Fátima Irene Pinto

Falta ainda a linguagem do gosto!
Que gosto terá tua boca quando colada na minha?
Que indizível prazer devo sentir ao te percorrer?
Falta ainda a linguagem do tato!
Como será o entrelaçar das nossas mãos?
O abraço tão apertado
que poderemos ouvir nossos corações
pulsando sôfregos e descompassados
em meio a tão arrebatadoras emoções?
Falta ainda a linguagem do cheiro!
Não o da minha ou da tua colônia.
mas o nosso cheiro, natural, hormonal,
falando da premência da entrega,
assim sem nenhuma cerimônia?

Já conheço a tua melancólica expressão,
Já conheço o teu complicado sentir,
Já conheço a tua férrea razão.
Mas que presunção a minha
eu achar que te conheço...!
Não porque faltem o tato, o olfato e o paladar.
Eu só poderei dizer que realmente te conheço
quando, olhos nos olhos, a tua Alma
eu puder sondar.

(Reedição Parcial - Página do livro Momentos Catárticos)

Exibições: 48

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2021   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço