O elo que une a música de Ernesto Nazarteh com a de Scott Jopplin chama-se Louis Moreau Gottschalk o notável compositor de Nova Orleans que passou pelo Caribe, veio bater no Brasil, morrendo no Rio de Janeiro. Coube a ele juntar as informações do dixxieland, da música caribeña e da múscia brasileira, que começava a se formas.
Abaixo, uma seleção de músicas de Gottschalk.

Exibições: 104

Comentário de Helô em 31 outubro 2008 às 22:13
Nassif

Certamente o seu inglês é melhor que o meu :))

"But as Peter Burwasser pointed out in his thoughful review of Polly Ferman’s Nazareth recital on Talent (Fanfare 18:3; see also John Disky’s assessment of an earlier Ferman disc in 13:3), the most potent influence is probably Gottschalk’s presence which had a tremendous effect on the musical life of the city, and the young Nazareth worked closely with Gottschalk’s friend, pianist and publisher Arthur Napoleão. And throughout this disc, one can feel the constant ínspiration of Gottschalk’s special blend of New World vernacular vocabulary and Old World musical syntax - as well as his love for brilliant pianistic effects. Certainly, Nazareth’s music is more self-consciously showy than Joplin’s - and more innovative in its use of the piano’s resources (listen, for instance, to the way Nazareth uses the upper reaches of the keyboard in the polkas "Apanhei-te Cavaquinho" and "Ameno Resedá")."

Tirei daqui
Comentário de Oscar Peixoto em 13 novembro 2008 às 12:56
Nassif, você conhece a ópera de Scott Jopplin "Treemonisha"? Acho que foi a única que ele compôs, é uma beleza. Pelo menos nesse quesito ele ultrapassou o Ernesto Nazareth. De Gottschalk só conhecia a Variações sobre o Hino Nacional Brasileiro, um dos carros-chefes de Arthur Moreira Lima, há alguns anos. Gostaria de conhecer sua obra.

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2022   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço