Além do PL do Senador azeredo, o rádio digital e sua implantação merecem uma atenção especial, já que o "ministro" Hélio Costa está fazendo lobby para o sistema de sua preferência, o IBOC norte-americano. O sistema é de tecnologia proprietária e, sintomáticamente, a Globo detém os direitos dele em relação ao Brasil. Não é estranho esse interesse do nosso ministro?
Na Finlandia, o rádio vai continuar analógico. O Ministro das Comunicações de lá assinala que a transformação é inviável para pequenas estações e rádios comunitárias, devido ao custo do equipamento e da tecnologia proprietária. Quanto à TV, aquele país já está com suas transmissões digitalizadas 100%.
Na Grã-Bretanha, diversos radiodifusores, que compraram permissões digitas para FM, estão devolvendo as frequências ao governo, devido ao custo da brincadeira. Outro problema é a defasagem de 8 segundos entre a transmissão e a recepção, fato que torna práticamente impossível o rádio "ao vivo". Transmissões esportivas? Fora de cogitação.
Voltando ao nosso país, Helio Costa diz a todos que em 2009 o rádio brasileiro estará digitalizado. Assim sendo, vamo nos segurar na brocha que eles estão tirando a escada.

Exibições: 19

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2022   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço