supremo Tribunal Federal fez um julgamento que ele próprio intitulou como o mais importante da sua história, o caso da descriminalização nos casos de interrupção da gravidez quando constatada a anencefalia. Fiquei incomodado com o resultado, se a votação tivesse sido ao contrário, confesso que não dedicaria mais tempo ao assunto. Minha amiga Marta de Sorocaba, disse-me que fatalmente era pela nossa formação cristã. Seria apenas isso? Não possuía…

Continuar

Adicionado por fernando dezena em 24 abril 2012 às 0:48 — Sem comentários

Matéria Gazeta de São João 25/02/2012

QUARESMA E QUARESMEIRA

A quaresma já começou e aqueles que têm algum apego religioso vão se preparar para a chegada da Páscoa. Durante esse período, não sei se pelos excessos do carnaval, é comum promessas enormes para atingir uma graça. Têm os que ficam sem comer carne vermelha, aqueles que não comem carne nenhuma, outros não bebem e muitos almejam parar de fumar. Têm também aqueles que juram não comer um pedacinho de doce…

Continuar

Adicionado por fernando dezena em 27 fevereiro 2012 às 22:03 — Sem comentários

poema

na porta da fábrica gritos
homens mulheres elefantes
por um instante pensei que o mundo acabara
o mundo não era mais mundo nem o céu azul
a água não era mais água nem a terra girava
a lâmina riscou o tecido macio de nossa face
o nosso beijo manchado de sangue partiu-me
o peito partiu-me os olhos as entranhas ricas
de úlceras incontáveis no triste badalar de nossa memória

Adicionado por fernando dezena em 28 outubro 2010 às 22:49 — Sem comentários

CATARINA ruas e rios

Os trovões da noite
Traziam temor
Manhã.
Pela fresta da janela
O raio de luz
Acordou a menina
Dos sonhos

Adicionado por fernando dezena em 23 setembro 2010 às 22:26 — Sem comentários

matéria gazeta de são joão - 18/092010

VAMOS EM FRENTE

Vamos ver que assunto se apresenta. A política está chata. Deixando de lado o Tiririca, que de política não entende nada e nem faz questão de entender, mas, quase certeza tenho, será um campeão de votos, o bate-papo eleitoral ainda não me empolgou. As campanhas dos candidatos da região vejo pelo twitter ou redes sociais. Isso é um grande avanço, mas é muito frio. Lembranças boas tenho dos comícios. Bandas, duplas, cantores solos, discursos inflamados para convencer os… Continuar

Adicionado por fernando dezena em 20 setembro 2010 às 22:16 — Sem comentários

momento de oração

chega a notícia de que o filho mais velho de nosso querido amigo Paulo Teixeira, Pedro (27) está desaparecido. Pedro trabalha na Pastoral Indígena de São Gabriel da Cachoeira, e desapareceu quando foi nadar no Rio Negro. Ao querido amigo e deputado Paulo Teixeira pedimos oração.

FORÇA PAULÃO.

Adicionado por fernando dezena em 3 junho 2010 às 0:08 — Sem comentários

costrução

Construo teu rosto
O tempo
Construo no espaço
O momento
Construo ilusões abissais

E construindo materializo desejos
E desejando em cada etapa te vejo
E assim vendo expulso o medo
De prender-te em espaços reais

Desconstruo a palavra
O tempo
Perpetuo no espaço
O momento
Em reais construções abissais

Adicionado por fernando dezena em 11 maio 2010 às 23:35 — Sem comentários

FELICE GIORNO DELLA MADRE

Primeiro a Luciane me cobrou a matéria para este final de semana falando sobre o dia das mães. Respondi que não estava à vontade para escrever sobre este tema. Depois escrevi a matéria, fiz breve menção ao dia das mães e mandei para minha amiga Marta de Sorocaba. Ela disse que estava legal, mas que vindo de mim ela sempre esperava mais. Reescrevi e ela gostou. Espero que também gostem.



Cada vez mais a rapidez da informação via internet me surpreende. Agora foi a vez do tradutor… Continuar

Adicionado por fernando dezena em 8 maio 2010 às 17:04 — Sem comentários

ruptura

RUPTURA







Constrói-se no abismo do

Universo

O disfarce da besta

Ante a luta que se divisa.





É prato decomposto,

Espaço decomposto,

Mutilação ...

Vida.

Mutilação ...





Não há entraves

Entre

Roçzeiral,

Não há batalha

E no risco da poesia,

Não há beleza na sórdida

Pilhagem da pobreza

Por heróis sem caráter.





Buscam discussões metalinguísticas,

Buscam… Continuar

Adicionado por fernando dezena em 6 abril 2010 às 0:32 — Sem comentários

CRIAÇÃO E TRANSFORMAÇÃO

CRIAÇÃO OU TRANSFORMAÇÃO

Gostaria de falar um pouco de construção literária ou artística. Domingo na folha de São Paulo nosso maior poeta vivo, Ferreira Gullart (São Luís-MA/1930), divaga sobre o conceito da construção artística e replica outro artigo do domingo retrasado, também de sua autoria, sobre o mesmo assunto, no mesmo periódico. Diz ele que a realidade não basta ao artista por isso ele tem a necessidade de transformá-la. Continua afirmando que as construções contemporâneas estão… Continuar

Adicionado por fernando dezena em 25 março 2010 às 21:55 — Sem comentários

meu mundo

Até mesmo o céu era
Azul
A água do mar era
Azul
Meus sonhos
Azuis
como
teus olhos verdes
entraram no meu
Mundo,
Azul.

Adicionado por fernando dezena em 23 março 2010 às 23:21 — Sem comentários

o livro

LIVRO
Lembras daquela pétala fria?
O livro não era meu.


Carrega em teu ventre o
Livro
A flor
Do livro
A pétala

Aquela pétala perdida
Não era minha
O nome não era meu
A mão não era minha

Existia um menino
Que fazia da flor
Esperança

Martirizar a lembrança
Bem distante dos livros
Flores explodem
Procurando novos amantes

Adicionado por fernando dezena em 15 março 2010 às 23:07 — Sem comentários

a menina

A menina gritou:

- Mamãe!

A mãe gritou:

- Que é?

A menina gritou:

- Dodói!

A mãe falou:

- Bem feito!

Adicionado por fernando dezena em 9 março 2010 às 21:16 — Sem comentários

POESIA EM VIDA

POESIA EM VIDA



Prosseguindo comentários sobre Luiza Dezena Tôrres da Silva, aproximando-se o trigésimo dia de seu falecimento, quando ficamos perdidos entre a dor que amaina e a saudade que avoluma, gostaria de fazer um registro. Quando escrevi o livro “Via Crucis, Catapulta, Poemas em família e outros poemas”, no tópico destinado a “Poemas em família” escrevi uma poesia para cada um de meus irmãos e para meu pai e minha mãe, esposa e filhos. A vida toda tive uma dificuldade enorme… Continuar

Adicionado por fernando dezena em 6 março 2010 às 10:24 — Sem comentários

Vó Luiza

Continuar

Adicionado por fernando dezena em 5 março 2010 às 22:57 — 2 Comentários

Meninos do morro

CRIANÇAS DO MORRO











Pula com a bola no pé.

É João,

É José,

É Pelé.





Negrinho sabido

Mora no morro

Espia Aninha

Na fresta do banho.

É mais que menino

É pura inocência

Beijando mamãe

Ao acordar e dormir.





Às vêzes manhoso

Consegue uma bala

Às vêzes matuto

Um picolé.

É ele alegre

Pulando e cantando

É Marcos,

É Pedro.

Apelido… Continuar

Adicionado por fernando dezena em 7 fevereiro 2010 às 16:40 — Sem comentários

PASSA,PASSAR

Quando chegar soluço

Quando dormir debruço

O pensamento no ar



Passa passa companheiro

Passa passa que primeiro

Quero ver tudo passar

Passa inverno, primavera

Que o verão já me espera

Quero ver o sol brilhar



Passa mar passa maré

Passa rua cabaré

Que eu vou te procurar

Passa carro e carroça

Passa o moço que só troça

Do meu jeito de cantar



Passa estado e país

Passa tudo o que quis

Jamais sentir… Continuar

Adicionado por fernando dezena em 2 fevereiro 2010 às 21:50 — Sem comentários

MARIANA

com tua caneta
escrevo/
o nome que veio do/
mar/
todos os sonhos de/
Ana/
rodando girando/
no mundo/
profundo de/
Mariana

Adicionado por fernando dezena em 1 fevereiro 2010 às 21:59 — Sem comentários

Publicidade

© 2021   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço