O blog Generación Y,de uma cubana, Yoani Sánchez, foi escolhido como o melhor do ano no concurso

BOBS(Best of Blogs) oferecido por uma revista alemã, e ela foi considerada uma das pessoas mais influentes do mundo pela revista Time em 2008. Fiquei sabendo disto no blog do Jorge Pontual, que é um espaço bonito, interessante. Ele fala de cultura de forma diversificada.
Justíssima a escolha da moça cubana, não deve ser fácil driblar a censura que ainda existe na Ilha, infelizmente.
Será que todos já sabiam, menos eu? Lembro de ter lido algo no blog do Inagaki...Ainda não sei bem como funciona este blog, a comunidade, vou tateando, tenham paciência comigo.

Exibições: 107

Comentário de Cida Medeiros em 26 dezembro 2008 às 21:36
Olá Laura. Eu também não sabia. Muitissimo grata pela dica. Vou degustar com prazer todas estas novas informações! Abs. Cida Medeiros
Comentário de Lia Noronha em 27 dezembro 2008 às 19:32
Laura: vc sempre nos fornecendo informações preciosas...antenada como sempre!
Bjus mil pr ati nessa última semana do ano.
Comentário de Helô em 27 dezembro 2008 às 21:29
Oi, Laura
Sou leitora (agora não tão assídua) do Pontual desde que ele começou o blog e antes do Natal vi a notícia lá. Legal você ter trazido a dica para cá.
Beijos.
Comentário de Sérgio Troncoso em 27 dezembro 2008 às 22:18
Legal.Já fui no blog da cubana.Já havia lido sôbre ela,mas o seu toque me aguçou.Lá os comentadores discutem de uma forma bem peculiar,como que numa reverência à liberdade desconhecida agora praticada,cutucando o sistema totalitário em que vivem,mas tambem acreditando em muita baboseira ultra liberal.Tem muito exilado de várias tendências frequentando tambem.Bom,os velhos revolucionários estão se indo,tô vendo agorinha mesmo na Discovery programas em sequência sôbre Cuba e Fidel,e quem viver verá o que Cuba será dentro dos próximos anos.
Comentário de Bayardo Brizolla em 5 janeiro 2009 às 21:00
Novas investidas são feitas, pela imprensa internacional, tentando impedir qualquer tipo de atitude do novo governo americano, quanto ao fim do embargo a Cuba, utilizando-se de depoimentos de algumas poucas pessoas, descredenciadas, e politicamente engajadas na luta contra-revolucionária, e sendo assim, suspeitas para esclarecerem a opinião pública, sobre a realidade cubana, suas conquistas e suas necessidades. Em todos os lugares, em todas as épocas, os atos daqueles que agiram contra seu país a serviço de uma potência estrangeira sempre foram considerados terrivelmente graves. “Ninguém pode mencionar ou provar em Cuba um único caso de tortura, de assassinato, de ‘desaparecimento’, algo tão comum e corrente na América Latina”. Quanto ao fato de se você chamar de liberdade de imprensa o direito de contra-revolucionários e dos inimigos de Cuba de falar e escrever livremente contra o socialismo e contra a Revolução, eu diria que não estamos a favor dessa 'liberdade'. Enquanto Cuba for um país bloqueado pelo império, atacado permanentemente, vítima de leis iníquas como a Helms-Burton, um país ameaçado pelo próprio presidente dos EUA, não podemos dar essa liberdade aos aliados dos nossos inimigos cujo objetivo é lutar contra a razão de ser da sociedade", fala-se de liberdade, mas Como falar em liberdade de expressão em países que têm 20% ou 30%de analfabetos e 80% entre analfabetos plenos e funcionais? Com que critério, com que elementos podem opinar”, mas em Cuba existe a liberdade de se poder ser digno, e consciente, e esta é a maior liberdade. Fidel já não está mais no poder em Cuba, e digo que ele nunca foi um ditador, pois alguém que toma decisões arbitrárias,unipessoais, por cima das leis, que não obedece a nada além de seus próprios caprichos ou sua vontade, é um ditador, Fidel nunca tomou decisões unipessoais. Cuba não é sequer um governo presidencialista. Existe um Conselho de Estado. As funções de dirigente fazem parte de um coletivo. As decisões importantes são analisadas, discutidas e sempre tomadas coletivamente. Fidel nunca pode nomear nem o mais humilde funcionário público". Isso é Cuba, e qualquer invenção ou inverdade dita por pessoas inidôneas, não deveriam nem sequer estar vinculadas a mídia internacional, mas a batalha da verdade e da justiça continua, e os inimigos de Cuba e de seu povo, continuam a usar destes artifícios para enganar a opinião pública mundial.
Comentário de Bayardo Brizolla em 5 janeiro 2009 às 22:23
Trata-se de uma pessoa covarde, se esconde longe dos seus, e mancha a luta e a morte dos homens que buscaram em suas vidas, dignidade e orgulho ao seu país, libertando seu povo da humilhação, miséria e ignorância imposta pelo
imperialismo, porém pessoas como esta, que vivem longe de
seu próprio povo, em seu conforto comprado com a
insensatez e traição a sua gente, ao preço de sua própria
consciência, ganham espaço, mesmo ao revés da verdade;
mas a história é sempre verdadeira, e o tempo implacável
em sua razão, e esta pessoa ficará ao fim, no obscurantismo do tempo, pois somente aqueles que realmente amam seu povo e dedicam suas vidas a ele, mesmo que cometendo erros, são e serão dignos de serem lembrados, pelo que fizeram e pelo que construíram; e ela , será esquecida, pois nada construiu, apenas viveu para tentar destruir as poucas e importantes conquistas de seu Povo, em nome da insensatez, do dinheiro e do poder.

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2022   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço