Blog de Maria da Conceição Paranhos (2)

."A Inquietante Transilvânia". Poema inédito do livro COITA DE AMOR (2002 - )

1. A Inquietante Transilvânia

Há caminhos de perder

caminhos a se perderem.

Ser no inquietante ser

o meio.

Há paisagens por se abrirem

paisagens por descobrirem

no gesto fugaz, temível,

o nexo.

Há felinos na retina

e asma esgarçando o peito.

Agoniza em torvo ar

um vulto.

Há dançarinos e tamngos

vampiros sorvendo o sumo

de uma artéria…

Continuar

Adicionado por Maria da Conceição Paranhos em 8 outubro 2010 às 20:15 — 2 Comentários

Poetas e Poesia

1. A INQUIETANTE TRANSILVÂNIA



Há caminhos de perder,

caminhos a se perderem.

Ser, no inquietante ser,

o meio.



Há paisagens por se abrirem,

paisagens por descobrirem

do gesto fugaz, temível,

o nexo.



Há felinos na retina,

e asma esgarçando o peito,

agoniza em turvo ar,

um vulto.



Há dançarinos e tangos,

vampiros sorvendo o sumo

de uma artéria adormecida,

sem pulso.



Há fileiras de… Continuar

Adicionado por Maria da Conceição Paranhos em 8 outubro 2010 às 20:03 — Sem comentários

Publicidade

© 2021   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço