A CRÔNICA É DO PROFESSOR E EX-VEREADOR ANTÔNIO SÉRGIO RAPOSO

 

Considerações sociais & políticas...

Antônio Sérgio Raposo

...
Há tempos, venho tentando escrever alguma coisa sobre nossas decisões – por meio de nossas várias manifestações: Sejam elas pelo voto direto, reclamações, passeatas, etc.

Hoje, decidi iniciar essa manifestação!

Não me lembro bem, quando ouvi pela primeira vez essa expressão:

“... se fosse bom, seria ‘inteiro’ e não ‘partido’...”

Isso me marcou profundamente, pois, aprendi que as vitaminas (das frutas, verduras, etc.), era o somatório das propriedades contidas em cada uma delas, e que juntas, podiam nos oferecer todas as suas fontes de energia, para consumirmos no nosso trabalho, do dia-a-dia.

Por analogia, compreendia que na política, poderia ser a mesma coisa:

Somar todas as boas idéias em favor da comunidade/sociedade.

Grande engano!

Deus nos deu a liberdade e o livre arbítrio nessa nossa peregrinação terrena e passageira, sobre a face da Terra!

O demônio criou os partidos políticos para dividir as pessoas...

Fulano é do ‘partido A’, beltrano é do ‘partido B’ e cicrano é do ‘partido C’...!


E, como os atributos do maligno (divisão, mentira, falsidade, demagogia, etc.) conseguem iludir aos mais carentes de discernimento e consciência crítica, representados pela maioria expressiva do povo..., aí então, meus irmãos, imaginem o que essas ‘quadrilhas’ fazem contra todo o povo.

Centenas de amigos me confiaram certa vez, uma experiência política...

Graças a Deus, somente essa (espero não haver decepcionado-os)...!!!

Hoje, absolutamente, me desvinculado de quaisquer partidos políticos, me atrevo a opinar sobre todas as condutas praticadas por quaisquer entes políticos, na esfera de sua gestão/participação política, técnica, moral e ética, pois, a grande maioria não sabe nem definir sobre ambas.

A moral, diz respeito aos bons costumes e tudo aquilo que é próprio para favorecer aos bons costumes. Ela é relativa ao espírito, ao intelectual (por oposição ao físico, ao material). É um estado de espírito, de disposição, de ânimo. Ela é a parte da filosofia que trata dos costumes, deveres e modo de proceder dos homens nas relações com seus semelhantes...

Já, a Ética diz respeito ao corpo de preceitos e regras para dirigir as ações do homem, segundo a justiça e a eqüidade natural. Elas constituem as leis da honestidade e do pudor, da moralidade.

Portanto, podemos dizer e afirmar com segurança:

Todo o povo tem o governo que merece, independentemente de ser um povo culto ou ‘abestalhado’, todos escolhem livremente seus representantes.


Divinópolis, 30 de janeiro de 2013 - Antônio Sérgio Raposo.

Exibições: 105

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2022   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço